Maconha Veterinária: nos EUA, cannabis também para cães e gatos 

Maconha Veterinária

Os animais de estimação também poderão em breve, serem tratados com a cannabis, pelo menos nos Estados Unidos. É o que se espera de um projeto de lei de autoria do senador democrata Tick Segerblom, apresentado nesta terça-feira em Nevada.

O objetivo do projeto é permitir aos donos de animais de estimação, administrarem o THC medicinal em seus animais, se um veterinário certificar que o animal sofre de uma doença que pode ser aliviada com este medicamento.

Sim, pois parece que a cannabis alivia os sintomas de certas doenças também nos nossos amigos de quatro patas, mesmo que ainda não tenha sido demonstrado cientificamente que a substância possa ser um verdadeiro analgésico também para os animais. A proposta está apenas em seus estágios iniciais e terá de enfrentar muitos obstáculos legais antes de se tornar lei.

A questão faz parte de um projeto de lei mais amplo que pretende rever a lei sobre o uso da cannabis medicinal, eliminando as sanções aos motoristas que apresentarem maconha no sangue. A idéia de inserir o tratamento com a cannabis nos animais veio de um eleitor.

O médico veterinário de Los Angeles, Dr. Doug Kramer, ajudou a aliviar a dor de sua Husky, Nikita, em suas últimas semanas de vida depois que ela passou por uma cirurgia para remover um tumor. A cannabis ajudou o cão a ganhar peso e a viver mais seis semanas, antes de ter sido submetida à prática da eutanásia pelas complicações próprias da doença que a acometeu.

Por que não tratar os animais com cannabis se esta pode lhes fazer bem?

Leia também: Cannabis: 10 usos nos mais diferentes setores

Fonte foto: nypost.com