Agora é lei: na França chega de prato, copo e talher de plástico

pratos-descartáveis

França vai proibir pratos, copos e talheres de plástico a partir do dia 1º de Janeiro de 2020. Estes utensílios descartáveis, geralmente feitos de plástico, ​​deverão ser substituídos por outros feitos com matérias primas provenientes de fontes renováveis, ou feitos em modos que possam ser reutilizáveis.

O anúncio foi feito por um decreto publicado em 30 de agosto que dispõe sobre as modalidades de restrição aos utensílios descartáveis.

A França já tinha dado conhecimento público do seu projeto no ano passado, em junho de 2015. Na ocasião, as empresas mostraram-se contrárias à proposta, mas o governo francês decidiu ir avante com a decisão de restrição a estes produtos, para poder atingir o objetivo de reduzir resíduos.

Saiba mais: FRANÇA PROIBIRÁ PRATOS E TALHERES DESCARTÁVEIS DE PLÁSTICO A PARTIR DE 2020, MAS A INDÚSTRIA NÃO ESTÁ PREPARADA

O novo decreto faz parte de um projeto de lei mais amplo, dedicado à transição energética. A decisão de proibir talheres e pratos de plástico descartáveis visa reduzir a propagação de substâncias tóxicas no meio ambiente.

Sabemos que o plástico está colocando em risco os ecossistemas de mares e oceanos, matando os peixes e atingindo a cadeia alimentar. Todos os anos na França, vão para o lixo 4,73 bilhões de copos de plástico e apenas 1% deles é reciclado. A periculosidade do plástico para o meio ambiente é bastante conhecida mas existe também o receio de que a sua utilização seja prejudicial inclusive para a saúde.

Na França, e também em outros lugares, existe a preocupação sobre o consumo de bebidas quentes em copos de plástico o que poderia liberar toxinas, incluindo os desreguladores endócrinos, eventualmente usados ​​na sua produção, como o bisfenol A.

Os novos pratos e talheres que serão propostos na França para substituir o plástico descartável irá conter 50% de matérias-primas provenientes de fontes renováveis ​​em até 2020 e 60% a partir de 2025.

Pessoas e entidades envolvidas na distribuição e utilização de utensilios de plástico descartáveis não poderão usá-los ou colocá-los no mercado, quer a título oneroso ou gratuito. O decreto refere-se à xícaras, copos, pratos e talheres descartáveis.

Você achou a ideia da França fantástica, um luxo? Você também pode seguir essa moda enquanto o governo brasileiro dorme. Basta simplesmente não comprar estes produtos, evitar usá-los também fora de casa (há quem leve a própria xícara para o trabalho para evitar o uso daqueles copinhos que além de horríveis, são provavelmente perigosos. Leia abaixo dicas sobre reduzir o uso do plástico no dia a dia e também sobre os problemas ambientais por ele causados.

Especialmente indicado para você:

10 DICAS PARA DIMINUIR O LIXO PLÁSTICO NO DIA A DIA

PLÁSTICO NO MAR - FOTOS IMPRESSIONANTES DA POLUIÇÃO PLÁSTICA NAS PRAIAS DE HONG KONG

PLÁSTICO ASSASSINO: MAIS DE 90% DAS AVES MARINHAS COMEM ESTE LIXO