Desafios para 2017: o que podemos melhorar neste Ano Novo

  • atualizado: 
2017

Mais um ano se vai e outro chega. E, mais uma vez, é ocasião de se pensar em realizar bons propósitos. É momento de fazermos um balanço sobre o ano que passou e analisar os feitos, desafios, dificuldades e, também, sermos propositivos para sermos melhores.

Há quem ache que essa divisão do tempo em "novo" e "velho" seja uma bobagem, mas, no fundo, a maioria de nós aproveita a data para fazer um balanço e refletir sobre o que podemos melhorar, conquistar ou mudar na nova etapa que se inicia junto com o novo ano.

Segue abaixo alguns bons propósitos sugeridos pelo teólogo Leonardo Boff, e que a nosso ver, valem a pena tornarem-se uma meta para 2017:

Desafios 2017: bons propósitos de Ano Novo

1. Desenvolver a inteligência emocional

A inteligência intelectual é supervalorizada nas sociedades competitivas, mas é parte dela a inteligência emocional, que produz afeto, amor e cuidado.

2. Ter sonhos e ideias

O primeiro passo para realizar algum feito é sonhar com ele, planejá-lo para, depois, executá-lo. Pense no que seria importante você fazer em 2017 e vá idealizando esse projeto até sentir-se seguro para torná-lo concreto.

3. Transformar as palavras

"No começo era o verbo". A linguagem nos constitui como humanos e o que fazemos com elas define nossas relações. Será que você se comunica de forma agressiva, egoísta, amorosa ou cuidadosa? Pense nisso e melhore a tua comunicação com você mesmo, com os outros e com o mundo.

4. Informar-se e formar-se

Hoje em dia, temos a facilidade de encontrarmos na internet um mundo de informações. Busque saber coisas novas, aprender novos assuntos e mude a tua vida e dos demais com o teu conhecimento. Há sempre tempo para mudar, incrementar ou melhorar uma opinião.

5. Descansar

Ao chegar em casa, não ligue imediatamente a televisão ou o computador. Procure conectar-se consigo no espaço sagrado que é a tua casa. Tome um banho, relaxe, prepare algo para comer e esteja mais contigo mesmo.

Desafios para as crianças

As crianças também devem ser incluídas nos novos planos para o Ano Novo. É uma forma de estimular a força criativa e criadora dos pequenos, além do senso de responsabilidade e comprometimento. O Guia Infantil sugere aos pais alguns conceitos para serem trabalhados com os filhos como projeto para 2017 afinal, as crianças são o nosso futuro :)

1. Aprender a cuidar de si

Os pais devem ensinar às crianças que elas podem cuidar de si mesmas, por exemplo, lavando as mãos, escovando os dentes e tomando banho sozinhas, sem que os pais tenham que cobrar isso delas. Lembrando que no fantástico método de Maria Montessori, criança que "trabalha" não dá trabalho!

2. Ser organizado

Após a brincadeira por exemplo, a criança deve organizar os seus brinquedos para que possa brincar da próxima vez, sabendo exatamente onde eles estão. Isso pode ser muito cômodo e útil para o futuro de qualquer ser humano.

3. Menos brincadeira virtual e mais brincadeira real

Um bom objetivo para o novo ano é começar a praticar um esporte e usar menos os tablets, computadores e celulares. Além de muito mais divertido, faz muito bem à saúde, favorece a sociabilidade e melhora a vida em comum.

4. Respeitar e aprender com os adultos

As crianças devem ser conscientes de que pais, familiares e professores são pessoas com as quais elas podem aprender e portanto devem respeitá-las. Para isso, elas devem prestar atenção nos pais e professores e escutar o que eles têm a dizer. Infelizmente existem exceções, mas a regra deveria ser a de que toda criança deve confiar no fato de que os adultos prezam pelo seu bem-estar.

5. Compartilhar, ter compaixão, empatia e ser generoso

Pode ser difícil para algumas crianças, sobretudo aquelas que são filhos únicos, compartilhar. Os mais pequenos podem ter muita dificuldade em fazê-lo. Mas elas devem ser conscientes da importância que é dividir e compartilhar o que têm, pois, afinal, vivemos por toda a vida cercados de outras pessoas.

Tanto adultos quanto crianças, independentemente se filiado a alguma tradição religiosa ou não, devem buscar viver em compaixão e generosidade e exercitar a empatia.

Devemos fazer isso durante todo o ano. Mas esta é uma época especial para pensarmos a respeito e melhorarmos, para o próximo ano, aspectos que julgamos importantes para o nosso bem-estar e o de quem está ao nosso redor.

Um mundo melhor começa dentro de nós mesmos. Tenhamos como desafio construir um mundo mais justo com zero preconceito e muita compaixão, empatia, compreensão e generosidade. Feliz Ano Novo para todos nós :)

Especialmente indicado para você:

SIMPATIAS (DO BEM) PARA O ANO NOVO

COMO PURIFICAR O FÍGADO DEPOIS DAS FESTAS: OS CONSELHOS DOS ESPERTOS

DICAS PARA MANTER UMA BOA ATMOSFERA DENTRO DE CASA