Para de roncar, pelo amor de Deus

roncar

Todo mundo ronca, só que a gente só escuta o ronco do outro: marido, em geral. E, puxa, como ele ronca, não? Mas até você pode escutar seu próprio ronco e até se assustar com o barulho. Porém o ronco também pode indicar problemas: de respiração, de coração.

Ou indicar que seus músculos internos, da glote, da garganta, estão meio frouxos - acontece com a idade, claro. Aqui vamos apresentar alguns remedinhos caseiros que podem te ajudar, ou ao seu marido, a reduzir os roncos. Mas, se esses não passarem vá a um bom médico dar uma olhada pois pode ser que você tenha apneia e problemas cardíacos.

Por que a gente ronca?

Bom, ronco é o barulho que fazemos quando o ar passa por nossas vias respiratórias, nariz e garganta, durante o sono. Tem ronco suave - até bebê dá uma roncadinha gostosa - tem ronco forte, trombônico. Tem ronco de assobio e roncos entrecortados por uma pausa respiratória - essa é a apneia do sono, assunto perigoso pois, a cada pausa dessas o coração sofre um baque. As causas dos roncos comuns, de congestão nasal, são as que podemos minorar com remedinhos caseiros como os que apresentamos neste artigo hoje.

Então, veja, observe sua respiração no dia a dia, o tipo de secreção nasal que está, ou não, produzindo, se sente a garganta inchada, dificuldade de engolir ou a laringe raspando, coçando. Observe o barulho de seus brônquios, algum assobio fino no final da respirada (aí o caso pode ser de bronquite, tome mais atenção). Também tome consciência de suas alergias respiratórias que costumam se agravar nas mudanças de estação por conta de polens e fungos, particulado disperso no ar, fumaça de queima de folhas nas ruas, ou cheiros novos (até perfume pode dar rinite em quem é alérgico, mesmo que o cheiro seja delicioso). E escolha o melhor remédio caseiro para seu caso.

Remédios caseiros para reduzir o ronco noturno de congestão nasal

 

1. Gotas para limpar o nariz

Basta água e sal para você fazer um bom remédio para limpar o nariz e até os sínus nasais. Misture ¼ de colher (sopa) de sal em ½ xícara de água fervente. Deixe esfriar e guarde em um frasco conta-gotas limpo. Pingue 2 a 3 gotas em cada narina, várias vezes ao dia e, especialmente, antes de dormir. Se você estiver com sinusites, os sínus da face congestionados, doloridos e cheios de muco ou catarro, faça lavagens com essa solução salina. Insista até obter melhoras. Faça novo remédio a cada semana pois o conteúdo se estraga facilmente ou pode se contaminar caso você encoste o conta-gotas na mucosa nasal.

2. Massagem com óleo de hortelã

O óleo essencial de hortelã tem propriedades anti-inflamatórias que ajudam a reduzir a produção de muco. Também seu odor ativo ajuda a desobstrução da mucosa nasal. Nunca use nenhum óleo essencial puro sobre a pele ou para pingar no nariz (não recomendo o uso interno de nenhum óleo essencial puro) mas você pode misturar algumas gotas do óleo de hortelã, 2-3, em uma colher de azeite de oliva, e usar esse óleo preparado para massagear as laterais do seu nariz, os sinus da face, a garganta e a região atrás dos ouvidos.

As propriedades curativas da hortelã entrarão tanto pela via olfativa quanto pela sua pele reduzindo a inflamação do sistema respiratório e facilitando sua respiração noturna. O mesmo uso pode ser dado ao óleo essencial de eucalipto, ao de tomilho, ao de capim santo, dentre outros que têm propriedades anti-inflamatórias das mucosas das vias respiratórias.

Leia aqui: setaHORTELÃ: PROPRIEDADES E BENEFÍCIOS

3. Tome chá de sálvia

A sálvia, salvadora antiga, tem muitas propriedades medicinais com ação anti-inflamatória e antibacteriana. Mas também, a ingestão do chá de sálvia ajuda nosso organismo a se limpar de tudo o que é catarro acumulado em qualquer lugar (de congestão nasal a furúnculos, bronquite e catarro no intestino e vias reprodutivas, com chá de sálvia se limparão). Se tiver folhas frescas de sálvia, prefira, é mais gostoso mas, senão, use as folhas secas mesmo.

Um punhado pequeno de folhas secas (fundo da palma da mão), um punhado grande de folhas frescas (palma da mão completa) para um litro de água fervente é a medida comum para chás de ervas - busque o seu equilíbrio pelo cheiro e gosto pois isso é uma questão individual. Mas, não ferva a sálvia. Jogue-a na água fervente, tampe a panela e deixe quieto por, pelo menos, 10 minutos, abafada. Depois, pode tomar o chá. Se o tempo estiver frio não é preciso coar mas, se for calor, coe, tire as folhas e guarde na geladeira para evitar fermentar e mudar suas características.

Leia aqui: setaGARGANTA INFLAMADA: 10 REMÉDIOS NATURAIS

4. Gargarejo com chá de sálvia, sal e vinagre (use o vinagre de boa qualidade, natural)

O chá de sálvia que você fez conforme ensinei acima, tire meia xícara, misture 1 pitada de sal e 2 colheres de sopa de vinagre. Misture bem e faça gargarejos quando a solução estiver fria, pouco antes de ir deitar. Essa gargara desinflama a garganta, de forma rápida, sendo também poderosamente antisséptica e bactericida.

Inalação com chá de sálvia, de eucalipto, de hortelã ou de limão também ajuda a algumas pessoas. Eu costumava por o chá de sálvia, diluído em soro fisiológico a 50%, no copinho do inalador elétrico. Sempre funcionou muito bem para meus filhos em tempo de catarreira.

5. Azeite de oliva para lubrificar a mucosa da garganta

Os roncos podem acontecer também se você tem um acúmulo, natural, de tecido na parte de trás do nariz ou no fundo da garganta (adenoides, pólipos nasais) que criam um certo bloqueio à sua respiração quando deitado. A solução para esse caso, geralmente, é cirúrgica mas, enquanto vai-não-vai, experimente tomar uns golinhos de azeite de oliva antes de ir deitar.

Não é tão ruim assim mas, se você sentir repugnância de tomar o azeite puro, misture com vinagre, limão e um tico de sal - vai fazer um bem danado e você pode fantasiar que está tomando o restinho do molho da salada. Eu adoro!

6. Massagem nos pés com óleo de tomilho

O óleo de tomilho é ótimo para você massagear a planta dos pés, aliás, o pé inteiro, incluindo os tornozelos. Funciona como relaxante muscular, reduzindo o cansaço do dia e facilitando seu sono. Mas também funciona, ao contrário do descrito, como restabelecedor da tonicidade da musculatura da garganta (sim, através da massagem dos pés, por ação reflexa). Experimente!

7. Chá de gengibre com limão e mel

O gengibre, poderoso antisséptico e bactericida, também tem ação anti-inflamatória. Faça um chá de gengibre: eu não fervo o gengibre mas tem quem ferva. Eu uso um pedaço de gengibre de 2 dedos de comprido, com casca e tudo, que corto em fatias e jogo na água fervente (1 l de água) e deixo abafado até amornar. Quando estiver morno, misture uma boa colherada de mel e o suco de 1 limão. Esse chá pode ser tomado assim, puro, ou diluído. É um excelente revigorante do sistema imunológico e derrubador de qualquer estado gripal.

Leia também: setaXAROPE DE MEL - FAÇA O SEU E MANDE O RESFRIADO EMBORA

8. Exercite a musculatura interna da sua garganta e pescoço

Muitas vezes o ronco nosso de cada noite pode ter a ver com uma certa flacidez muscular que vem, como tudo, com a idade. Quando isso acontece, nossa língua pende para o fundo da garganta quando dormimos e bloqueia a passagem do ar (e isso pode causar até parada respiratória, viu? Então aprenda a fazer esses exercícios, e os repita diariamente:

círculo verde Com a boca fechada, empurre a língua em direção aos dentes inferiores por 30 segundos. Repita 5 vezes.

círculo verde Com a boca aberta, mova o seu maxilar para a direita, segurando por

círculo verde 30 segundos, e depois faça o mesmo movimento para a esquerda.

círculo verde De frente para um espelho, abra a boca. Movimente os seus músculos de deglutição por 30 segundos. se você consegue ver a úvula (campainha), estará fazendo os movimentos corretos.

E, boas noites de sono, para você e quem com você dorme.

Leia também:

setaORÉGANO É BOM PARA QUÊ? 8 USOS PARA PROBLEMAS COMUNS

setaO MEL, MARAVILHA DA NATUREZA E SEU USO NA CURA

setaCURAS E REMÉDIOS NATURAIS PARA GRIPES E RESFRIADOS