Na Califórnia o desperdício de alimento vai se transformar em energia 

Na Califórnia o desperdício de alimento vai se transformar em energia 

O desperdício de alimentos é uma preocupação global. De um lado uma grande quantidade de alimentos descartados que acabam nos lixões, e de outro a fome, que vem atingindo índices alarmantes principalmente por causa da pandemia. Mas não é só esse o motivo da preocupação.

O desperdício de alimentos no lixões e aterros é um processo que acaba provocando problemas de saúde pública e danos ao meio ambiente pela emissão de gás metano, um dos gases de efeito estufa.

Mas uma importante iniciativa, que pode servir de exemplo em todo mundo, está sendo adotada pela Califórnia.

A proposta da Califórnia

A partir de janeiro de 2022, serão exigidos dos moradores das cidades que separem seus lixos em orgânicos e inorgânicos. Após as respectivas compostagens dos orgânicos, o resultado será transformado em energia renovável. 

A iniciativa promete reduzir a emissão de metano e aproveitar os resíduos de alimento como energia sustentável.

O desperdício de alimentos nos Estados Unidos representa 40% de tudo que é consumido. Por isso, a estratégia tem sido direcionada para esse tipo de material. Inclusive, foi definida a meta de redução de 15% nas emissões de metano do país.

Como ocorrerá o processo?

As autoridades fornecerão aos moradores lixeiras com capacidade de reter dois dias de restos de alimentos e que serão descartados em recipientes verdes existentes ao lado de suas casas.

O conteúdo será recolhido pelos serviços de coletas, sendo enviados para compostagem e transformação em energia verde, a ser consumida pela própria população.

A Califórnia já conta com o maior programa de reciclagem do país e se juntará a outros locais de destaque no mundo para a redução e emissão de poluentes com influência no aquecimento global.

Parabéns pela iniciativa!

Talvez te interesse ler também:

Tem mais plástico nos solos que nos oceanos: situação desastrosa!

As incríveis baratas-d’água gigantes super predadoras: comem de tudo, até serpentes

“Grávidos”: cavalo-marinho macho pode gestar e dar à luz aos seus filhotes

“Blueskying”: China consegue controlar o clima e deixar o céu azul

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *