Chá de arruda: benefícios e contraindicações

  • atualizado: 
arruda

Em tempos remotos a arruda já era utilizada para diversas finalidades, desde curativas até místicas. Hoje vamos conhecer os benefícios do chá de arruda.

Em civilizações com as Grega e Romana, a arruda era utilizada para combater sarna, piolhos, percevejos e parasitas e para tratar convulsões, febres e retenção menstrual.

Outra utilidade da arruda que vem desde antiguidade é de cunho místico, para proteção contra negatividade e baixas vibrações, o que popularmente se denomina de mau- olhado, para isso as benzedeiras utilizavam o galho de arruda para benzer quem necessitava de descarrego dessas energias maléficas.

Outra tradição mística com a arruda é ter a planta no vaso, jardim ou quintal à esquerda da entrada da casa como proteção contra os maus espíritos e energias densas.

Além dessas finalidades, a arruda possui várias propriedades e benefícios para a saúde que podem ser obtidos através do consumo do seu chá, por exemplo.

Saiba mais sobre estas informações com o que vem adiante.

1. Princípios ativos e Nutrientes contidos na Arruda

Apesar de não ser uma planta utilizada na culinária, a arruda possui nutrientes importantes para nossa saúde, como a rutina, uma substância que aumenta a resistência dos vasos sanguíneos, além disso, a arruda facilita a absorção da vitamina C, melhorando a imunidade.

O óleo essencial da arruda contém undecanona, metilnonilcetona e metilheptilcetona, princípios ativos com propriedades calmantes.

Outras substâncias contidas na arruda são a quercetina que tem propriedades analgésicas e o psoraleno, utilizado em casos de vitligo e psoríase e a alantoína, que possui efeito cicatrizante.

E, ainda a arruda oferece mais benfeitorias para nossa saúde, conheça a seguir suas propriedades e benefícios.

2. Propriedades

A arruda tem várias propriedades medicinais, veja quais são:

2.1. É vasoprotetora

Ou seja, melhora a circulação, isso ocorre devido essa planta ser rica em flavonoide rutina, por isso, o chá de arruda atua como tratamento para varizes e no combate à retenção hídrica e à cólica no período menstrual, auxiliando com isso no tratamento e prevenção de cistos nos ovários.

2.2. Antialérgica e anti-inflamatória

Tem ação anti-histamínica, isto significa que é antialérgica, além disso é anti-inflamatória, essas propriedades se devem à presença da arborina e das fucocumarinas, que são compostos com ação antioxidante, que reduzem a ação dos radicais livres no organismo.

2.3. Contra vermes

Por sua propriedade anti-helmíntica, esta planta ajuda na eliminação de vermes intestinais.

2.4. Antiespasmódico

Tem efeito antiespasmódico, prevenindo e combatendo espasmos e cólicas no estômago e intestino, devido as substâncias como: rutamina, graveolina e furoquinolina, que fazem parte dos princípios ativos do óleo essencial da arruda.

3. Lista de benefícios

E, ainda tem mais, conheça agora 10 importantes benefícios do chá de arruda para o nosso corpo:

  1. Tem efeito calmante, ajudando a recuperar o sono
  2. Alivia dor de cabeça por ter ação relaxante.
  3. É tônica para o sistema digestivo, aliviando gases e cólicas.
  4. Ameniza sintomas e dores provenientes da gota e reumatismo.
  5. Devido ao seu efeito antibacteriano previne infecções.
  6. A arruda com sua propriedade antiespasmódica alivia cólicas menstruais e dores musculares.
  7. Por conta da rutina, substância conhecida como vitamina P, a arruda fortalece o metabolismo de nosso corpo, já que a vitamina C, essencial à nossa saúde é melhor aproveitada.
  8. Tem ação analgésica e isso se deve à substância chamada quercetina, um flavonoide com efeito antioxidante e propriedade analgésica, dessa forma alivia dores e desconfortos.
  9. Age como ansiolítica, essa ação se deve as substâncias chamadas de undecanona, metilnonilcetona e metiletilcetona, encontradas no óleo essencial da arruda e que possuem propriedades calmantes, até utilizando esse óleo através da aromaterapia.
  10. O chá de arruda promove a contração das fibras musculares do útero e por isso combate a escassez do fluxo menstrual reduzindo as cólicas neste período, mas por essa razão, as gestantes não devem fazer uso desse chá.

4. Contraindicações

Apesar dos diversos benefícios, existem alguns casos que não se deve fazer uso dessa planta na forma de chá ou óleo essencial, sendo contraindicada nos seguintes casos:

Pessoas que fazem uso de anticoagulantes, já que a arruda pode causar hemorragia.

Gestantes, devido ao efeito da arruda promover movimento uterino e com isso desencadear hemorragia e aborto.

5. Precauções de uso

Não use a arruda fresca ou na forma de óleo na pele, que será exposta ao Sol, pode produzir eritemas, vesículas, bolhas e manchas na epiderme.

Em excesso, a arruda, tanto na forma de chá ou óleo, pode provocar danos renais e hepáticos.

Ingerir mais de 100 ml de óleo de arruda ou 120 gramas de folhas da planta em 1 única dose podem trazer os seguintes distúrbios: cólica estomacal, vômito e sonolência e se a dose for maior pode causar convulsões, hemorragia e até morte.

6. Receita do chá de arruda

Se você for fazer uso do chá de arruda, consulte o médico antes para saber se deve realmente utilizar essa planta como tratamento de saúde.

Ter o diagnóstico se faz necessário devido à possíveis problemas de saúde, interações medicamentosas, reações adversas e contraindicações. Por isso é bom ter o acompanhamento de um médico, seja ele, um alopata, homeopata ou fitoterapeuta.

Dito isto, segue a receita do chá de arruda:

6.1. Ingredientes

  • 1 colher de sobremesa de folhas de arruda
  • 1 xícara de água fervente

6.2. Modo de preparo

  • Coloque as folhas de arruda dentro de uma xícara de chá.
  • Adicione a água fervente e cubra a xícara com o chá, deixando descansar até esfriar.
  • Coe o chá e pode tomar ou servir.
  • Aprenda a fazer o óleo dessa planta e saiba mais informações no conteúdo:

ARRUDA, UMA PLANTA DE MUITOS USOS E TRADIÇÕES. CONHEÇA SEU PODER MEDICINAL

7. Arruda aprovada pelos médicos da Antiguidade

Médicos da Antiguidade como Hipócrates (grego considerado Pai da Medicina, que viveu de 400 a.C. até 377 a. C.) e Plínio (Naturalista romano que viveu de 23 d.C à 79 d.C.) em seus registros e prática reconheciam os efeitos e propriedades medicinais da arruda, a utilizando-a e indicando-a, como tratamento anticonvulsivante, vermífugo, antitussígeno e como remédio para enfermidades renais, otológicas e oftálmicas.

Sabendo como e quando usar, a arruda é uma benção para nossa saúde física e psíquica.

Talvez te interesse ler também:

DOR NOS SEIOS: CAUSAS E QUANDO SE PREOCUPAR

ANVISA PROÍBE PRODUTOS À BASE DE MORINGA OLEIFERA

ESTUDO APONTA QUE ATÉ 25 XÍCARAS DE CAFÉ DIARIAMENTE NÃO É PREJUDICIAL À SAÚDE

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!