Starpath: Um rastro de estrelas para iluminar as ruas

rastro de estrelas para iluminar as ruas

Um rastro de estrelas para iluminar as ruas e calçadas. Esta é a proposta da Pro-Teq, uma empresa britânica que está se esforçando para elaborar um plano para obter energia grátis. É Starpath, uma superfície estrelada que pode ser aplicada praticamente em todos os lugares e que é capaz de fornecer energia e luz durante a noite.

Starpath permite fazer um caminho iluminado ao longo de calçadas, ruas e avenidas. À noite, sua superfície se acende e se torna muito parecida com um céu estrelado. É anti-derrapante e resistente à água. O sistema foi projetado também para reduzir os acidentes noturnos devido à má visibilidade no escuro. A superfície do caminho de luz foi criada com um spray especial e não prejudicial ao meio ambiente.

Starpath não é um protótipo. O primeiro modelo já está em uso em Cambridge, no Christ’s Pieces Park. Neste parque se pode realmente atravessar por uma estrada estrelada. Starpath permite a criação de luz ao ar livre durante a noite, sem o uso de energia elétrica, graças a este novo revestimento cintilante.

Seu emprego pode representar uma opção interessante para incentivar a redução de custos nas contas de energia, com especial referência aos parques e áreas abertas ao público no crepúsculo e durante a noite. A solução pode ser eficiente também para os percursos que levam às portas de entrada ou saída de escolas, academias e empresas.

No parque de Cambridge a trilha estrelada cobre uma área de 140 metros. A sua instalação exigiu não mais de quatro horas de trabalho. Pode ser feita portanto em um curto espaço de tempo. A localização ideal do Starpath é representada por caminhos e calçadas já existentes. Também é uma solução anti-derrapante para a reestruturação de passagens bastante escorregadias, especialmente em caso de chuvas freqüentes.

A quantidade de luz produzida nas primeiras horas da noite depende da luz solar absorvida durante o dia. Starpath é disponível em diferentes cores, tamanhos e para diferentes bases de aplicação. A empresa que a criou a considera uma estratégia vencedora para os municípios que procuram reduzir os custos da iluminação pública e seu relativo impacto ambiental. O exemplo de Cambridge vai ser o precursor para as cidades vizinhas e para todos aqueles que buscam uma alternativa prática e decorativa aos sistemas tradicionais de iluminação externa.