Lagartixas enviadas ao espaço pelos russos morreram congeladas

Lagartixas enviadas ao espaço pelos russos morreram congeladas e foram mumificadas

Cinco azaradas lagartixas, enviadas ao espaço para experimentos sexuais a gravidade zero, morreram. O experimento seria para estudar como os animais, plantas, micróbios e materiais de próxima geração reagiriam ao voo espacial.

O anúncio foi feito por funcionários russos. Nesta segunda-feira, o módulo de descida contendo lagartos e outras criaturas utilizadas nos experimentos do satélite Foton-M4, voltou à Terra.

“Todas as lagartixas, infelizmente, estão mortas”, disse a Agência Espacial Federal Russa, em um comunicado. De acordo com informações preliminares, as lagartixas morreram congeladas. Provavelmente, isso aconteceu devido a uma falha no dispositivo destinado a garantir que a temperatura do terrário que continha os animais.

foto

foto

foto

foto

Funcionários acreditam que as lagartixas foram mortas pelo menos uma semana, pois foram encontrados não só congeladas, mas também mumificadas. Um notícia um pouco mais positiva, no entanto: as moscas das frutas utilizadas a bordo do “satélite do amor” estavam em perfeitas condições e se reproduziram.

Sobre Daia Florios

Daia Florios
Ingressou no curso de Ecologia pela UNESP e formou-se em Direito pela UNIMEP. É redatora-chefe e co-founder de GreenMe Brasil.
Anteriores Raju, o elefante que chorou por sua liberdade, ainda está em perigo 
Próximo Nova descoberta sobre o câncer de mama: uma proteína é a responsável pela metástase

Veja Também

Em 21 de junho, o Eclipse Solar Anel de Fogo que marcará grandes transformações à humanidade

O dia 21 de junho será marcado pelo primeiro eclipse solar de 2020, que será …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *