Remédios caseiros e curas naturais para acnes e espinhas

Eu sempre tive muita espinha quando era adolescente. Meus pais me diziam que quando eu crescesse elas desapareceriam, porém até hoje tem dias que acordo, olho no espelho e me deparo com aquela inflamação bem no meu rosto!


Sempre gostei de saber quais são as causas dos problemas e, pesquisando, descobri que a acne ou a espinha, são influenciadas pelos hormônios que aumentam a produção do sebo das glândulas sebáceas. Outras causas conhecidas são: quando os poros excretores de gordura ficam entupidos, o uso de cosméticos gordurosos, ou medicamentos à base de iodo, pois aumentam a oleosidade da pele.

Da acne à espinha e outros problemas

Até a acne ficar inchada e totalmente visível para nós, ela passa por várias fases. Manifesta-se primeiro na forma de cravo, ou “comedões abertos”, até que se inflamem, produzam pus e virem espinhas.

Se não cuidarmos dessas lesões elas continuarão inflamando e poderão apresentar outras formas, como:

Seborreia: causada pelo aumento da oleosidade da pele;

Comedão: é a mais comum, sendo um pequeno inchaço de coloração amarelada quando fechado, quando aberto apresenta uma elevação dura e preta (semelhante a um cravo inflamado);

Pápula: ocorre quando o comedão inflama ainda mais, ficando avermelhado e aumentando de tamanho, causando dores;

Pústula: apresenta-se na forma de erupção na pele, com pus. Geralmente é acompanhada por coceiras e dores;

Nódulo: Esta fase se manifesta depois que as acnes já foram sanadas. A região fica limpa, porém com cicatrizes;

Cuidar para evitar acnes e espinhas

A acne tem muitas causas e por isso existem diversas formas de preveni-la e tratá-la.

* Algumas formas básicas de diminuir a oleosidade da pele, evitando o desenvolvimento e a inflamação das acnes, é cuidar da higiene da pele, lavar bem o rosto e evitar cosméticos gordurosos, além disso é bom não espremer as espinhas e cravos que vão aparecendo.

* Um pouco de sol é bom, mas muito sempre faz mal!

* A alimentação é outra coisa fundamental: é recomendável evitar o consumo de alimentos gordurosos, com iodo e vitamina B12 (presente em alimentos como a carne).

Remédios naturais para tratar acnes e espinhas

Veja a baixo alguns truques naturais para auxiliar no tratamento e prevenção de acnes e espinhas:

* Calêndula: conhecida por seu efeito cicatrizante, e por estimular a síntese do colágeno, tem efeito anti-iflamatório, antisséptico e calmante. Ótimo para tratar feridas na pele ou acne. Neste caso, recomenda-se socar as folhas e as flores até se obter uma pasta, que é aplicada entre dois panos ou diretamente sobre a área afetada.

* Chá de Cavalinha: tomar o chá até três vezes por dia.

* Gel de Aloé (Aloe vera), aplicado sobre a pele, evita inflamações, estimula a regeneração, é anti-iflamatório e antiviral.

* Raiz e folha de Bardana: tem papel depurativo, facilitando a eliminação de toxinas através tanto da urina quanto da pele. Eficaz contra as bactérias responsáveis pelas infecções cutâneas, faz com que seja um remédio muito eficaz no tratamento de acne ou pele oleosa.

Recomenda-se misturar em partes iguais, urtiga, amor-perfeito e raiz de bardana. Colocar uma colher de sopa bem cheia da mistura em uma xícara e adicionar água em ebulição. Deixe descansar por 10 minutos, coe e beba a cada 8 horas.

* Salsaparrilha: aplicada por via externa, é eficaz para eliminar as impurezas incomodas da acne e auxiliar no tratamento de doenças cutâneas. Para tanto, utilizam-se as raízes da planta.

* Argila: aplicar argila na pele antes de dormir. Veja mais aqui sobre todos os tipos de argila.

Fontes:
Plantas medicinais em casa, a ajuda mais natural para cada ocasião, de Maria Tránsito Lópes e Carlota Máñez. Escrituras Editora, 2015.
A cura natural, manual das plantas medicinais, de Ana Maria Dourado e Lucinda Vieira. Soladas Editorial, 2005.

Leia também:

seta

DOR NAS ARTICULAÇÕES: REMÉDIOS E TRATAMENTOS NATURAIS

seta10 TRATAMENTOS E REMÉDIOS NATURAIS PARA CÓLICAS MENSTRUAIS

setaCONHEÇA 10 REMÉDIOS NATURAIS PARA HEMORROIDAS