Ecopontos: 10 cidades brasileiras terão espaços para descarte de lixo eletrônico

Ecopontos: 10 cidades brasileiras terão espaços para descarte de lixo eletrônico

Maceió (AL) e Manaus (AM) foram contempladas com um projeto do Ministério do Meio Ambiente (MMA) que conta com um sistema de logística reversa de eletroeletrônicos domésticos.

A meta do Governo Federal é que 400 cidades brasileiras tenham centrais de destinação de resíduos eletrônicos até 2025.

As duas capitais são as primeiras da região Norte e Nordeste a contarem com a iniciativa que faz parte do programa Lixão Zero do MMA e atende à Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Para isso acontecer, fabricantes e comerciantes têm a responsabilidade de manter a logística do sistema de coleta de produtos não mais utilizados, junto com o governo e associações de reciclagem, como prevê o DECRETO NÚMERO 10.240, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2020.

Aparelhos como geladeiras, fogões, TVs, ventiladores e celulares poderão ser descartados de forma voluntária em espaços específicos para o recebimento correto destes lixos eletrônicos.

Espera-se que 10 centrais funcionem até novembro. Os próximos grandes centros urbanos que receberão os ecopontos são Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Goiânia (GO) e Rio de Janeiro (RJ). Brasília (DF), Campo Grande (MS), Florianópolis (SC) e Vitória (ES) já aderiram ao projeto.

André França, secretário de Qualidade Ambiental do MMA, explica a situação de Manaus, que teve um ecoponto instalado no final de setembro. Para ele, o ponto ajudará a evitar a poluição da região amazônica, maior bioma do mundo, evitando o descarte incorreto de lixo nos igarapés e cursos d’água.

França conta como funciona a coleta:

“Agora, para evitar a poluição do maior bioma [de floretas úmida] do mundo, a gente entra com esse projeto. As pessoas têm a opção de entregar voluntariamente o equipamento sem vida útil diretamente nesse ponto de coleta ou agendar o melhor dia e horário para retirada na sua própria casa.”

Os ecopontos de Maceió e Manaus passaram a funcionar nos dias 28 e 29 de setembro, respectivamente.

No total, 10 cidades vão receber pontos ecológicos para a coleta de lixo eletroeletrônico.

Agende um horário para entrega voluntária em casa ou procure onde é a central de logística e leve seu equipamento que não funciona mais até o ponto de coleta!

Talvez te interesse também:

Reciclagem de eletrônicos: Na Escócia lixo eletrônico é reciclado e doado à quem precisa

Campanha instrui o que fazer com o lixo eletrônico

Obsolescência programada: a vida dos produtos eletrônicos cada vez mais curta

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *