Segurelha ou Satureja: uma erva aromática fácil de plantar

  • atualizado: 
Satureja

A segurelha vem sendo utilizada há mais de 2000 anos. Já em tempos antigos era usada como tempero por gregos e romanos em várias receitas culinárias.

Seu nome vem do latim Satureja que significa Sátiro e seu significado está associado à lenda que conta que a os Sátiros, personagens da Mitologia Grega, metade homem e metade bode, viviam em florestas que tinham segurelhas e se alimentavam desta erva.

As propriedades afrodisíacas e medicinais desta planta já eram conhecidas pelos povos antigos. Os romanos levaram esta erva para o Norte da Europa, de onde espalhou-se pelo mundo.

Em vários poemas de Virgílio e na literatura de Shakespeare aparece a citação desta erva. Este último a cita em sua obra teatral Conto do Inverno (The Winter's Tale).

Até o século IX, a segurelha não era cultivada, sendo encontrada naturalmente em encostas e colinas de solo calcário e árido.

É provável que os primeiros a cultivá-la foram os romanos, para a produção do tempero.

Os principais tipos de segurelha são a satureja-montana e a satureja-hortensis.

A segurelha é um gênero de planta pertence à Família Botânica das Lamiaceae, da qual fazem parte o tomilho, o hortelã, o alecrim, o orégano, a manjerona e o manjericão, que também são utilizado amplamente como temperos culinários.

Saiba mais sobre a utilizações e benefícios da segurelha, aprenda receitas culinárias com este tempero e saiba como plantar esta erva:

1. História

Os romanos foram os primeiros a utilizar a segurelha e a saber de suas propriedades digestivas e intestinais. Eles levaram esta erva para todo o território do império, até nas regiões que eles não conseguiram ocupar.

Na Idade Média, a segurelha era usada da mesma maneira que era utilizada na Roma Antiga. Os primeiros colonos que vieram e povoaram os Estados Unidos, trouxeram a segurelha para realizar seu cultivo. Neste território ficou conhecida como a "erva do feijão".

Na Alemanha, no período da Segunda Guerra Mundial, a segurelha era usada como substituta do sal e da pimenta. Até hoje, este tempero tem destaque na culinária alemã.

2. As várias espécies de segurelha

As várias espécies do gênero satureja se encontram na região do Mediterrâneo, entretanto é provável que sejam originárias da Ásia Ocidental e Central.

Existem várias espécies de segurelha, tais como:

Satureja montana (segurelha-das-montanhas, segurelha-de-inverno) / Satureja hortensis (segurelha, segurelha-anual, segurelha-das-hortas, segurelha-dos-jardins) / Satureja multiflora / Satureja palmeri / Satureja rumelica / Satureja spicigera / Satureja thymbra / Satureja viminea / Satureja viminea / Satureja vulgaris / Satureja acinos / Satureja alpina / Satureja coerulea / Satureja cuneifolia / Satureja douglasii / Satureja mexican

3. Usos medicinais

A segurelha possui basicamente propriedades antisséptica, digestiva e expectorante.

As propriedades aromáticas e medicinais se devem aos seus componentes e princípios ativos, que contêm entre 1 e 2% de óleo essencial e o isômero como princípio ativo, o mesmo do tomilho.

A espécie africana Satureja bi flora, contém óleo essencial constituído principalmente por citral, o que lhe confere aroma e odor de limão.

Medicinalmente, a segurelha é utilizada nos casos de anginas, bronquite, diarreia, espasmo, estômago, feridas, cólica, amigdalite, indigestão, flatulência e como estimulante de apetite.

OBSERVAÇÃO:

O uso terapêutico e medicinal da segurelha não substitui o acompanhado e diagnóstico do médico.

4. Usos culinários

Desde a Antiguidade, as folhas de segurelha são utilizadas como condimento para receitas de grelhados, molhos e legumes.

Os aroma e o sabor da segurelha se parece com os dos hortelã e o tomilho, com a diferença que é esta era é mais apimentada, amarga e penetrante.

No centro da Europa, a segurelha é usada para temperar tubérculos.

Para a produção desse tempero, os ramos são cortados para secagem antes da floração.

Na Itália se utiliza a segurelha principalmente no preparo de feijões verdes e lentilhas.

A segurelha pode ser usada no preparo do feijão, legumes e sopas.

Esta erva faz parte da composição dos famosos temperos Fines Herbes (Ervas Finas) e Herbes de Provence (Ervas de Provença), que é um tempero francês feito da mistura de várias ervas.

Pode-se utilizar a segurelha fresca, para isso deve-se lavar os galhos em água corrente para remover as impurezas e higienizá-la em solução antisséptica diluída em água por alguns minutos, enxaguar, secar e picar bem as folhas.

Para temperar saladas pode-se aromatizar o vinagre e o azeite com segurelha, colocando dois ramos da erva dentro do frasco que os contêm.

Uma forma de aromatizar o vinagre com segurelha é fervê-lo com esta erva e, depois disso, colocá-lo em um recipiente de vidro, tampar bem e guardá-lo longe da luz, deixando em repouso por duas semanas antes de usá-lo.

5. Receitas Culinárias com Segurelha

5.1. Couve-flor refogada:

Ingredientes:

  • 1 couve-flor grande
  • 1 xícara de pimentão bem picadinho
  • 1/2 xícara de azeitonas pretas picadinhas
  • 1 xícara de tomate sem sementes picado
  • 3 colheres de sopa de coentro bem picado
  • 1 colher de sopa de manjericão fresco picado
  • 1 colher de sopa de salsa picada
  • 1 colher de chá de espinafre seco (opcional)
  • 2 colheres de sopa de segurelha
  • água, sal e 1 pitada de bicarbonato de sódio
  • 4 colheres de sopa de azeite de oliva

Modo de preparo

Coloque uma panela grande com bastante água com 1 colher de sobremesa de sal para ferver.

Quando começar levantar fervura coloque a couve-flor cortada e em seguida adicione 1 colher de café de bicarbonato de sódio.

Após cozinhá-la, escorra a água e reserve.

Esquente levemente o azeite de oliva e refogue nele todos os temperos. E só então acrescente a couve-flor.

Mexa tudo, de forma delicada, usando uma colher de pau.

Prove o tempero e se estiver bem incorporado apague o fogo e sirva.

5.2. Fines Herbes (Ervas Finas)

Ingredientes:

  • 1 colher de sobremesa de manjericão fresco picado ou desidratado
  • 1 colher de sobremesa de orégano fresco picado ou desidratado
  • 1 colher de sobremesa de segurelha fresca picada ou desidratada
  • 3 folhas de louro, em pedacinhos ou 1 colher de sobremesa de Louro em pó
  • 2 pimentas-do-reino inteiras ou 1 colher de sobremesa pimenta-do-reino em pó

Modo de preparo

Se for utilizar os ingredientes frescos, os moa com um moedor de temperos ou no liquidificador.

Caso opte por utilizar os temperos desidratados simplesmente os misture.

Guarde em um vidro bem fechado.

Esta combinação de ervas e temperos é ideal para patês vegetais, brócolis, pesto, gazpacho (sopa fria) e diversas receitas veganas, que temos neste site, de hambúrguer, queijo, omelete ou quiche.

5.3. Batatas Assadas com Segurelha

Ingredientes

  • 5 batatas médias
  • 1/3 xícara de azeite
  • Sal e pimenta moída na hora ou comprada moída
  • 1 colher de sopa de segurelha fresca picada ou desidratada

Modo de preparo

Corte as batatas em fatias grossas.

Adicione os outros ingredientes às batatas e misture tudo.

Coloque tudo em uma assadeira.

Leve ao forno a 180° C, regando de vez em quando com azeite.

Em seguida, tire do forno e decore com 1 galho de segurelha fresca.

6. As Espécies mais conhecidas e suas Características

As espécies mais conhecidas de segurelha são:

6.1. Segurelha-das-Hortas

Conhecida também como segurelha-anual, segurelha-de-verão ou segurelha-dos-jardins. É uma planta anual, que se assemelha à segurelha-das-montanhas.

Descrição

Este tipo de segurela possui flores lilases tubulares, chega a ter de 30 a 60 cm de altura e tem folhas muito finas, cobertas por pelos curtos.

Uso Gastronômico

Em comparação com a segurelha-das-montanhas, esta espécie de segurelha costuma ter mais preferência na culinária, devido à delicadeza de seu aroma.

Seu uso é tradicional na culinária búlgara, sendo utilizada para fazer um tempero conhecido como Sharena Sol (sal colorido) e feito com a mistura da segurelha-das-hortas com sal e páprica.

Usos medicinais

Esta erva possui alto teor de carvacrol, por isso tem propriedades antisséptica e adstringente.

Tem ação digestiva e combate parasitas intestinais, gota, reumatismo, doenças pulmonares.

Age como desinfetante bucal e trata externamente afecções cutâneas.

7. Segurelha-das-Montanhas

A espécie Satureja montana ou Segurelha-das-Montanhas é uma herbácea anual que chega a alcançar de 30-60 cm de altura.

É uma planta de fácil cultivo, se adaptando bem aos vários tipos de clima. Só não se dá bem bem temperaturas extremas, que sejam muito quentes ou muito frias.

O solo ideal para essa planta deve ser bem fértil, permeável, profundo, sem ser excessivamente úmido e que receba boa iluminação solar.

Sua propagação se dá por sementes e estaquia.

A segurelha-das-montanhas, também conhecida como segurela-de-inverno ou satureja-das-montanhas (Satureja montana), com cachos de flores brancas rosadas e folhas lanceoladas.

Esta planta gosta de locais soalheiros (lugar exposto ao Sol).

Os benefícios que a segurelha-das-montanhas traz para a saúde são vários, tais quais: estimula a digestão, combate flatulência e cólicas, trata infecções pulmonares, bronquites e tem propriedade antibacteriana.

8. Como plantar a Segurelha

Pode-se semear as sementes da segurelha diretamente no local definitivo na terra da horta.

Caso seja de forma provisória, realiza-se a semeadura em sementeiras, pequenos vasos ou copinhos feitos de papel jornal.

Para semear as sementes, que são pequenas, deve-se colocá-las na superfície do solo, cobrindo com uma leve camada de terra peneirada ou serragem fina.

Em geral, a germinação das sementes ocorre de 1 a 3 semanas ou um pouco mais de tempo.

As mudas da Segurelha

Surgem de 4 a 7 semanas - após as sementes germinarem - e precisarão de mais espaço. Então é o momento de realizar o transplante delas para um vaso maior, uma jardineira ou canteiro de jardim, para que a planta e sua raiz se desenvolvam em uma área de solo maior.

A segurelha se propaga e se desenvolve bem o ano inteiro, por isso sempre é tempo de cultivar essa preciosidade!

Mãos à massa, ops, mãos à terra!

Talvez te interesse ler também:

CULTIVE ESTAS 7 ERVAS AROMÁTICAS PARA AJUDAR A CRESCER MELHOR OUTRAS PLANTAS

DICAS PARA O CULTIVO DE ERVAS AROMÁTICAS NA VARANDA DE CASA

COMO PLANTAR COENTRO EM CANTEIRO, VASO OU GARRAFA-PET

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!