Aprenda a desistir sem se sentir culpado

desistir

Quantas vezes nos sentimos culpados por diferentes razões provocadas por pressão social? Não nos damos momentos para fazer nada e ficar de pernas para o ar porque vão nos achar folgados, não nos damos um momento para assistir a um filme comendo pipoca porque o ócio não é produtivo. Devemos lutar sempre, sem tréguas, e o mais importante: desistir nunca!

Também nos sentimos culpados em relação a pessoas que já deixaram, há muito, de serem parte de nossa vida, quando na verdade, devemos encarar o fato de que algumas delas não valem mesmo a nossa dedicação.

Às vezes, desistir de uma pessoa nos provoca um grande alívio. Sabe aquela pessoa que, por um motivo ou por outro, no fundo no fundo, você já percebeu que não vale a pena lutar? Permita-se desistir dela para seguir adiante nos planos que você tem para a sua vida.

É permitido desistir

Assim como é válido desistir de alguém que não está valendo a pena, é permitido desistir de lutas que não estão nos levando a lugar algum. "Dar murro em ponta de faca", dizem, ou seja, insistir em uma coisa que não está dando resultado.

Mas sabemos que é difícil desistir quando nosso modelo de vitória é sempre aquele da luta hercúlea, do "desistir jamais", do "quem espera sempre alcança", do "Deus ajuda quem cedo madruga" aliás, ao contrário, temos um modelo de que "ganhar fácil não vale", sequer acreditamos em vitórias fáceis. Tendemos a achar que ou "tem treta" ou os pais, avós, alguém ajudou. É impossível vencer sem suar. Ou nascemos "vitoriosos" ou precisamos suar a camisa.

Este pensamento é tão redutor quanto errado porque coloca a vitória apenas como um ganho material, de sucesso, de beleza.

E além do mais, nem sempre é assim!

Nem sempre quem nunca desistiu conseguiu o que queria. E pode ser que alguém tenha precisado desistir mil vezes antes de encontrar o seu caminho da felicidade. 

Claro que isso nao é fácil. Encontrar-se na bifurcação do prosseguir com o desistir, e ter de tomar um rumo, é uma das decisões mais complicadas que podemos ter que enfrentar na vida.

Mas o importante é saber que desistir é permitido.

Tendo isso em mente, fica mais fácil pegar o caminho certo, não se deixando levar pelas pressões sociais.

E lembramos: o que é sucesso para você, não precisa necessariamente ser sucesso para os outros. E vice-versa.

Especialmente indicado para você:

APRENDA A FAZER NADA SEM SE SENTIR CULPADO

VOCÊ É FELIZ? DEZ SINAIS QUE DEMOSTRAM FELICIDADE