Leites vegetais: qual é o melhor do ponto de vista nutricional?

  • atualizado: 
leites vegetais

Quem não bebe leite de vaca ou de outros animais, mas usa no café da manhã ou merenda os chamados "leites vegetais", ou seja, as bebidas que imitam e substituem o leite de origem animal, geralmente se orienta na escolha das tantas opções existentes, considerando principalmente o sabor. Mas hoje veremos o que revela uma pesquisa sobre a questão nutricional destas bebidas alternativas ao leite.

Algumas pessoas preferem o "leite" de soja, outras, o de amêndoas, o de coco ou o de arroz. E, para nos ajudar na escolha, uma pesquisa analisou qual seria a melhor alternativa a escolher, considerando os nutrientes contidos nestas bebidas.

As bebidas vegetais são muitas vezes comercializadas como alternativas saudáveis ​​ao leite de vaca. Para descobrir se isso é mesmo verdade, uma equipe de pesquisa da Universidade McGill no Canadá examinou os rótulos nutricionais de várias bebidas não adoçadas, feitas de amêndoas, soja, arroz e coco, que são facilmente encontrados nos supermercados de vários países.

O que os pesquisadores notaram é até mesmo essas bebidas têm algumas desvantagens. A comparação dos perfis nutricionais das 4 alternativas mais populares ao leite comum, mostrou que aqueles com feitos de amêndoas, arroz e coco não possuíam uma série de nutrientes importantes para a nossa saúde.

A equipe canadense ainda acredita que o leite de vaca é a fonte mais completa e equilibrada de proteínas, gorduras e carboidratos, mas que conselho dar para aqueles que precisam de uma alternativa porque não podem ou porque não querem consumir alimentos de origem animal?

As 4 bebidas vegetais comparadas: leite de soja, leite de amêndoas, leite de arroz e leite de coco

O "leite" de soja mostrou conter o maior teor de proteína do que os outros, contendo de 7-12 gramas por porção. Os especialistas também apontam que esta alternativa contém fitonutrientes conhecidos como isoflavonas, que demonstraram possuir propriedades anticancerígenas. No entanto, esta bebida não é perfeita: algumas pessoas reclamam do seu sabor que se assemelha ao dos feijões e os autores do estudo expressam a preocupação com a presença de substâncias "anti-nutrientes" naturalmente presentes na soja, como o ácido fítico, que pode dificultar o trabalho do organismo em absorver e digerir vitaminas e minerais importantes. Sem falar na questão OGM (prefira sempre a bebida feita de soja orgânica).

O leite de amêndoas, por outro lado, é baixo em calorias (cerca de 36 por porção) e rico em ácidos graxos monoinsaturados que são benéficos para a saúde uma vez que também demonstraram reduzir o colesterol LDL (denominado ruim). Mas o leite de amêndoas é pobre em proteínas e carboidratos e, portanto, nutricionalmente menos equilibrado que o leite de vaca ou a bebida de soja.

Tabela nutricional comparativa das bebidas vegetais

leites vegetais comparacao

O leite de coco, por sua vez, não fornece proteínas. Embora contenha poucas calorias, a maior parte da sua energia vem de gorduras saturadas. Pelo lado positivo, o relatório afirma que beber esse tipo de bebida tem sido associado ao aumento do colesterol HDL (bom) e à redução do colesterol LDL (ruim).

A bebida de arroz é rica em calorias (cerca de 130 por porção) e relativamente baixa em nutrientes benéficos.

Gráfico comparativos da bebidas vegetais:

leites vegetais tabela

Foto: mcgill.ca

Os resultados do estudo foram publicados no Journal of Food Science and Technology.