Como conservar corretamente os alimentos na geladeira

  • atualizado: 
geladeira

Uma ferramenta útil e conveniente para guardar as comidas e bebidas que usamos quotidianamente, e da qual já não podemos prescindir. Mas nós realmente sabemos usar a geladeira corretamente?

Muitas vezes nossas geladeiras estão muito cheias, programadas para funcionarem na temperatura errada, com os alimentos dispostos de forma errada em seu interior e até com alimentos que não precisam necessariamente de refrigeração. Para não mencionar o fato de que, por vezes, a geladeira é deixada aberta sem querer e por tempo indeterminado, o que pode colocar em risco o sabor e a salubridade de certos alimentos.

É, sem dúvidas, importante conhecer as regras básicas para conservar bem a comida na geladeira. Pedimos para Serena Pironi, profissional em tecnologia de alimentos, para revelar todos os segredos da conservação de alimentos na geladeira e nos dar algumas dicas úteis para evitar erros comuns.

Qual é a temperatura certa para deixar a geladeira?

4°C no inverno e ligeiramente inferior (2°C) no verão, para ter certeza de que os alimentos mais perecíveis sejam bem conservados.

Como podemos ter certeza de que a temperatura está correta?

Os refrigeradores modernos verticais têm um monitor externo que pode detectar a temperatura. Se não tiver, uma prática verificação visual seria observar a ausência de condensação ou gelo nas paredes internas da geladeira. Existem porém termômetros que podem ser usados ​​para controlar os alimentos na cozinha e não custam muito caro. Podem ser usados para verificar também os alimentos cozidos: coloca-se o instrumento e vê-se a temperatura do alimento em apenas poucos minutos. O ideal é posicionar o termômetro perto da porta da geladeira.

Como varia a temperatura dentro de um refrigerador? Há uma lógica para arrumar os alimentos nos seus compartimentos?

As tecnologias atuais permitem que você encontre várias soluções no mercado, por isso é sempre importante verificar o manual de uso e a manutenção da tua geladeira.

Normalmente, a parte mais fria de uma geladeira é aquela superior à gaveta de frutas e verduras, ou seja na parte de baixo, e a temperatura ao seu interno aumenta gradualmente de 3 a 4 graus em suas partes mais altas.

No compartimento mais frio da geladeira devem ser colocados os produtos mais ricos em água, tais quais a carne e o peixe.

Nos compartimentos medianos podem ser armazenados outros alimentos com um menor percentual de água, como certos tipos de massas recheadas, queijos frescos e os produtos que devem ser conservados em geladeira após a abertura.

Nos compartimentos mais altos, podem ser conservados os produtos que toleram temperaturas até 6-8°C, como os queijos curados, alguns tipos de frios e alguns produtos assados (algumas embalagens indicam a temperatura ideal de conservação).

Frutas e vegetais que têm necessidade de umidade, são colocados na bandeja apropriada, que tem uma temperatura de até 10°C.

Nos compartimentos do lado interno da porta, as temperaturas variam entre 10-15°C, e nesta área você pode colocar os produtos que precisam de uma leve refrigeração, como algumas bebidas e alguns molhos pasteurizados, maionese, ketchup, mostarda etc.

O que pode acontecer em caso de armazenamento inadequado de alimentos na geladeira de casa?

O risco de não armazenar os alimentos na temperatura adequada, tal como indicada nos rótulos das embalagens, significa que o produto pode não conseguir chegar à sua data de validade, em outras palavras, o alimento se expira antes.

As temperaturas mais altas desencadeiam reações químicas e desenvolvem microrganismos mais rapidamente. Estes podem induzir à alterações na cor, sabor, cheiro, consistência, bem como transmitir doenças se alguns patógenos encontrarem as condições ideais para o seu desenvolvimento. E mesmo que o alimento não tivesse ainda sofrido as alterações mencionadas, poderia haver risco de contaminação alimentar nas fases de desenvolvimento de microrganismos.

O que fazer se percebermos ter deixado a geladeira aberta por algumas horas?

Se foi apenas por um par de horas basta verificar as características dos alimentos através do cheiro, cor, brilho, textura etc. Consuma durante o mesmo dia os alimentos frescos, se possível, cozinhe os alimentos, verduras, carnes frescas. Mas se tiver passado muitas horas, talvez seja necessário jogar fora os alimentos que precisam de mais refrigeração (carnes, peixes). Frutas e queijos curados resistem mais mas depende também do clima. Se está muito quente, claro, os alimentos se deterioram antes.

Quais os alimentos que não devem ser mantidos na geladeira?

Chocolate porque estraga suas características sensoriais (mas no calor precisa de uma baixa refrigeração para não derreter). Banana, abacaxi se estiverem frescos e forem consumidos rapidamente, não precisam de refrigeração. Frutas cítricas podem ficar amargas com a refrigeração, tomate, vagem, pepino, abobrinha, geralmente não precisam de baixas temperaturas mas depende da estação do ano e do estado destes alimentos.

Batatas não devem ser conservadas em temperaturas abaixo de 5°C, pois o amido nelas presente são transformados em açúcar, o que no cozimento lhes dá um sabor doce, mas também oferece uma maior probabilidade de formação de produtos químicos secundários, tais como a acrilamida.

Produtos enlatados e conservados intactos como compotas, molhos, leite, etc; somente após a abertura devem ser colocados na geladeira.

Pães, bolos e biscoitos sem recheios não precisam de refrigeração, bem como massas secas, frutas secas, farinhas (pegariam umidade) ou sais, açúcares, óleos, ervas secas e especiarias.

Ter uma geladeira excessivamente cheia pode danificar o armazenamento adequado dos alimentos?

Um frigorífico demasiadamente cheio impede a que o ar refrigerado circule entre os alimentos, invalidando a manutenção da temperatura definida. Assim, corre-se o risco de que alguns produtos não sejam bem refrigerados.

Também deve-se ter cuidado em não colocar alimentos quentes na geladeira, porque fazendo assim você iria aquecer o ar, e com ele os outros alimentos, além de envolver um esforço desnecessário ao motor da geladeira.

Lembre-se também da importância de seguir a regra da rotação de mercadorias, ou seja, a de consumir antes os produtos de expiração breve, de modo a evitar o desperdício e o consumo de alimentos fora do prazo de validade.

Gostou das dicas ou você já as aplicava em tua casa?

Especialmente indicado para você:

DICAS PARA ACABAR COM O MAU CHEIRO NA GELADEIRA: NATURAIS E ECOLÓGICAS

FREEZER: COMO E QUANDO DESCONGELAR O CONGELADOR

PANELAS: 5 USOS ALTERNATIVOS E PRÁTICOS PARA EXPERIMENTAR EM CASA