Heracleum mantegazzianum, a planta tóxica que provoca queimaduras e até cegueira

  • atualizado: 
Heracleum mantegazzianum

Ela já foi tema do GreenMe Itália mais de uma vez, seja porque entendemos a importância de alertar para seus perigos, seja para reportar casos de pessoas que tiveram sérias lesões na pele ao entrar em contato com ela. Só no mês passado, diversos veículos ingleses e americanos - como The Sun, Herald Times Reporter e Newsweek - publicaram matérias sobre casos envolvendo a apelidada "planta mais perigosa do Reino Unido". Mas, afinal, por que é tão temida e capaz de causar tantos danos?

Heracleum mantegazzianum é o nome científico desta planta herbácea que exige muita atenção, uma vez que causam lesões graves na pele quando tocadas.

Ela faz parte da família Apiaceae e pode passar de dois metros de altura. Apresenta folhas de grandes dimensões e ricas em espinhos. Trata-se de uma planta invasiva, originária do Cáucaso, que foi levada para a Europa para fins ornamentais.

Na Itália, é conhecida como Panace di Mantegazza e está presente em diversas regiões do país, espalhando-se ao longo de cursos de água, prados e locais não cultivados. Sua periculosidade faz com que, periodicamente, haja campanhas pela sua eliminação.

Atualmente, é encontrada, principalmente, nas regiões da Lombardia, do Piemonte, Valle d'Aosta, Liguria e, mais raramente, também no Vêneto e no Trentino.

Como é possível removê-la

heracleum mantegazzianum 2

A Heracleum mantegazzianum nunca deve ser tocada. Sua eliminação deve ser feita com equipamentos de proteção adequados e a sua remoção envolve atenção redobrada, principalmente em parques e jardins frequentados por crianças.

Ela requer tantos cuidados que na Itália, por exemplo, recomenda-se queimá-la para só removê-la ou entregá-la aos serviços de incineração de resíduos. Se a planta for avistada, o conselho é relatar sua presença junto aos órgãos municipais competentes.

Mas quais são os riscos, afinal?

heracleum mantegazzianum 3

Trata-se de uma planta perigosa para a pele e para os olhos. Após o contato com as plantas, seguido de exposição à radiação solar direta ou raios UV, surgem graves inflamação na pele e a área fica repleta de bolhas. Dessa lesão, podem resultar cicatrizes para o resto da vida. O contato da seiva da planta com os olhos pode causar cegueira temporária ou até mesmo permanente.

O Jardim Botânico de Bérgamo informou que estas reações se devem à presença -- nas folhas, flores, sementes, tronco e raiz -- de derivados capazes de penetrar no núcleo das células epiteliais e se ligar ao DNA, matando-as.

O que fazer em caso de contato?

Se você estiver de férias pela Itália e se esbarrar com uma dessas pelo caminho, deve tomar algumas providências. A primeira é lavar a pele com água e sabão e evitar a exposição ao sol por alguns dias ou até semanas. Além disso, é aconselhável consultar um médico imediatamente. Mesmo na dúvida se o contato foi mesmo com elas, vá para um Pronto Socorro.

Se você encontrar a Heracleum mantegazzianum, ou se achar que está diante de uma planta potencialmente perigosa, não toque nela. Se puder, tire uma foto para sinalizar sua presença e permitir que os especialistas a reconheçam. Em seguida, entre em contato com a Prefeitura.

Talvez te interesse ler também:

10 PLANTAS TÓXICAS QUE O BRASILEIRO TEM EM CASA

PLANTAS TÓXICAS PERIGOSAS PARA NOSSOS PET'S

ASSACU, HURA CREPITANS, É ALTAMENTE TÓXICA! CONHEÇA USOS E BENEFÍCIOS

Fonte foto: wikipedia

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!