Entenda porque o consumidor prefere empresas com preocupação ambiental

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Os brasileiros estão entre os que mais se preocupam com o consumo consciente e com o posicionamento ambiental das marcas. Anualmente, realiza-se um estudo intitulado Edelman Earned Brand, que mostra perfis de consumo e como eles se relacionam com o bem-estar do planeta. No último ano, a pesquisa mostrou que 69% dos brasileiros boicotam ou optam por uma marca de acordo com seus posicionamentos sociais – a porcentagem subiu 13 pontos em relação ao mesmo estudo no ano anterior.

É a primeira vez que o número de consumidores conscientes é maioria em todas as faixas etárias e de renda, mostrando que esta tendência global chegou de vez ao nosso país. O estudo também mostrou que as pessoas já acham mais importante que a empresa demonstre suas atitudes sustentáveis do que os próprios produtos.

População acredita que empresas têm mais poder de mudança do que governos

Uma das razões que explica porque a população está preferindo as empresas com preocupação ambiental é o número de pessoas que declarou que as empresas têm mais impacto na busca pela sustentabilidade do que os próprios governos: 63%.

Isso demonstra a importância das ações das marcas e como os consumidores depositam nelas boa parte da esperança por um futuro melhor.

Sua empresa é sustentável? Os consumidores estão pesquisando isso

Essa pressão dos clientes já fez com que grandes empresas mudassem seus produtos e embalagens que estavam consolidadas há muitos anos. De acordo com Gabriel Fernandes, editor de tecnologia do REVIEWBOX, as buscas por empresas conscientes na internet não param de subir e, inclusive, é comum encontrar muitas ocorrências nos buscadores com o nome da marca seguido de perguntas como “é sustentável?”, “faz testes em animais?”, “faz a destinação correta dos resíduos?”, entre outras, provando como uma marca com melhores atitudes sociais pode atrair os consumidores e a importância de exibir estes feitos.

Em setembro de 2019, outra pesquisa constatou que a preocupação dos consumidores com o meio ambiente já está impactando a venda de carnes e de produtos com embalagens plásticas, principalmente na Europa. A tendência é que em breve, no Brasil, esse impacto também já seja sentido, tendo em vista o aumento da população vegetariana ou vegana, que já corresponde a 14% no país, de acordo com o IBOPE. Além disso, as grandes campanhas contra as embalagens plásticas também surtirão mais efeito.

Preocupação dos consumidores é uma forma de melhorar o mundo

Esses dados mostram também que o nível da preocupação do consumidor pode atingir novos níveis que ajudarão a melhorar ainda mais a Terra. Se até há pouco tempo, a maioria das campanhas se limitava a reduzir o plástico e criar embalagens recicláveis, hoje em dia, as pessoas estão atentas a diversas outras questões, como a importância do acompanhamento da geração de resíduos, o impacto ambiental de todas as etapas de produção, as fontes de energia usadas e, principalmente, as condições de trabalho e a não exploração da mão-de-obra.

A participação pública em tomadas de decisões que afetam o meio ambiente é um tema cada vez mais discutido no mundo todo. Porém, em muitos locais, esta participação ainda é muito restrita e limitada. Com isso, o consumo consciente se torna uma forma ativa de participação na política ambiental, já que, de certa maneira força as empresas a adotarem atitudes mais sustentáveis.

Talvez te interesse ler também:

Buscas por cosméticos naturais crescem 102%

Reciclagem de tecido existe: conheça as iniciativas e veja como participar

Mundo pós-pandemia: empresários no Reino Unido pedem por economia verde

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
greenMe.com.br é uma revista brasileira online, de informação e opinião Editada também na Itália como greenMe.it
Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Instagram
Siga no Facebook