Yes nós temos bananas! Multinacional do setor alimentício é comprada por brasileiros

Multinacional do setor bananas é comprada por brasileiros

Acionistas da poderosa marca de alimentos norte-americana Chiquita Brands International baseiam seus lucros no amarelo, mas escolheram o verde. Ficou complicado de entender? Essa marca, cujo carro-chefe é o comércio de bananas, estava em negociação por três meses e quase concretizou sua fusão com um grupo irlandês, Fyffes - o que criaria um verdadeiro império envolvendo não só bananas, mas também melões e abacaxis.

Entretanto, no último dia 27, acabou tendo uma boa porção de suas ações adquirida pelo grupo Cutrale-Safra, com sede brasileira, por US$ 680 milhões de dólares.

Com a compra das ações a marca Chiquita passa a ser controlada pelos brasileiros. Chiquita, junto com Fyffes, Fresh Del Monte Produce e Dole Food são as quatro marcas que controlam todo o mercado de bananas no planeta – segundo estudos, atinge cifras da ordem de US$ 7 bilhões ao ano.

A compra da Chiquita e a sustentabilidade brasileira

Um dos fatores que levaram os acionistas de Chiquita a escolherem o “verde”, não foi pelo verde dos dólares, mas sim do meio ambiente. A Cutrale é conhecida por suas práticas em prol da sustentabilidade no plantio e colheita de alimentos.

Prova disso é o reconhecimento recente à Fazenda São Luiz, de propriedade da empresa. A certificação foi dada pela Rainforest Alliance Certified – IMAFLORA – justamente como uma forma de prestigiar as boas práticas de agricultura praticadas no local, bem como o uso totalmente racional dos recursos hídricos, condições de trabalho favorável e trabalha para conservar os ecossistemas locais. Inclusive, o relacionamento da empresa e da comunidade local ganhou nota máxima da entidade. Há uma segunda fazenda da Cutrale, em Minas Gerais, que recebeu a mesma certificação, em 2012.

Fonte foto: nypost.com