Papagaio engarrafado: mais um ato desumano encontrado no comércio ilegal

Papagaio engarrafado

É muito difícil ver estas fotos, mas a notícia precisa ser dada para que as pessoas entendam o que há por trás do comércio ilegal de animais.

 

24 papagaios cacatuas foram encontrados presos dentro de garrafas de plástico para serem vendidos no mercado negro. Comprimidos e inseridos à força nestes recipientes, os animais foram encontrados pela polícia de Tanjung Perak no último dia 04 em Surabaya, na Indonésia.

Estes pássaros de crista amarela, os Cacatua sulphurea, estão na lista das espécies em perigo de extinção da Union for the Conservation of Nature and Natural Resources, desde 2007. Na natureza permaneceria apenas 7 mil exemplares, principalmente por causa do desmatamento.

Os infelizes 24 papagaios estavam escondidos e trancados nos pequenos recipientes de plástico “tentando” atravessar a fronteira. Felizmente a polícia os encontrou, liberando-os do plástico e os entregando aos cuidados veterinários. No comércio ilegal eles são vendidos por aproximadamente 900 euros, cada. Ou seja, quem os compra seriam pessoas abastadas.

Cerca de 40% destes pássaros morrem durante estas viagens.

Papagaio engarrafado

 Detalhe papagaio engarrafado

Uma operação como esta, demonstra o quanto é preocupante e frequente a posse ilegal de animais selvagens e exóticos, bem como o comércio ilegal destas espécies.

Como resolver o problema? É necessário haver uma maior fiscalização para combater este crimeorganizado até os mínimos detalhes. Mas o mais importante ainda é nos conscientizarmos para o fim dessa mania humana de capturar os animais e colocá-los em uma jaula para…não se entende porquê, visto que, pela lógica, quem ama animais, os respeita. 

Só existe comércio se houver quem compre. A ignorância deve ser combatida.

Papagaio cacatua

Foto: wikipedia.org

Leia também: 511 chifres de elefantes são apreendidos na Tailândia

Fonte fotos: metro.co.uk