© Biofase/Facebook

Caroço de abacate vira plástico biodegradável que se degrada em 240 dias  

As inovações ecológicas e sustentáveis não param. Desta vez temos a invenção genial da produção de talheres (garfos, facas e colheres), canudos, copos e vasilhas, feitos a partir das sementes de abacate.

Esse empreendimento tecnológico e sustentável vem da empresa mexicana Biofase, cujo fundador é Scott Munguía.

As vantagens e os benefícios dessa inovação são diversos:

  • reciclagem do caroço do abacate, um desperdício industrial muito importante no México, grande produtor dessa fruta.
  • por se de origem vegetal, é um produto biodegradável, se degrada em 240 dias
  • é uma matéria-prima abundante no México e que pode ser encontrada com facilidade em outros países
  • redução do lixo orgânico, já que se aproveita o caroço do abacate em vez de jogá-lo fora
  • a produção desse desse bioplástico é mais barata
  • diminuição da poluição e do impacto ambiental no mundo

Combatendo um dos maiores problemas ambientais

O que motivou Scott Munguía a cristalizar sua ideia foi exatamente o combate a um dos principais problemas ambientais do planeta.

Foi desse propósito que surgiu em 2002, a Biofase, empresa dedicada ao desenvolvimento de tecnologia e comercialização de produtos biodegradáveis como alternativa ao lixo mais abundante da Terra: o plástico.

A Biofase, através de uma tecnologia única, produz 900 toneladas de bioplástico por ano, e os exporta para 21 países. Segundo o seu fundador, a empresa está trabalhando para a produção de novos produtos biodegradáveis, como sacolas e outros mais.

Com esse trabalho a Biofase está ajudando as pessoas a entender os prejuízos do impacto de nossas ações no meio ambiente, contribuindo para mudarmos nossas atitudes.

uso abusivo do plástico nas embalagens, sacolas, canudos, talheres, enfim, em tudo tem plástico, está  nos levando a uma verdadeira intoxicação ambiental.

Estamos comendo e respirando plástico e grande parte deste material foi usado só uma vez, quando ele demora séculos para se decompor. Enquanto isso, ele vai contaminando tudo o que vê pela frente. Até nos lugares mais distantes, profundos e remotos do planeta, há plástico.

O uso de materiais ecológicos e sustentáveis é uma das várias coisas que podemos fazer para reduzir o lixo plástico em nosso dia a dia.

Conheça neste vídeo do canal Emprendiendo TV, o fundador da Biofase, mostrando sua empresa e como é a produção de seus produtos biodegradáveis e ecológicos:

Agora é torcer para que essa ideia se amplie e aumente a produção de produtos como estes, feitos a partir da semente de uma fruta.

Talvez te interesse ler também:

Pele vegetal feita de cacto e algodão: adeus ao couro animal

Brasileiro inventa tubo de pasta de dente biodegradável para reduzir o uso do plástico

Aluna brasileira cria embalagem biodegradável para substituir o isopor

Sobre Deise Aur

Avatar
Professora, alfabetizadora, formada em História pela Universidade Santa Cecília, tem o blog A Vida nos fala e escreve para GreenMe desde 2017.

Veja Também

Natal da Economia: 10 ideias para economizar da árvore à ceia

Aquela época em que a gente começa a pensar nos preparativos para o Natal chegou. …