BEAGLE: Caráter, Filhotes, Dicas Úteis

  • atualizado: 
beagle

Amizade não se compra; conquista-se, ganha-se. Ainda mais quando você realmente precisa de um amigo para todas as horas e por muito tempo de suas vidas. Se você pensa em ter um cachorro, um beagle talvez possa ser uma boa opção. Se alguém tiver algum filhote para lhe dar, ou se há um caozinho em um abrigo que é mestiço dessa raça ou, ainda, se você está pensando em comprar um beagle, fique atento às dicas no final do post para pensar bem antes de comprar e não financiar a exploração animal.

O caráter de um beagle

Beagle é uma raça de cães de caça de pequeno a médio porte originária do Reino Unido. A raça foi desenvolvida para a caça, especificamente, para o rastreamento de coelhos, lebres e outros animais na caça. Por causa disso, eles têm um olfato muito apurado, o que faz com que a raça seja usada como cão farejador em atividades como importações proibidas de produtos agrícolas e de gêneros alimentícios em alfândegas em todo o mundo.

Os beagles são animais muito inteligentes e, devido ao seu tamanho e temperamento, tornaram-se populares como animais de estimação. Não à toa, o cãozinho Snoopy se tornou o beagle mais famoso do mundo.

Os cães dessa raça têm um temperamento tranquilo e alegre e costumam ser muito amáveis. Costumam ser obedientes, mas, como são cães de caça, ao sentirem algum aroma, podem distrair-se com facilidade.

Curiosidades

Os beagles foram desenvolvidos principalmente para a caça de lebres, atividade conhecida como beagling. Antes de a caça à raposa converter-se em moda no século XIX, a atividade de caça durava até um dia inteiro, já que a diversão era a perseguição ao animal, e não a morte dele. Foi assim que o beagle foi adaptado à caça à lebre.

Quando a moda da caça mudou para uma atividade mais rápida, a raça deixou de ser usada para perseguir lebres, mas continuou a perseguir coelhos.

Como os beagles têm um excelente olfato, eles são usados pela Alfândega e Agência de Proteção de Fronteiras dos Estados Unidos para detectarem alimentos nas bagagens que entram no país. Outros países também usam o animal para esse mesmo fim, como Nova Zelândia, Austrália, Canadá, Japão e China.

Testes com animais

Os beagles são a raça de cães mais utilizada em testes em animais, por causa do seu tamanho e da sua natureza tranquila. Muitos cães da raça são criados para serem submetidos a testes por empresas.

A Food and Drug Administration (FDA), órgão estadonunidense, usa beagles em testes de toxicidade de aditivos alimentares, contaminantes dos alimentos e alguns medicamentos e produtos químicos, como substitutos para o teste direto em humanos.

Em 2013, na cidade São Roque, no interior do estado brasileiro de São Paulo, ativistas em defesa dos direitos dos animais protestaram em frente ao Instituto Royal, alegando que beagles estavam sendo usados para testes de seus produtos.

Cuidados especiais de saúde

Em geral, a saúde dos beagles é boa. Eles costumam viver de 10 anos 13 anos. Entretanto, a raça apresenta propensão à epilepsia.

Eles podem sofrer, também, de hipotiroidismo e até de nanismo.

Outras problemas que a raça pode desenvolver são displasia da anca e doenças do disco.

Como as suas orelhas são grandes, infecções de ouvido também são comuns, além de infecções nos olhos.

Filhotes

Uma ninhada pode dar de 2 a 14 filhotes.

Na internet encontram-se à venda filhotes de beagle por preços que variam entre R$ 250 a R$ 1.800. Vale muito mais a pena pegar um caozinho abandonado, já que já tantos precisam do seu amor.

A disparidade de preços também evidencia que é preciso estar atento na hora de comprar. Veja abaixo:

Dicas úteis: atenção se for comprar

Antes de comprar um animal - ou mesmo se você for adotar um - é importante ter em mente que se trata de uma vida e, como tal, não pode ser descartada, mesmo se vier com algum "problema" ou com algo que lhe desagrade. Geralmente o fato de comprar, até mesmo inconscientemente, supõe, na cabeça do comprador, que direitos foram adquiridos com o ato de consumo. Isso até pode ser verdade mas é complicado quando o objeto comercializado é uma vida. Por isso muita gente se opõe, justamente, ao comércio de animais de raça.

Por outro lado, muitas pessoas preferem comprar animais de raça por já conhecerem as suas características, saber o tamanho máximo que o animal pode chegar, se a sua personalidade combina com a do dono e assim por diante. Muitas pessoas que têm crianças em casa têm medo de pegar animal de abrigo por não saber se o bichinho, ao crescer, poderá se revelar agressivo. Outras pessoas gostariam de ter a mesma raça de cães que tiveram em suas infâncias. Enfim, os motivos para ter cães de raça são vários, sabemos, mas pense antes de comprar pois existem vários "contras" nessa história:

* a comercialização de animais pode envolver muitos danos a eles. Muitos deles são mantidos em más condições de saúde e higiene pois não são cuidados com amor, são apenas objetos para a venda (parece absurdo mas infelizmente isso acontece com frequência)

* e por isso mesmo tenha atenção ao comprar, peça atestado de visita médico-veterinária, de vacinação etc. Muita gente compra cão aparentemente saudável mas que ao chegar em casa fica doente (daí voltando ao parágrafo acima, não dá para dar de volta o animal que não tem culpa de nada. Leve-o ao veterinário e cuide dele com amor e carinho)

* cães de raça pura costumam apresentar muitos problemas de saúde, o que pode fazer você gastar mais dinheiro com consultas ao veterinário e com medicação.

Tendo tudo isso em vista, prefira a adoção, pois há muitos cães abandonados precisando de cuidados e de amor. Estude essa ideia com carinho.

Especialmente indicado para você:

setaSAIBA COMO PROCEDER EM CASO DE ENVENENAMENTO DE CÃES E GATOS

seta10 ALIMENTOS QUE NÃO DEVEMOS DAR AOS NOSSOS CÃES

setaOLHOS MUITO LACRIMEJANTES EM CÃES, O QUE PODE SER?