Dicas para o cultivo de ervas aromáticas na varanda de casa

cultivo de ervas aromáticas na varanda de casa

Mesmo quem não tem um jardim ou um pedaço de terra, pode fazer sua própria horta na pequena varanda de casa.

Começar por cultivar ervas aromáticas é certeza de trazer economia e saúde para o seu lar, além de um gostoso perfume e um colorido verde para seus pratos!

Do que você precisa?

De uma varanda ou um terraço onde bata sol; vasos de pelo menos 20 cm de diâmetro ou caixas (de barro ou plástico). As mudas podem ser compradas (neste caso, apenas passe-as para os recipientes maiores); ou você pode plantar as sementes. Os vasos devem ser preparados com argila ou cascalho no fundo; a terra deve ser leve e de fácil drenagem.

Regue regularmente, todos os dias, evitando a formação de água estagnada. Isto deve ser feito no início do dia ou no crepúsculo. Evitar absolutamente regar nas horas de sol mais forte.

Fertilize regularmente, a cada mês, durante o período vegetativo (use um fertilizante completo com nitrogênio, fósforo e potássio). Adicione uma colher de chá de cal a cada ano, porque a maioria das ervas não suporta a acidez.

Mais de uma planta podem ser colocadas em um mesmo vaso, a única ressalva é a de considerar as diferentes necessidades de água. Por exemplo, você pode unir tomilho e alecrim; ou manjericão, erva-cidreira e manjerona. A hortelã, que requer mais água, tem as mesmas necessidades do cerefólio e do estragão.

Em geral, plantas aromáticas gostam da exposição solar, menos no verão, quando o sol é muito forte. Então, nessa época é melhor mantê-las na sombra parcial (pelo menos ao meio dia).

erbe aromatiche

Manjericão

(ama a luz do sol, mas sofre com o grande calor) tem propriedades digestiva, antiespasmódica e anti-séptica. Pode ser usado em preparações para banhos e purificadores de ar como um revigorante. É também relaxante, e usado ​​contra o estresse.

Salsa

(gosta de penumbra e solo úmido): rica em vitamina C, A, cálcio, ferro, diurética e depurativa; o seu alto teor de vitamina C tem um função antiastênica, restauradora das forças do organismo, aumentando o tônus muscular e a resistência à fadiga.

Alecrim

(adora o sol e prefere ficar encostado a uma parede): ajuda na digestão, estimula o apetite e a secreção gástrica. Acalma a tosse e é útil no tratamento de reumatismo. É usado contra dores musculares e articulares, distúrbios circulatórios e em banhos para tonificação e hidratação.

Cebolinha

(prefere sombra, mas cresce também ao sol): contém vitamina C e fósforo. Tem notáveis propriedades depurativas e diuréticas.

E mãos à obra para se beneficiar de todas estas propriedades!

Leia também:

setaCOMO FAZER UM JARDIM EM CASA?

setaQUAIS SÃO AS FERRAMENTAS BÁSICAS E ÚTEIS PARA A JARDINAGEM?