10 dicas para diminuir o lixo plástico no dia a dia

10 DICAS PARA DIMINUIR O LIXO PLÁSTICO NO DIA A DIA

Os produtos descartáveis e as embalagens de plástico são um verdadeiro símbolo da vida moderna contemporânea. Com tudo de prático que possam representar tais produtos, felizmente, caminhamos para uma mudança de atitude e tendemos a escolher cada vez mais produtos que causem menos danos ao meio ambiente. E tal não significa nenhuma radicalização de comportamento pois, com alguns gestos simples podemos reduzir o lixo plástico de nossas vidas, o que denota o nosso conhecimento e a nossa vontade de preservar o planeta em que vivemos.

Aqui vão algumas dicas úteis e fáceis para o nosso dia a dia.

1. Evitar comprar água de garrafa plástica

Garrafas d'água de plástico representam um dos principais problemas em matéria de resíduos, uma vez que estas nem sempre são totalmente recicláveis. A melhor opção seria beber a própria água da torneira, filtrada no bom e velho filtro de barro, mas se alguém não gosta do gosto do filtro de barro ou duvida da potabilidade da água em sua cidade, poderia optar ou por comprar água em garrafas de vidro, ou de galões que são retornáveis.

2. Usar ecobags para fazer compras

Parece uma das dicas são mais fáceis de se implementar, mas nem todo mundo se lembra. Que tal deixar sempre uma bolsa para fazer compras no carro, ou mesmo dentro da bolsa normal? Existem tantas opções de ecobag, de tecido ou outros materiais leves mas resistente que podem ser dobrados ou enrolados e deixados na bolsa. As de pano têm a vantagem de poderem ser lavadas e durarem por anos. Que tal fazer uma ecobag com um jeans que você não usa mais?

3. Não comprar pratos e copos descartáveis

Parece inacreditável, mas infelizmente tem gente que vive com copos, talheres e pratos plásticos.
Parar de comprar estes produtos é uma escolha muito importante para a redução dos resíduos de plástico. E não estamos falamos de seu uso ocasional, talvez por necessidade, quando se faz festas em casa com tanta gente, o que pode acontecer algumas vezes. Falamos daqueles que compram sistematicamente pratos, talheres e copos de plástico descartáveis ​​quando poderiam tranquilamente usar a louça lavável normal. Seria preguiça ou crença de que estes produtos são mais higiênicos? Os fabricantes dizem que tais produtos são especialmente feitos para o uso alimentar, inclusive para suportar o calor do alimento. Eu particularmente não confio tanto e acho até ruim comer e beber em descartáveis.

Leia tamém:

4. Escolha recipientes reutilizáveis

Outra forma inteligente de reduzir o lixo causado pelo plástico é escolher recipientes laváveis ​​e reutilizáveis ​​para o transporte e o armazenamento de alimentos. Desta forma teremos objetos realmente duradouros que nos permita, por exemplo, levar comida para o trabalho ou armazenar alimentos na geladeira sem produzir resíduos.

Leia também:

5. Diga não aos canudinhos

É uma praga nas praias lotadas como as do Rio de Janeiro. Quem fica na praia até tarde pode notar que os garis varrem e passam a máquina para limpar a areia mas os canudos… (e também os cigarros) permanecem porque são muitos. Mas somos crianças que precisamos de canudinho? Principalmente na praia mas também nos bares! Se alguém acha que não se pode beber um drinque sem canudo, saiba que existem canudos de vidro e de titânio, muito melhor e mais bonitos do que os de plástico, não acham?

6. Escolher fraldas de pano

Uma das principais coisas que os pais podem fazer para reduzir os resíduos de plástico é escolher fraldas de pano para usar em seus filhos. Estas fraldas são reutilizáveis, economizam dinheiro e, especialmente, pesam menos para o planeta.

Leia também:

7. Limitar os alimentos em embalagens plásticas

Este é provavelmente um dos desafios mais difíceis de enfrentar: evitar, ou pelo menos limitar, os produtos em embalagens plásticas. Falamos principalmente de petiscos, queijos embalados, biscoitos, produtos congelados e tantos outros. Algumas embalagens, principalmente as de biscoitos e as de merendinhas em geral, contêm plásticos mistos que não são recicláveis. Confira a embalagem para verificar sobre a sua reciclabilidade e prefira embalagens de papel, papelão ou vidro.

Leia também:

8. Fazer sucos em casa

Sucos e outras bebidas também podem vir embalados em garrafas plásticas. Se você costuma comprar sucos em garrafas de plástico, você pode tentar substituí-los por sucos feitos em casa com frutas frescas, mais gostosos e mais saudável, duas vantagens para se pensar em substituir a comodidade ajudando ainda a reduzir o lixo plástico das nossas vidas.

9. Fazer compras em lojas de produtos a granel

Nosso site fez muito sucesso com o supermercado, Unverpackt em Berlim, que só vende a granel. Isso significa que o nosso leitor gosta da ideia de reduzir o lixo e que, provavelmente, compraria a granel.

Mesmo que não tenhamos um supermercado completo como o Unverpackt, podemos dar preferência às lojas que vendem produtos a granel. Na verdade, um hábito antigo que tem tudo para retornar. Podemos realmente comprar vários produtos sem embalagens, desde alimentos aos cosméticos e detergentes. Informe-se para saber quais lojas vendem a granel na sua cidade.

10. Prefira a produção faça você mesmo

Sabemos que na vida moderna falta tempo (e às vezes disposição) para fazermos nós mesmos o que poderíamos tranquilamente comprar.
Mas, quando puder, quando tiver tempo, em vez de ver televisão ou até mesmo conferir as novidades do Facebook, que tal fazer um bolo, um creme antirrugas, um sabão caseiro? A atividade manual é um exercício de relaxamento para a cabeça, porque deixa o pensamento livre, certo? Além disso, você economiza dinheiro. Que tal?