Pesquisa revela truques para não ficar com mau hálito de alho

mau hálito de alho

Quem gosta de cozinhar sabe que o alho é um dos melhores temperos que há. E mesmo que aqueles que não têm muita aptidão para a cozinha não dispensam o seu sabor. Entretanto, o gostinho que fica na boca depois pode ser uma preocupação.

O alho, cujo nome científico é Allium sativum, além de ser muito usado na culinária, tem propriedades benéficas para a saúde, como ajudar a reduzir o risco de câncer em regiões como estômago, esôfago e cólon, bem como diminuir os níveis de colesterol e açúcar no sangue.

Leia mais:CEBOLA E ALHO: VEM DA NATUREZA A AJUDA PARA EVITAR CÂNCER DE ESTÔMAGO

Só que todos esses benefícios têm um preço: o mau hálito que deixa na boca. Segundo uma matéria da BBC, pesquisadoras da Universidade de Ohio (EUA) começaram a investigar como acabar com esse desagradável problema. Rita Mirondo e Sheryl Barringer, as pesquisadoras, explicaram que: "O alho tem um cheiro imperceptível antes de ser triturado, mas quando cortado ou esmagado libera um odor característico do enxofre". 

A pesquisa, cujos resultados foram publicados na revista científica Journal of Food Science, confirma que o consumo do alho pode deixar rastros por até 24 horas na boca. Por isso, elas se esforçaram em encontrar mecanismos que pudessem acabar com o mau hálito provocado pelo alho. Os pesquisadores se debruçaram a pesquisar vegetais e frutas que auxiliassem a eliminar compostos voláteis derivados do enxofre e associados ao hálito provocado pelo alho. Esses compostos são dialil dissulfeto, o alilo mercaptana, o dissulfeto de metil-alilo e o sulfeto de metil-alilo.

Na tentativa de combater esses compostos com efeitos indesejados, foram testados chá verde, folhas de hortelã, maçã e alface, consumidos de diferentes maneiras: crus, em suco, gelado e quente.

Os testes se basearam no consumo, pelos participantes envolvidos na pesquisa, de 3 gramas de alho. O passo seguinte foi testar diferentes "remédios naturais" para mitigar os efeitos do mau hálito. O melhor deles foi mastigar folhas de hortelã, que reduziram todos os compostos voláteis provocados pelo alho.

Segundo o estudo, "as folhas de hortelã, contudo, tiveram um maior nível de desodorização quando comparadas à maçã e ao alface".

Agora você já sabe que esse truque antigo de mastigar folhas de hortelã é, ainda, atual para combater o mau hálito deixado pelo alho.

Tendo em vista os benefícios deste verdadeiro remédio (um antibiótico natural), nada de deixar de comer alho, com medo de ficar com mau hálito, certo?

Especialmente indicado para você:

COMO PLANTAR ALHO NO BALCÃO EM 6 PASSOS

10 REMÉDIOS NATURAIS PARA PEQUENOS INCONVENIENTES NAS FÉRIAS

ÓLEO DE COCO: 10 EXTRAORDINÁRIOS USOS ALTERNATIVOS