Acido úrico: todos os remédios naturais EFICAZES

  • atualizado: 
Acido úrico

Embora seja uma substância naturalmente produzida pelo organismo, o ácido úrico precisa estar sempre em nível controlado. Seus níveis no sangue podem subir por diversos fatores, como a interferência de medicamentos ou excesso de produção por causa de alimentos, podendo causar acúmulo de cristais de ácido úrico nas articulações e até mesmo pedras nos rins. Veremos aqui todos os remédios naturais eficazes para equilibrar o ácido úrico.

O que é o ácido úrico

O ácido úrico nada mais é do que uma substância que o nosso próprio organismo produz ao quebrar moléculas de purina, uma proteína presente em diversos alimentos. Assim que as purinas são utilizadas por nosso organismo, seus resíduos são transformados em ácido úrico. Normalmente, um certo nível de ácido úrico é mantido no organismo para funções básicas, enquanto todo o resto costuma ser descartado pelos rins nos processos naturais.

Quando os níveis de ácido úrico estão elevados, temos então o caso de hiperuricemia, caracterizado também pela formação de cristais de urato de sódio em diversos lugares do corpo, como rins e articulações. Recorrentemente, quando alguma parte do corpo está eivada de cristais de urato, o paciente tende a sentir dores insuportáveis (frequentemente nos pés, dedos, joelhos e articulações gerais). Quando acomete os rins, os cristais de urato (ou hiperuricemia) podem resultar em cálculos renais.

Para que o diagnóstico de níveis de ácido úrico possa ser feito é necessário que o paciente faça um exame de sangue.

Remédios naturais eficazes para controlar o nível de ácido úrico

Há variados fatores que podem influenciar no aumento dos níveis de ácido úrico em nosso organismo. Alimentos ricos em purina (cerveja, vinho, anchovas e etc.) também podem desencadear os altos níveis de purina. Veremos alguns remédios naturais e eficazes para controlar o nível de ácido úrico no sangue:

Água

beber agua

Um remédio natural que todos deveriam considerar. Além de auxiliar no pleno funcionamento do organismo, tratando as mais variadas mazelas e doenças, beber água em abundância ajuda a filtrar o ácido úrico. A água diluirá o ácido, estimulando os rins para que as quantidades elevadas sejam eliminadas pela urina. O recomendado é que se beba pelo menos 10 copos de água por dia, hidratando todo o corpo e prevenindo doenças.

Leia também: BEBER TANTA ÁGUA ACELERA O METABOLISMO E AJUDA A EMAGRECER

Bicarbonato de sódio

bicarbonato de sodio

O bicarbonato de sódio também é capaz de interagir com o organismo, controlando assim os elevados níveis de ácido úrico. Para fazer uso deste medicamento natural, adicione ½ colher de chá de bicarbonato de sódio a 200 ml de água. Pode ser bebido até quatro vezes por dia a cada duas horas, durando no máximo 2 semanas. Recomenda-se que pessoas com mais de 60 anos não bebam mais do que 3 vezes este remédio natural, por questões arteriais.

Leia também: 50 FANTÁSTICOS USOS ALTERNATIVOS DO BICARBONATO DE SÓDIO

Suco de limão

agua e limao

Os efeitos alcalinos do limão são extremamente poderosos na neutralização de ácido úrico no sangue. Para que seus benefícios sejam aproveitados em totalidade, esprema o suco de 1 limão em 200 ml de água morna e beba pela manhã ao se levantar, ou seja, em jejum. Deve ser tomado apenas uma vez ao dia durante 2-3 semanas.

Leia também: ÁGUA COM LIMÃO: 10 BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE

Vinagre de maçã

vinagre de maca

O vinagre de maçã (ou de cidra de maçã) é um conhecido purificador natural. Possui inúmeras propriedades desintoxicantes, antifúngicas e antibacterianas que auxiliam o bom funcionamento do organismo e sistema sanguíneo. Este remédio natural pode ser feito facilmente com 1 colher de chá de vinagre de maçã orgânico (não pasteurizado) em um copo de água de 200 ml. Pode ser feito e bebido até 3 vezes ao dia, durante 1 semana. Não se deve consumir uma dosagem maior sem antes consultar um médico.

Leia também: VINAGRE DE MAÇÃ: MIL BENEFÍCIOS PARA CABELOS, PELE, SAÚDE E MUITO MAIS

Azeite

azeite de oliva

O azeite de oliva é riquíssimo em antioxidantes e vitamina E, essencial para controlar os níveis de ácido úrico no sangue. Neste caso é importante se atentar quanto a utilização do azeite, embora seja considerado o melhor óleo para fritar, neste caso é melhor usar o azeite cru para manter todas as suas qualidades.

Isso é dito pois o “hiperaquecimento” (tanto do óleo comum de soja quanto do azeite) faz com que seus nutrientes tomem proporções tóxicas que aumentam o ácido úrico. Isso quer dizer que o azeite de oliva pode ser utilizado diariamente para temperar saladas frias, pratos que já estejam prontos ou acompanhando pequenos petiscos naturais, como as torradas de pão integral.

Leia também: AZEITE EXTRAVIRGEM DE OLIVA: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER

Alimentos ricos em fibras

fibras

As fibras ajudam a diminuir os níveis de ácido úrico, pois auxiliam o organismo a absorvê-lo facilmente e depois, consequentemente, eliminá-lo com maior facilidade. Alguns exemplos de alimentos ricos em fibras que podem ser adicionados à sua dieta (não sem antes consultar um médico) são as maçãs, as laranjas e os morangos. É também sábio considerar os alimentos ricos em carboidratos de amido como o macarrão integral, a quinoa, a batata, aveia, arroz e etc. Em conhecimento popular, recomenda-se a ingestão de chá de mamão verde para evitar o acúmulo e concentração de ácido úrico no corpo.

Leia também: QUAL É A QUANTIDADE JUSTA DE FIBRAS PARA EMAGRECER?

Evite purina

A purina é uma das maiores responsáveis pelo aumento dos níveis de ácido úrico em nosso organismo, pois como vimos, é a partir de seu consumo que o ácido úrico se forma. Os alimentos que devem ser evitados são as carnes em geral (bovina, peixes, aves), cogumelos comerciais (champignon), leveduras e principalmente a cerveja.

Orientações gerais para controlar o ácido úrico

Como em qualquer outra condição de saúde, a primeira coisa a se fazer é buscar por orientação de um médico ou profissional caso desconfie estar com níveis elevados de ácido úrico. Em seguida, procure sempre levar um estilo de vida saudável, bebendo bastante água e evitando alimentos industrializados, procurando sempre pela ingestão de orgânicos e naturais.

Especialmente indicado para você:

setaGENGIBRE E LIMÃO: O QUE ACONTECE AO CORPO SE CONSUMIRMOS OS DOIS JUNTOS TODOS OS DIAS?

setaALIMENTOS DIURÉTICOS: QUAIS SÃO OS MAIS EFICAZES?

setaSUCO DE GRAVIOLA: OS BENEFICIOS E A RECEITA PASSO A PASSO