A árvore que produz energia elétrica em Paris

árvore que produz energia elétrica em Paris

Lembra-se da árvore eólica da qual falamos cerca de um mês atrás? A Arbre à Vent, inventada por Jérôme Michaud-Larivière, que é capaz de produzir energia, irá estrear em Paris.

De 12 de março a 12 de maio, a capital francesa será palco de novos testes sobre o sistema especial que produz energia usando o vento (e até mesmo a brisa) durante a maior parte do ano.

Nada de cabos de aço e turbinas a vista. A única coisa que aqueles que passarem pelo Place de la Concorde irão notar, é uma árvore hi-tech, bonita mas, acima de tudo, útil, capaz de produzir entre 3.500 kWh e 13.500 kWh, dependendo da intensidade do vento, durante 280 dias por ano, em vez de 110-120 dias nos sistemas atuais.

Arbre à Vent possui 11 metros de altura e 8 metros de largura. As suas 72 folhas artificiais giram em posição vertical, a fim de aproveitar ao máximo do vento que sopra, conseguindo trabalhar em uma velocidade de 2 m/s, como mostra este vídeo:

A empresa que produz a árvore, a New Wind, está planejando a instalação de várias árvores em Paris. Mas um obstáculo para as futuras implantações na cidade, atualmente, é o seu custo, estimado em cerca de 30 mil euros. No entanto, tranquiliza o fabricante, o sistema será capaz de pagar a si próprio em poucos anos devido à poupança de energia. A árvore foi projetada para uma vida longa (dura mais de 25 anos) e é resistente às tempestades.

Cada unidade tem cabos e geradores colocados dentro de tubos de aço. Cada árvore pode ser coligada tanto à rede pública quanto às casas particulares para gerar eletricidade para edifícios ou complexos de casas. Segundo Larivière, o destino ideal para estas turbinas é a cidade, com uma pequena "floresta" de árvores high-tech, capazes de operar sem emissões e barulho. Há quem diga que elas poderiam ser "plantadas" até mesmo em parques públicos. Certamente elas são menos invasivas (ainda que menos potentes) que as grande turbinas eólicas, mas ao mesmo tempo são mais seguras para pessoas e animais.

"O evento, organizado com o apoio da Câmara Municipal de Paris, será uma experiência única de ensino, mas também de conscientização pública e propagação da energia renovável, no coração da cidade. Place de la Concorde foi o teatro das experiências elétricas de Archereau que criou uma das primeiras lâmpadas a arco fotovoltaico, e foi ali que se instalou a primeira iluminação pública na cidade, em 1844 ", explica o New Wind. "Na véspera da COP 21, este evento é um destaque para a atratividade de Paris, que vai se confirmando como uma cidade inovadora e sustentável”.

Uma nova forma de produzir energia, usando o que a natureza nos dá de graça a cada instante.

Leia também: Arbre à Vent: uma árvore que produz eletricidade com a ajuda do vento

Fonte fotos: arbre-a-vent