Como seria o mundo sem carros?

mundo sem carros

Se a bicicleta fosse a principal protagonista do trânsito e se os carros fossem usados minimamente, o mundo seria fantástico! Nem precisaria dizer... mas uma pesquisa inglesa levantou os detalhes para essa hipótese.

Seríamos mais felizes, estaríamos mais em forma e com uma expectativa de vida mais longa, em vez de teimosos cidadãos metropolitanos loucos por carros, quanto mais e mais caros, melhor! quando poderíamos comprar três, quatro, cinco bicicletas, dependendo do número de componentes da família.

Na pesquisa partiu-se da hipótese das atuais 13 milhões de bicicletas existentes no Reino Unido, tornarem-se 50 milhões. Uma vez que os carros emitem 58% dos gases de efeito estufa, uma transição radical para o uso de bicicletas seria beneficiar a saúde do planeta e também a nossa, diminuindo os problemas advindos da poluição atmosférica, sem falar nas calorias que gastaríamos a mais, usando a bike em vez do carro.

E o que dizer quanto ao trabalho? Chega de desculpa de que o ônibus não passou: 11,5 milhões de euros seriam salvos com as faltas no trabalho, enquanto 87 mil pessoas a mais seriam empregadas nas fábricas de bicicletas e acessórios (desta forma, esta indústria ajudaria na economia com quase 14 milhões de euros).

E o ciclismo não é apenas bom para o bolso e para a saúde física, mas também para a mente. De acordo com um estudo inglês conduzido com 18 mil passageiros, demonstrou-se que ir de bicicleta ou a pé para o trabalho é melhor para a saúde mental das pessoas, em comparação ao deslocamento com automóvel. Aqueles que iam a pé ou de bike, eram definitivamente mais felizes que aqueles que preferiam dirigir, e que demonstraram ser 13% mais propensos a se sentirem estressados e incapazes de se concentrarem.

Leia também: Ir para o trabalho caminhando ou pedalando melhora a saúde mental

Enfim, todos os benefícios "intangíveis" que, como dizem os especialistas, deveriam ser levados em conta na tomada de decisões políticas sobre a mobilidade urbana.

Os carros poluem? Bem, se em vez de fazerem uma propaganda a cada duas sobre os novos, novíssimos modelos de automóveis (de preços exorbitantes, entre outras coisas), houvesse publicidade o dia inteiro sobre a mobilidade sustentável, como o ciclismo, talvez fôssemos mais propensos a usarmos a bike: o meio de transporte mais simples e econômico que existe.

Veja AQUI o infográfico completo.