Como plantar jiló para aqueles que não têm um polegar verde

  • atualizado: 
como plantar jiló

Depois de aprender sobre os benefícios e os malefícios do jiló, entendemos ser bastante útil aprender como plantá-lo em sua própria horta ou quintal e, por que não, em um vaso?! Sim! Isso é possível!

Por isso separamos algumas informações e um vídeo que ensinam a maneira correta, bem como os cuidados necessários para que a plantação de jiló seja bem sucedida. Antes de aprender a plantar o jiló, é necessário saber conhecer sobre o clima, tipo de solo e melhor época do ano para plantá-lo.

Neste artigo vamos abordar:

1. Jiló

O jiló (Solanum gilo) é uma planta anual pertencente à família das solanáceas (Solanaceae). No Brasil as plantações de jiló concentram-se em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, sendo este último o maior produtor, correspondendo a 32% da produção nacional.

2. Variedades do jiló

Segundo informações dos produtores deste fruto, o jiló é dividido de acordo com as seguintes variedades:

  • Morro grande e rei do verde: frutos redondos e coloração verde-clara
  • Morro grande: frutos de formato globulares e coloração verde-escura
  • Comprido verde-claro e Tinguá: frutos alongados, coloração verde-clara e resistência à doenças como antracnose e à murcho-bacteriana

3.  

4. Clima e época para plantio

Se quiser ter sucesso no plantio do jiló, a melhor época a escolher é entre os meses de setembro a fevereiro. Isso porque ele é sensível ao frio e é característico de climas quentes.

No entanto se desejar plantar fora dessa época, escolha regiões que tenham o clima mais ameno no inverno e com baixa altitude.

5. Tipo de solo e preparo

Segundo especialistas, o jiló é menos exigente com relação aos nutrientes. Isso porque ele é uma planta mais rústica em comparação às outras da mesma espécie de solanáceas. Tanto que seu desenvolvimento ocorre bem em solos de textura areno-argilosa, embora consiga se desenvolver em diversos tipos de solo.

Indica-se também que o cultivo seja feito em solos bem drenados, mas deve-se ter cuidado com o excesso de água. Além disso, produtores mais experientes trabalham com a análise do P.H. do solo, bem como o tipo de adubo que será utilizado, o qual pode ser orgânico, químico ou de cobertura.

Plantio e Semeadura

O plantio do jiló pode ser realizado por dois métodos diferentes:

  • Plantio em sementeiras, que são transplantadas para o solo posteriormente;
  • Formação de mudas que podem ser feitas de modo tradicional em canteiros, ou em forminhas de isopor, ou adquiridas com produtores para serem transplantadas em hortas, jardins ou vasos.

O transplante das mudas só pode ser feito quando elas tiverem de 4 a 6 folhas definitivas, selecionando-se as mudas mais saudáveis, as quais deverão ser transplantadas para covas de 25 x 25 cm, com 15 cm de profundidade, sendo esta maior do que a que estavam antes de brotarem.

6. Cultivo e irrigação

O cultivo do jiló pode ser realizado da maneira convencional, ou seja, manejo padronizado baseado em recomendações técnicas para a cultura, como preparo e correção do solo, sementes, irrigação, tratos culturais e colheita.

Existe também uma outra forma de cultivo protegido, o qual é realizado em casas de vegetação ou túneis, num ambiente com o clima adaptado para controlar o desenvolvimento das plantas.

Quanto à irrigação, sugere-se que esta seja feita somente no período de seca, ou seja, entre o outono e o inverno, caso seja necessário. Esta pode ser feita por três métodos: gotejamento, infiltração ou aspersão.

7. Colheita

A colheita do jiló deve ser feita quando os frutos ainda estiverem imaturos, pois os maduros não são indicados para o consumo. O prazo para a colheita varia entre 80 a 100 dias após a semeadura, podendo se estender um pouco mais em alguns casos.

A forma como são colhidos os frutos é manual, respeitando-se alguns critérios de escolha, como: ausência de lesões, boa aparência e aspecto, limpeza e higiene, e ausência de manchas.

8. Como plantar jiló em vaso (vídeo)

Agora que aprendemos tudo o que é necessário para plantar jiló, podemos arriscar plantar jiló em vaso! Que tal? Separamos um vídeo que mostra o passo a passo e tudo o que é necessário para ter este fruto em sua casa! Assista o vídeo abaixo e confira:

Talvez te interesse ler também:

COMO PLANTAR COENTRO EM CANTEIRO, VASO OU GARRAFA-PET

COMO PLANTAR CAJU EM VASO? DICAS DE QUEM CULTIVA

COMO PLANTAR CÚRCUMA, O AÇAFRÃO-DA-TERRA

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!