Maxixe: como plantar?

  • atualizado: 
maxixe

Em nosso mais recente artigo aprendemos várias opções de receitas de maxixe e também como aproveitar melhor a versatilidade nutritiva deste vegetal. Agora nós vamos aprender como plantar e você verá como é simples ter uma plantação de maxixe até mesmo em um vaso ou em uma mini horta!

Dicas gerais

Antes de tudo, vale lembrar que o maxixe, por ser um vegetal de origem africana e ser mais cultivado no Norte e Nordeste do Brasil, desenvolve-se bem em países de clima tropical.

Seus ramos crescem até 3 metros e, além do clima tropical, existem outras características que precisam ser exploradas para que se tenha sucesso em sua produção:

  • Clima - Quente e úmido com temperaturas entre 20 a 27ºC.
  • Luminosidade - Alta, luz solar direta nas primeiras horas do dia.
  • Solo - Leve, rico em matéria orgânica, com pH entre 5 e 6,5.
  • Irrigação - Úmido mas não encharcado.
  • Plantio - Normalmente em hortas com 30 cm de covas, onde a terra retirada deve ser adubada com esterco, húmus de minhoca, composto orgânico ou adubo químico. Deve-se irrigar a terra e colocar de 2 a 3 sementes a 2 cm de profundidade, das quais cada uma (ou duas) deverá ser transferida para sua própria cova ao atingirem 10 cm de altura. É possível plantar também em vasos, sacos para mudas, copos de papel e outros. As mudas são transplantadas quando estão com 4 a 5 folhas e deve-se deixar um espaçamento de 2 a 3 metros entre as fileiras e 1 metro entre as mudas.
  • Tratos culturais - Planta rasteira podendo ser cultivada em cercas ou treliças. Possui flores masculinas e femininas que são polinizadas tanto por abelhas quanto manualmente com um pincel de cerdas macias.
  • Colheita - A colheita é feita entre 50 a 80 dias do plantio, dependendo das condições, indicando-se que a colheita do fruto para consumo seja feito antes do desenvolvimento das sementes (verdes). O tamanho ideal para colheita varia de 3 a 7 cm de comprimento.

Agora que aprendemos um pouco mais sobre as características “técnicas” do maxixe, vamos ver na prática algumas opções de cultivo tanto para quem tem espaço, quanto para quem mora em apartamentos ou lugares pequenos.

Como plantar maxixe no vaso?

No vídeo a seguir, Isaac ensina as três etapas do cultivo do maxixe: germinação, transplante e colheita. No final ele ainda prepara uma salada com o que conseguiu cultivar da sua própria mini horta de maxixe no vaso... Um sonho!

Para todo o processo, ele precisou de:

  • um vaso de porte médio;
  • sementes do próprio fruto ou de pacote;
  • terra vegetal ou terra preta;
  • adubos, húmus e esterco.

No caso ele explica que, se você optar por utilizar as sementes do próprio fruto, é necessário pegar do fruto amarelo (maduro), que terá as sementes apropriadas para o plantio. Serão necessárias de 3 a 4 sementes apenas, que deverão ser limpas e deixadas ao Sol para secar. Com as sementes compradas que vem no pacote não é necessário esse passo.

Depois, Isaac explica que é possível plantar direto no vaso ou fazer a germinação primeiro para poder escolher a melhor muda, e é isso o que ele faz. Em um copinho de plástico (copinho de café) ele coloca a terra vegetal ou preta até um pouco mais da metade. Depois ele coloca as sementes espalhadas, completa com o restante da terra até cobrir e rega com água.O período de germinação é de 7 a 21 dias e para que isto ocorra é necessário deixar tomando Sol pela manhã.

Passado esse período, ele fará a seleção da melhor muda, cortando os galhinhos das que serão descartadas. Com a que sobrou ele desenforma o torrão de terra do copinho e transfere para um vaso médio que já está preenchido com 50% de terra vegetal ou preta, 25% de esterco e 25% de húmus, até um pouco mais que a metade. Isaac rega a terra do vaso, coloca um pouco mais de terra até preencher o vaso com a mesma proporção de terra, esterco e húmus, depois faz uma cova para fixar o torrão com a muda e ajeita a terra para deixá-la firme.

Em seguida ele rega bastante e passa algumas orientações importantes para cuidar da plantação de maxixe:

  • Deixar em local iluminado com incidência de Sol direta para que consiga absorver no mínimo de 4 a 6 horas de luz solar por dia, preferencialmente no período da manhã;
  • Adubar de 20 em 20 dias com terra preparada, húmus e esterco;
  • Colocar farinha de ossos (fertilizante orgânico).

Depois de tudo isso, após 70 a 80 dias é possível iniciar a colheita. Isaac diz que prefere os maxixes mais maduros (amarelos), mas normalmente vemos para comércio os de cor verde, menos maduros, com mais cravinhos e menos sementes. No próximo tópico, após o vídeo do Isaac, veremos uma explicação sobre o maxixe maduro (amarelo).

Vejam agora a explicação de Isaac para aprender a plantar maxixe no vaso:

Como fazer a semente a partir do maxixe amarelo?

No vídeo a seguir, Susi mostra uma horta de maxixe direto no chão, explicando sobre o tamanho que ela considera ideal para a colheita (quanto menor, melhor, pois não tem sementes e não fica amargo). Por isso, o maxixe amarelo deve ser utilizado apenas para retirar as sementes que serão utilizadas para a plantação.

Segundo Susi, as sementes devem ser colocadas no Sol, deixando secar por 3 dias no máximo ou até que fiquem totalmente secas. Depois ela orienta que pode plantar um punhado de 3 em 3 sementes colocando terra por cima, mas no caso dela que tem a horta direto no chão, não é necessário mais fazer esse processo, pois ocorre a distribuição naturalmente, o ano todo.

Veja o vídeo de Susi para ter mais detalhes do processo:

E você? Gosta de maxixe? Verde ou amarelo? Se você gosta de maxixe e quer ter sua própria plantação, experimente essas dicas e desfrute de uma alimentação saborosa, nutritiva e o melhor de tudo: orgânica! E experimente algumas receitas de maxixe.

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!