Em Londres: bebedouros públicos para reduzir o plástico

Em Londres: bebedouros públicos para reduzir o plástico

Londres declara guerra às garrafas de plástico investindo em bebedouros públicos. Em breve, antigas fontes de água deverão voltar a escorrer, oferecendo água potável, adequada para o consumo humano, para reduzir a compra de garrafinhas de plástico e consequentemente o lixo (ou a reciclagem) deste material.

Na tentativa de conter o desperdício associado ao consumo de água engarrafada, o prefeito de Londres, Sadiq Khan, manifestou vontade de reativar a vasta rede de bebedouros públicos e estações para recarga de garrafas de água em toda a cidade.

“O prefeito quer reduzir o número de garrafas e copos de plástico descartáveis ​​na capital e pediu às autoridades da cidade que examinem a viabilidade de um projeto piloto junto com outras intervenções”, disse um porta-voz de Khan ao The Guardian. A ideia é identificar os locais com maiores demandas, como os centros urbanos, os centros comerciais, parques e praças, para oferecer fontes de água ao público.

Além de instalar novos bebedouros e pontos onde se possa obter água, Kahn quer garantir aos londrinos e aos turistas sedentos que estes possam sempre ter água grátis, em vez de comprá-la.

A iniciativa foi inspirada por Refill, uma campanha bem sucedida lançada em Bristol em 2015, quando esta cidade foi a Capital Europeia Verde.

O ministro do Meio Ambiente, Michael Gove, também confirmou que um maior acesso aos bebedouros de água em todo o país será uma das soluções do governo para reduzir o lixo plástico.

Antigamente, fontes de água (bebedouros antigos) eram muito mais abundantes do que hoje. Considerando a situação de Londres, existem grandes diferenças entre o centro e a periferia. De acordo com os dados coletados pelo jornal britânico, o distrito de Lambeth tem 25 bebedouros em torno de seus parques e espaços abertos, mas muitos outros, incluindo Sutton, Enfield e Haringey, não têm nenhum. Em geral, os 32 distritos municipais de Londres têm 111 bebedouros e estações de recarga d’água acessíveis ao público.

Agora basta esperar para saber se o prefeito Khan e o Ministro Gove realmente levarão este projeto adiante. Também o antecessor Boris Johnson tinha anunciado em 2008 “uma nova era para os bebedouros públicos”.

Seria uma espécie de retorno ao passado que é bom para o futuro.

Talvez te interesse ler também:

Em Londres abre o primeiro museu da vagina

Em Londres, o leite é entregue em garrafas de vidro para reduzir o lixo plástico

No metrô de Londres, em vez de anúncios publicitários, fotos de gatos para adoção

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *