Como plantar feijão - É possível sim plantar feijão em casa

  • atualizado: 
plantar feijão

Quando a gente pensa em cultivo de feijão imagina um campo grande, cheio de pés que será preciso colher antes das chuvas. Ou, um saco de feijão já colhido e seco. Nada disso, no entanto, está ao alcance de quem vive na cidade, claro mas, é possível plantar feijão em pequena escala. Vejamos como.

Feijões e feijões

As plantas que nós chamamos de feijão são de diversas espécies - são plantas da família Fabaceae e dos gêneros Phaseolus (os feijões comuns, do branco ao preto, vermelhos, rosados e rajados), Vigna (por exemplo, feijão-de-corda ou fradinho, ou o feijão-arroz que é de fácil cultivo) ou ainda o feijão guandu, arbustivo e perene muito difundido no Brasil tanto como forrageira como na alimentação.

Todo feijão, se ainda estiver vivo e saudável, brotará em ambiente úmido - basta você se lembrar de como as crianças fazem a experiência do feijão que brota em algodão, certo? Então, cultivar um ou mais pés de feijão não é uma tarefa impossível na cidade.

Toda planta de feijão terá este aspecto aqui:

planta de feijao

Que feijão você vai plantar?

Mas, dependendo da variedade de feijão que você escolheu plantar, precisará de mais ou menos espaço e, claro, cada uma das variedades tem um tempo “seu” de germinação, brote, crescimento e frutificação.

Exceto o feijão guandu, que é uma planta perene e que cresce ereta, os outros feijões são rasteiros, precisando de tutor para subir e, ao cabo da frutificação e amadurecimento das vagens, secam e você deverá replantar.

plantar feijao

Fonte foto

E você poderá plantar seus pés de feijão (menos o guandu) em garrafas pet cortadas e penduradas, ou em prateleiras fazendo uma “parede verde”, ou em vasos com estacas de bambu para servirem de tutores.

Os feijões plantados em garrafas pet, uma planta por recipiente, pendurados, não precisarão de tutores e nem de amarração. As plantas ficarão pendentes e a colheita se fará quando estas secarem.

O importante é manter a terra sempre bem adubada especialmente com adubos que deem o nitrogênio necessário à planta. Os feijões não requerem muita adubação mas, sentem falta de nitrogênio, fósforo e potássio. O nitrogênio você terá de plantar uma batata junto - os tubérculos criam bactérias que favorecem a liberação deste nutriente no solo. O fósforo poderá vir de cinzas da madeira, por exemplo. e o potássio, de cascas de banana. A adubação deverá ser feita até o florescimento dos feijoeiros.

plantar feijao 3

Foto - Feijão guandú

Quanto ao regime de regas - mantenha seus pés de feijão em terra úmida, sem encharcamento até o enchimento das vagens. O período de amadurecimento não requer muita água e, no final deste tempo, na verdade, quanto menos umidade será melhor.

O feijão guandu será melhor sucedido se plantado no chão, diretamente, em um local ensolarado que permita o crescimento do arbusto - além do mais esta planta é ornamental com suas flores amarelinhas, muito bonitas.

Dê uma vista de olhos neste vídeo abaixo, que traz umas boas dicas, também:

Leia mais sobre feijões:

setaFEIJÃO: TIPOS, BENEFÍCIOS E CALORIAS

setaAS 5 LEGUMINOSAS MAIS SAUDÁVEIS DO PLANETA

setaDEIXAR GRÃOS E SEMENTES DE MOLHO: PRÓS E CONTRAS