Sustainable Cities Index 2016: estas são as cidades mais sustentáveis do mundo

Zurique
Zurique é a cidade mais sustentável ​​do mundo, seguida por Cingapura e Estocolmo. Isto é o que foi revelado pelo Índice de Cidades Sustentáveis ​​2016, que acaba de ser apresentado pela Arcadis, empresa de consultoria global. Entre as 10 primeiras "cidades verdes” do ranking, oito são europeias e 2 asiáticas.

Como todos os anos, Arcadis, em colaboração com o Centre for economic and business research (Cebr), examinou as 100 cidades mais importantes do planeta e compilou uma lista das 50 mais sustentáveis, baseando a sua avaliação em três sub-índices ​​- Pessoas, Planeta e Profit (economia) - definidos no estudo como os "pilares da sustentabilidade."

sustainable people plante profit


As cidades que obtiveram as pontuações mais altas são aquelas que apresentaram um melhor equilíbrio entre esses 3 fatores, com melhores capacidades de conciliar as necessidades das pessoas, do ambiente e das atividades econômicas. Exemplos para estudar e tomar como modelo, em suma, para perseguir um desenvolvimento tão harmonioso quanto possível.

Em particular, a categoria "People" examina a qualidade de vida dos cidadãos, uma etiqueta que inclui indicadores como saúde, expectativa de vida, alfabetização, custo de vida, renda, desigualdade social, taxa de criminalidade e equilíbrio entre vida privada e trabalho.

"Planeta" quantifica por outro lado os chamados "fatores verdes", entre os quais, o consumo de energia, parques públicos, as emissões de gases de efeito estufa, a produção de energia a partir de fontes renováveis, a exposição ao risco de catástrofes naturais, água potável e poluição do ar.

Finalmente, na categoria “Profit” são analisados os indicadores que medem a saúde econômica de uma cidade, a partir do produto interno bruto per capita, da taxa de emprego, através das infra-estruturas, transportes, turismo e facilidade em fazer negócios.

O resultado é um ranking que considera a Europa como continente que se destaca em todos os sub-índices, com oito cidades no top ten (além das já mencionadas Zurique e Estocolmo, há também Viena, Londres, Frankfurt, Hamburgo, Praga e Monaco de Bavaria).

A primeira cidade norte-americana é Vancouver, que ocupa a vigésima terceira posição, seguida por Nova York, em vigésimo sexto lugar e Montreal, vigésima oitava colocada. A parte inferior da lista é ocupada pelos países emergentes, Calcutá, Cairo, Nairobi, Nova Deli e Manila que figuram nas últimos cinco posições.

Aqui está os classificação geral:

sustainable.cities index

Brasil, como se vê: São Paulo 79ª e Rio de Janeiro 81ª posições em uma lista das 100 mais importantes mas fora das 50 mais sustentáveis. Deixaremos os comentários para vocês.

Leia mais sobre cidades sustentáveis:

setaLIUBLIANA: COMO É A CAPITAL VERDE DA EUROPA 2016

setaONDE FAZER TURISMO SUSTENTÁVEL NO BRASIL

setaHORTAS URBANAS EM SÃO PAULO: UMA FORMA SUSTENTÁVEL DE BEM VIVER