Bok choy, a acelga chinesa. Benefícios, receitas, onde comprar e como plantar

  • atualizado: 
bok choy

Bok choy, parece nome de companhia de ballet russo, mas na verdade trata-se de uma acelga chinesa muito saborosa e crocante! Pena que os portadores de problemas na tireóide não podem se beneficiar muito com o consumo dela, mas como dizem: “um pouquinho só não faz mal a ninguém”! (Difícil é comer só um pouquinho…)

Nesse artigo vamos falar mais sobre esse vegetal bastante saboroso, nutritivo e completo no quesito vitaminas e minerais. O Bok Choy possui, além de vitaminas, substâncias antioxidantes que previnem o câncer e ajuda a combater os radicais livres.

Por isso, vamos aprender também algumas receitas bem simples e também como plantar, para termos em nossa própria casa. Mas antes, vamos explicar um pouco mais sobre origem e variedades dessa planta.

 

1. Do que se trata?

Bok Choy ou couve da China, é um vegetal da família do repolho, tem origem ocidental e é muito usado na culinária oriental. Devido à sua variedade, em cada região tem um nome diferente e é dividido em duas subespécies:

  • Brassica rapa pekinensis - tem formato de repolho, folhas largas, cor clara e folhas verdes escuras na ponta. É conhecida por “napa” (palavra japonesa), couve-aipo, acelga-chinesa, repolho-chinês, “nappa cabbage”, “celery cabbage” (inglês) e pe-tsai. 
  • Brassica rapa chinensis - apresentam folhas separadas, verdes escuras e normalmente é chamada de pak-choi, bok-choi, tsoi sum, “chinese mustard”, “chinsensai” (japonês) ou “celery mustard”.
 

2. Benefícios do Bok Choy

O Bok Choy é rico em nutrientes, vitaminas e minerais, tem baixa caloria e antioxidantes que conferem muitos benefícios para a saúde. Dentre eles podemos relacionar:

2.1. Anti-inflamatório

Os antioxidantes, ácidos graxos e ômega 3 aliados à vitamina K e aos fitonutrientes contidos na acelga chinesa ajudam na prevenção e tratamento de inflamações crônicas. 

2.2. Antioxidante

Possui vitaminas A, C, manganês, zinco, fitonutrientes e flavonóides que são considerados substâncias antioxidantes. Possui também alguns ácidos fenólicos como quercetina, kaempferol e isoramnetina que combatem os radicais livres. 

2.3. Prevenção do câncer

Parente do repolho e demais vegetais crucíferos, a acelga chinesa possui as mesma substâncias anticancerígenas que protegem as células de mutações e danos celulares. Tanto que o seu consumo é fortemente recomendado para evitar o surgimento de câncer de próstata, cólon, pulmão e mamas.

2.4. Saúde do sistema cardíaco

Cálcio, magnésio e potássio em conjunto ajudam a diminuir a pressão arterial de forma natural. Além desses nutrientes, a acelga chinesa contém vitamina B6 e folato que previnem o acúmulo de homocisteína, causadora de problemas cardiovasculares.

2.5. Fortalece o sistema imunológico

Além da quantidade abundante de vitamina C, a acelga chinesa também é rica em selênio que estimula a produção de substâncias que impedem a formação de infecções.

2.6. Saúde dos olhos

Devido à presença de vitamina A e betacaroteno, a acelga chinesa também é indicada na prevenção de diversos problemas oculares. >

2.7. Saúde dos ossos

Dentre as vitaminas contidas na acelga chinesa, a vitamina K é a principal no combate à fratura dos ossos, pois ela é responsável pela absorção do cálcio ingerido na alimentação. 

2.8. Saúde da pele

Além da vitamina C que ajuda a produzir o colágeno essencial para a firmeza e beleza da pele, a acelga chinesa também possui substâncias antibacterianas que ajudam a combater eczema e acnes. 

2.9. Gravidez saudável

O folato é uma substância importante no desenvolvimento no bebê e para a saúde da mãe. Por isso o consumo de acelga chinesa, bem como de os outros vegetais com folhagem verde escura, é importante para a saúde da mãe e do bebê.

3. Receitas com Bok Choy

Agora que já vimos todos os benefícios que a acelga chinesa pode nos fornecer, vamos aprender a prepará-la? Para isso separamos dois vídeos com o passo a passo de quem conhece do assunto!

Em ambos, o Bok Choy é preparado de forma refogada, com poucos ingredientes adicionais. No primeiro vídeo o rapaz acrescenta gergelim torrado, o que torna o prato ainda mais nutritivo, saboroso e crocante.

No segundo vídeo, o Bok Choy é preparado com alho e pimenta refogados, mas mantém a sua crocância original, pois é preparado com as folhas inteiras. Diferente do primeiro vídeo em que a acelga chinesa é picada e refogada na frigideira.

Acompanhem os vídeos e escolham sua receita:

4. Onde comprar

Disponível em feiras livres e mercados municipais, principalmente nos que são especializados em produtos orientais, a acelga chinesa também é facilmente encontrada em sites de produtos orgânicos e feirinhas virtuais.

Basta fazer uma pesquisa para comparar os preços:

 

5. Como plantar bok choy

Para quem tem espaço, disponibilidade e ama ter uma hortinha em sua própria casa, também é possível e bem simples plantar a acelga chinesa.

Vejam as dicas no vídeo “Como plantar couve chinesa” com dicas úteis para aproveitar melhor as mudas, como transplantá-las, o que colocar na terra e muito mais!

6. Contraindicação

Especialistas em nutrição e no tratamento da tireoide indicam que o consumo de vegetais crucíferos, assim como a acelga chinesa, dentre outro alimentos, devem ser evitados ou consumidos em quantidades menores. Porém, o consumo da acelga chinesa não é proibido nestes casos. A orientação é para nunca comê-los crus e limitar o consumo a no máximo três vezes por semana.

Esperamos que tenham gostado das dicas e incrementem a refeição com mais este vegetal cheio de vida!

Talvez te interesse ler também:

setaSHOYU – DE QUE É FEITO? COMO USAR? FAZ MAL?

setaMISSÔ – BENEFÍCIOS, DICAS E RECEITAS

setaSHIMEJI – RECEITAS FÁCEIS PARA PROVAR!

setaRECEITAS DE TEMPURÁ DE LEGUMES PARA TODOS OS GOSTOS!

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!