10 Curiosidades que você (provavelmente) desconhece sobre as Orcas

  • atualizado: 
curiosidades orcas

Ela foi estrela de “Free Willy”, na década de 90. No entanto, muitas pessoas cultivam um medo enorme desse animal: não à toa ela ganhou a alcunha de “baleia assasina”. Para além de todos esses aspectos, a orca é um mamífero fascinante e peculiar. De proporções enormes, voracidade alimentar impressionante e uma inventividade de dar inveja a qualquer um, as orcas têm muito a nos mostrar. Quer saber mais? Acompanhe quem são as orcas e conheça dez curiosidades sobre elas.

Quem são as orcas

As orcas (Orcinus orca) são animais mamíferos da mesma família dos golfinhos.

São os segundos mamíferos de maior distribuição geográfica, perdendo apenas para o homem. Podem ser encontradas em todos os oceanos e grande parte dos mares, e se adaptam muito bem a diversos tipos de clima.

Seguem uma linha matriacal, possuem diferenças consideráveis, tanto que são classificadas por tipo, e vivem, em média, 50 anos (fêmeas) e 30 anos (machos). Possuem a maior barbatana do reino animal, chegando a 1,8 metros, medem entre 9,8 e 10 metros e 9,10 toneladas, no caso dos machos; e 8,5 metros e de 6 a 8 toneladas, no caso das fêmeas.

Comem de tudo: peixes, mamíferos marinhos, polvos, lulas, cetáceos e até mesmo aves.

Utilizam, assim como os golfinhos, os sons como forma de comunicação e ecolocaliação. Mas vejamos ainda mais sobre elas:

10 Curiosidades sobre as Orcas

 

1. Deus da Morte

O nome orca foi dado pelos romanos e deriva de “Orcus”, que significa inferno ou Deus da Morte.

2. O surf como caça

As orcas têm uma forma bem peculiar de caçar, muitas vezes. Por exemplo, elas podem surfar, literalmente, até à praia para caçar leões e lobos marinhos que estão aprendendo a andar. Evidentemente, somente as mais experientes fazem isso, tendo em vista que essa estratégia é, no mínimo, arriscada.

3. A criatividade “má” das orcas

Para caçar, as orcas utilizam uma série de formas curiosas e criativas para obter suas presas. Elas podem jogar focas umas contra as outras para atoardoá-las e matá-las, bem como fazer uma espécie de carrossel para pegar vários arenques de uma vez só.

4. Vorazes e comilonas

A orcas podem comer, em média, 220 kg de comida por dia, chegando, algumas vezes, até 400 kg. Na verdade, cerca de 60% do tempo delas é dedicado a procurar comida.

5. Respiração híbrida

Assim como outros mamíferos marinhos, as orcas precisam subir até à superfície para respirar.

6. Os males do cativeiro

Orcas em seus habitats naturais vivem bastante, chegando mesmo até os 80 anos. No entanto, quando em cativeiro, mal chegam aos 30.

7. Cadeia alimentar

As orcas se encontram no topo da cadeia alimentar. Nenhum animal, com exceção do homem, consegue se dar muito bem quando tenta capturar um desses bichos.

8. Má fama injustificada

Embora sejam denominadas, muitas vezes, como baleias assassinas, as orcas não agridem os humanos. Os únicos incidentes registrados aconteceram quando estes mamíferos estavam em cativeiro.

9. Orca e menopausa

Pesquisadores da Universidade de York e da Universidade de Exeter estudam há mais de 30 anos a incidência de menopausa em orcas, tendo em vista que as fêmeas, mesmo depois da idade fértil, continuam vivas por muito tempo, liderando e passando todo seu conhecimento para seus pares. Isso pode ajudar, inclusive, na descoberta dos mistérios que envolvem a menopausa das mulheres.

10. Proteção contra caça

Apesar de não serem baleias, as orcas estão protegidas pela Comissão Internacional de Caça às Baleias.

Leia mais sobre animais: 

seta

BALEIAS: SEUS HÁBITOS RESPIRATÓRIOS SE MODIFICAM PARA SE PROTEGEREM DOS ATAQUES DAS GAIVOTAS

setaFROGLOG: UMA IDEIA SIMPLES E GENIAL PARA SALVAR A VIDA DE MUITOS ANIMAIS

setaMAMÃES ORANGOTANGO AMAMENTAM SEUS FILHOS ATÉ OS 9 ANOS: RECORDE ENTRE OS PRIMATAS