Como plantar anêmonas no vaso e no jardim

  • atualizado: 
Como plantar anêmonas

A anêmona é uma planta pertencente à família das Ranuncolaceae e encontrada, de forma espontânea, na Europa central e oriental em bosques e prados. É possível cultivar essa planta que dá lindas flores em um vaso, canteiro ou jardim. As belas flores da anêmona podem ser de diversas cores.

Existem mais de cem variedades de anêmonas que dão flores de cores diferentes e florescem em diferentes épocas do ano. Saiba como cultivar essa planta e os cuidados para mantê-la sempre saudável e com flores.

1. Condições necessárias para o cultivo da anêmona

O cultivo da anêmona é simples e caso seja em vasos, haverá a vantagem de poder resguardá-la em caso de muito frio ou geadas, o que poderia prejudicar a planta. Para o plantio em vaso, é necessário escolher um que seja grande o suficiente para o crescimento da planta.

É importante colocar cascalho no fundo do vaso para drenar a água da rega, impedindo que acumule umidade nas raízes, o que poderia fazer mal à planta.

Se for plantada diretamente no solo, a planta se desenvolverá com mais facilidade. Entretanto, durante os meses mais frios, será preciso fazer uma cobertura para a planta com palha e cobrir o solo com folhas.

A anêmona se dá bem em temperaturas amenas, por isso, se ressente com temperatura quente demais e calor intenso.

O ideal é cultivar a anêmona abrigada por uma cobertura ou em local sombreado por árvores.

2. Semeando a anêmona

A propagação da anêmona pode se dar por sementes ou rizomas (caule subterrâneo). 

RIZOMA

anemona rizoma

Se o cultivo da anêmona for através dos rizomas, pode-se colhê-los durante a floração e plantá-los no outono ou na primavera. Os rizomas da anêmona germinam por volta de duas semanas, em temperaturas entre 13 e 18°C.

SEMENTES

anemona sementes

Para plantar anêmona através das sementes, o ideal é que seja na primavera ou no início do verão, enterrando-as em um pequeno vaso com terra, mantendo o solo úmido até a germinação. Quando as sementes virarem mudas, pode-se então transferi-las para um vaso maior ou jardim.

3. O florescimento da anêmona

anemona florescimento

Para um bom desenvolvimento e florescimento da anêmona requer-se solo bem fértil, levemente ácido e rico em minerais, principalmente o potássio. O florescimento da anêmona varia de acordo com a espécie. A maioria das variedades de anêmona floresce na primavera com flores até o outono.

Outras espécies produzem flores no início do outono e permanecem floridas até a primavera. As flores de anêmona possuem de 5-7 sépalas (cálice da flor), cuja cor e tamanho podem variar dependendo do tipo da espécie cultivada.

4. Poda da anêmona

A anêmona tem um crescimento moderado, por isso não há necessidade de poda regular. No final da floração, a parte aérea da planta seca pode ser podada. Novas folhas serão geradas, ocorrendo o reinício vegetativo, a partir das partes subterrâneas da planta.

5. Toxicidade da anêmona

A anêmona possui toxidade, por isso é necessário ter cuidado para que crianças e animais não tenham contato com esta planta. O sumo da planta causa dermatite de contato dando irritação e formação de bolhas na pele.

A ingestão do sumo desta planta causa irritação das membranas das mucosas e, em altas doses, causa danos aos rins e ao trato urinário.

E recomendável manter esta planta longe de crianças ou animais de estimação, como cães e gatos.

6. Anêmona e suas diversas cores

anemona cores

Apesar da aparência delicada, a anêmona é plantas perene, que poderá permanecer por muito tempo embelezando o jardim e ainda colori-lo com as diversas variedades de anêmonas que possuem flores azuis, brancas, rosas, violetas, vermelhas e amarelas!

Talvez te interesse ler também:

ORQUÍDEAS - 14 DAS MAIS BELAS VARIEDADES

COMO FAZER MUDAS DE GABIROBA

COMO PLANTAR COENTRO EM CANTEIRO, VASO OU GARRAFA-PET

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!