Como descolorir pelos com ingredientes que você tem em casa

  • atualizado: 
descolorir pelos

Tem gente que tem mais pelos, outras têm menos - algumas têm pêlos fininhos, quase transparentes, outras os têm escuros, contrastantes com o tom da pele. Mas, no fim das contas, todo ser humano tem mais ou menos, pelos espalhados pelo corpo. E E EE algumas pessoas não gostam de seus pelos próprios pelos. O que fazer?

Leia mais:

DEPILAÇÃO MASCULINA: HOMENS TAMBÉM SE DEPILAM. CONHEÇA MÉTODOS E RESULTADOS

DEPILAÇÃO A LASER → COMO FUNCIONA, CUSTOS E CONTRAINDICAÇÕES

Em todas as épocas existem as grandes descobertas, as receitas infalíveis e até as receitas tidas como naturais e que, por isso não fariam mal, nem mesmo se a questão for descolorir os pelos.

Vamos lá! As receitas abaixo são naturais, provavelmente mal não farão mal também seus resultados não serão iguais aos químicos descolorantes vendidos em farmácias.

Chá concentrado de camomila

Um ótimo produto natural para descolorir os pelos do corpo (alourá-los é o termo mais correto) é o chá de camomila ou macela. A camomila, qualquer delas, é uma planta muito amiga da nossa pele e pelos então, qualquer formulação que tenha como base a camomila (e que não contenha produtos agressivos) será uma boa opção.

Mas, para alourar os pelos, ou o cabelo, você poderá fazer um chá bem forte com camomila ou macela - use só as flores, claro. Coe por um sedaço fininho (um guardanapo ou filtro de pano) para retirar os pedacinhos que a camomila deixa no chá. Passe no local que pretende clarear e deixe secar. Use para enxaguar seus pelos, diariamente - é o mesmo princípio do uso do shampoo de camomila de que falamos aqui. A camomila não descolore mas ajuda a clarear e, paralelamente, protege a pele.

Outras receitas naturais para descolorir os pelos em casa:

Casca de laranja, suco de limão e iogurte - transforme cascas secas de laranja em pó e misture com iogurte natural e algumas gotas de limão. Essa máscara deverá ser aplicada, por até 20 minutos, no máximo, na região de pelos que você gostaria de clarear. Tenha os cuidados devidos em relação ao sol e hidratação da pele. Repita até que seus pelos estejam na tonalidade que mais lhe agrada.

Suco de limão com mel - misture os dois ingredientes para fazer um creme homogêneo. Aplique sobre o local a descolorir e deixe agir por uma meia hora. Não saia ao sol com a máscara de limão com mel sobre a pele. Tenha cuidado - limão é fotossensibilizante e faz queimaduras sérias ao sol. Após o tempo de exposição, retire toda a máscara com água e sabão. Hidrate bem a pele, a seguir

Suco ou fatias de tomate - o ácido do tomate também tem algum poder descolorante em pelos (mas também pode manchar sua pele caso você receba luz solar onde colocou o tomate) - os pelos mais finos são mais fáceis de descolorirem. Espalhe o tomate em fatias, ou seu suco, no local que quer descolorir e deixe agir entre 5 e 10 minutos. Após esse tempo, lave abundantemente com água e sabão. Hidrate bem sua pele, a seguir. O uso do tomate como descolorante pode ser efetivo após 2 ou 3 aplicações, dependendo da cor de seus pelos.

Naturais mas com precauções

Mesmo quando se usam produtos naturais - limão, laranja, mel, iogurte - temos de saber que a química continua agindo. Ou seja, o processo de descolorir os pelos, no caso, é um processo químico de queimar, ou esgotar a melanina, ou enfraquecer o pêlo por oxirredução (o mesmo processo que mata as células com radicais livres) e que o laboratório, no caso, é nosso corpo. Portanto, tome muito cuidado, mesmo com o uso de descolorantes de origem natural.

Água oxigenada e descolorantes não naturais

A água oxigenada é um dos descolorantes “não naturais” mais usados na descoloração dos pelos do nosso corpo. Tem quem passe água oxigenada é vá para o sol queimar os pelos - é perigoso, claro.

E tem quem use uma mistura de água oxigenada e pó descolorante.

Também tem quem faça um tal de banho da lua - em salão de beleza é menos perigoso.

Cuidados básicos para prevenir problemas (alergias, irritação)

Qualquer desses procedimentos nada mais são do que a química da oxidação dos pelos que, por ficarem oxidados (trocam-se os ions por mais oxigênio), envelhecem e ficam esbranquiçados, amarelados, tal e qual o cabelo das pessoas mais velhas, grisalho. O processo é o mesmo só que é potencializado quimicamente.

Para todos esses procedimentos há sempre um conselho básico fundamental: proteja sua pele antes de passar água oxigenada, com ou sem descolorante.

Segundo os que entendem do assunto, o melhor jeito de se proteger a pele é passando uma generosa camada de parafina líquida para impedir que o corpo absorva os químicos que você vai usar, em casa ou no salão de estética. Mas a parafina, lembrem-se é um derivado do petróleo!

Você também poderá usar, para proteger sua pele, uma boa camada de manteiga de karité ou cupuaçu, que agem como hidratantes naturais.

Porém, antes de entrar de cabeça, pernas ou braços em qualquer dessas experiências, lembre-se de experimentar o produto que escolheu, natural ou não, em um local restrito da sua pele, para prevenir reações alérgicas incômodas.

Especialmente indicado para você:

CAMOMILA: 10 BENEFÍCIOS COMPROVADOS CIENTIFICAMENTE

ÁGUA OXIGENADA: O QUE É, DIVERSOS USOS E COMO FUNCIONA

CAMOMILA: PROPRIEDADES, USOS E CONTRAINDICAÇÕES