Tosse cheia ou seca: diferenças e remédios naturais

Tosse

A tosse seca ou cheia durante o inverno ou durante a mudança de estação, quando as nossas defesas imunitárias tendem a cair, representa um dos problemas mais irritantes acompanhado de gripes e resfriados. Mas qual é a diferença entre a tosse produtiva - cheia ou com catarro - e a tosse seca? Temos que agir de maneiras diferentes? Quais são os possíveis remédios naturais para os diferentes tipos de tosse?

Em primeiro lugar deve-se ter em conta que a tosse é uma defesa importante do nosso corpo, é o meio pelo qual o corpo tenta se livrar de substâncias estranhas ou do muco excessivo. O mecanismo que nos faz tossir é acionado quando as vias aéreas estão inflamadas e o problema pode vir de diversas partes: traqueia, laringe, faringe, ou brônquios. Claro que é importante, com a ajuda de um médico, encontrar a causa do problema de intervir na melhor das hipóteses, principalmente se a tosse for persistente.

Com tosse seca, muitas vezes, dá-se início a um resfriado ou gripe. Nós sentimos um formigamento na garganta como cócegas, e a tosse tende a ser fragmentada, sem expelir muco. As causas podem ser muitas: alergia ao pólen e à poeira, irritação à fumaça, ambientes secos ou pela presença de bactérias ou vírus. Frequentemente este tipo de tosse é originária da traqueia irritada.

A tosse cheia é caracterizada pela presença de muco (também definida como tosse produtiva). É imediatamente reconhecível, porque o som que emite é diferente e também tende a expelir o excesso de muco das vias respiratórias pela boca.

Por vezes, pode acontecer de a tosse seca se transformar dentro de um dia ou dois, em tosse produtiva e que a situação se agrave, especialmente à noite. A posição deitada favorece a tosse e pode ser útil usar um travesseiro mais alto para dormir, de modo a facilitar a respiração.

Remédios naturais para tosse seca

Especialmente se tomados em tempo, a tosse pode ser confrontada com alguns remédios naturais eficazes: infusões, xaropes e outros produtos à base de plantas medicinais.

Em caso de tosse seca, excelentes remédios são aqueles que tendem a aliviar a inflamação suavizando as mucosas irritadas:

Xarope de mel

 

Para preparar um xarope caseiro de mel, aqueça em uma panela o suco de um limão e coloque-o em uma tigela, adicionando uma colher de sopa de óleo de girassol e 1/2 copo de mel. Misture tudo bem e despeje em um frasco de vidro para manter refrigerado. Tomar de 2 a 5 colheres de chá desse xarope por dia.

Cha de malva (Malva sylvestris)

Prepare uma infusão de malva deixando em repouso por 10-15 minutos 1 colher de chá de flores e folhas de malva para cada xícara de água fervente. O chá de malva é bom também para a tosse cheia tendo em conta as propriedades desta planta: expectorante, anti-inflamatória, emoliente e relaxante.

Alcaçuz

Tem efeitos calmante e anti-inflamatório e pode ajudar a aliviar o desconforto causado pela tosse seca. Pode assumir em forma de chá de ervas, adoçado com um pouco de mel ou em forma de pastilhas.

Remédios naturais para tosse cheia

Em caso de tosse cheia usa-se remédios naturais ​​expectorantes, que favoreçam a fluidez do muco para a sua expulsão.

Chá de tomilho

Ferva 250 ml de água e despeje duas colheres de sopa de tomilho seco, deixando em infusão por cerca de 15 minutos ante de beber morno.

Fumigação com óleo essencial de eucalipto

As fumigações são indicadas para a tosse, pois umidificam as vias respiratórias e permitem que o muco seja expulso mais facilmente. Um óleo essencial particularmente adequado para este propósito é o de eucalipto. Coloque em uma panela com água fervendo na pia da cozinha ou do banheiro, com cuidado para não se queimar, 3 ou 4 gotas do óleo essencial de eucalipto e aspire o vapor com a ajuda de uma toalha na cabeça para que o vapor não se disperse.

Xarope de marroio

Um bom remédio natural para a tosse é o marroio (Marrubium vulgare também conhecido como erva-virgem, incenso, marroio, marroio-branco, marroio-de-frança, marroio-vulgar ou marrolho). Para obter um xarope feito desta planta, faça um chá com 1 colher de sopa de suas folhas secas em um copo de água fervendo deixando em infusão por dez minutos, depois acrescente 1/2 xícara de mel. Tome 4 colheres de chá desse xarope por dia, uma a cada 4 horas.

Leia também:

seta

GARGANTA INFLAMADA: 10 REMÉDIOS NATURAIS

seta

10 ALIMENTOS E ERVAS QUE SÃO VERDADEIROS ANTIBIÓTICOS NATURAIS