OMS: 5 agrotóxicos classificados como cancerígenos para os seres humanos

OMS: 5 agrotóxicos classificados como cancerígenos

Cuidado com os agrotóxicos. Da OMS, em colaboração com a Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer (IARC), chegam informações que não podem ser subestimadas. 5 agrotóxicos foram classificados como prováveis ​​ou possíveis cancerígenos para os seres humanos.

Os possíveis e prováveis ​​agentes cancerígenos foram elencados em um relatório elaborado pelos pesquisadores do IARC, que estiveram este mês em Lyon, na França na sede do próprio Instituto. Os especialistas se reuniram para avaliar as evidências científicas sobre o efeito carcinogênico de certas substâncias utilizadas na agricultura do mundo inteiro. As substâncias identificadas pelo IARC estão descritas no estudo "Carcinogenicity of tetrachlorvinphos, parathion, malathion, diazinon, and glyphosate", publicado na revista The Lancet Oncology.

Na lista dos agentes cancerígenos prováveis ​​ou possíveis para os seres humanos encontram-se:

1. Glifosato

A estrela do agrotóxico, o glifosato está entre os herbicidas mais amplamente usados em todo o mundo. É o principal ingrediente do herbicida Round Up da Monsanto. Ele foi agora oficialmente classificado como provável cancerígeno para os seres humanos. O glifosato seria capaz de danificar o DNA de mamíferos e seres humanos. Os agricultores expostos ao glifosato teriam uma chance maior de desenvolver linfoma não-Hodgkin, apesar de, no momento, as evidências de tal hipótese serem ainda limitadas.

Leia também: Glifosato, a estrela dos agrotóxicos, proibida no Sri Lanka

2. Malathion

É um inseticida usado tanto na agricultura quanto em ambientes domésticos para a desinfestação de pragas. A utilização deste pesticida de maneira profissional, poderia aumentar o risco de câncer da próstata.

3. Diazinon

Outro inseticida utilizado tanto na agricultura como em casa. Para este pesticida, como para as outras substâncias indicadas, as evidências são ainda limitadas mas, em qualquer caso, o Diazinon estaria relacionado ao aumento do risco de câncer de pulmão e linfoma não-Hodgkin.

4. Parathion

Inseticida classificado como um possível agente cancerígeno, sujeito a restrições em certos países, é um pesticida utilizado na agricultura contra a infestação de pragas.

5. Tetraclorvinfos

Como no caso de Parathion, este é um inseticida classificado como um possível agente cancerígeno, sujeito a restrições em determinados países.

A classificação do IARC não é vinculativa para os Estados, mas serve para lembrar aos governos e organizações internacionais sobre a necessidade de se estabelecer regulamentos, leis ou medidas a respeito do uso destas substâncias. Os governos devem levar em consideração as indicações da OMS para decidir sobre aprovar e continuar, restringir ou proibir, o uso de determinados defensivos agrícolas potencialmente perigosos para a saúde humana e para o meio ambiente.

Tais substâncias não fazem mal apenas a quem as manuseia ou a quem consome alimentos tratados com elas: os agrotóxicos se espalham no ar na terra contaminando a água e o solo.

Leia também: Agrocídio: agrotóxicos matam