O homem de Bangladesh que plantou uma árvore todos os dias nos últimos 48 anos

Ele se tornou conhecido pela alcunha de “Homem da Floresta de Bangladesh”. Não é por acaso: Abdul Samad Sheikh, um motorista de riquixá de 60 anos de Bangladesh, é uma prova viva de que até mesmo pequenas contribuições pessoais para a natureza podem significar muito a longo prazo.

Há que se respeitar a contribuição de Abdul: ele plantou pelo menos uma árvore todos os dias, desde os 12 anos de idade, o que significa que, até agora, plantou uma pequena floresta com mais de 17.500 árvores.

Em sua cidade natal Faridpur, um distrito da região central de Bangladesh, Abdul Samad Sheikh trabalhou como motorista de riquixás durante a maior parte de sua vida. Um trabalho modesto que lhe rende cerca de 100 taka (pouco mais de 1 euro) por dia, apenas o suficiente para colocar comida na mesa para sua família. Mas, de alguma forma, ele ainda consegue comprar pelo menos uma árvore todos os dias, porque considera isso um dever para o mundo.

“Todas as noites, não consigo dormir a menos que plante uma árvore – diz Abdul.
Faço isso desde os doze anos e, acima de tudo, planto-as em terras do Estado para que ninguém possa cortá-las. Eu as rego e, se vejo alguém que corta uma árvore, repreendo. Amo todas as criaturas, inclusive os animais, mas, acima de tudo, as árvores.”

Abdul, sua mulher Jorna e seus quatro filhos vivem em duas cabanas modestas, em um pedaço de terra que nem lhes pertence.

“Samad é um cidadão modelo da nossa comunidade – dizem sobre ele. Ver seu bom trabalho deve nos inspirar”.

Por seus esforços, Abdul Samad Sheikh recebeu recentemente um prêmio de 100.000 Taka para ajudá-lo a construir um lar melhor para sua família. Em seu discurso, ele pediu a todos que seguissem seu exemplo e protegessem o meio ambiente.

“Eu não posso fazer isso sozinho, preciso da ajuda de todos”, disse.

E imagine se todos seguissem seu exemplo, não apenas em Bangladesh, mas no resto do planeta. De norte a sul, jovens e idosos. Não nos custaria nada e todos ficaríamos muito mais felizes.

Talvez te interesse ler também:

Corredores verdes: plantar árvores para baixar 2°C a temperatura nas cidades

YouTuber desafia plantar 20 milhões de árvores (e já conseguiu 7)

A importância da sombra das árvores: em vez de ar-condicionado, devemos plantar mais

Fonte fotos

Sobre Daia Florios

Daia Florios
Ingressou no curso de Ecologia pela UNESP e formou-se em Direito pela UNIMEP. É fundadora e redatora-chefe em GreenMe Brasil.

Veja Também

Madeira ilegal e glifosato em esquema de escravidão moderna em MG

De acordo com o Ministério Público do Trabalho, conforme publicação em sua página no Instagram, …