Maxixe tem alguma RELAÇÃO COM DIABETES? Faz bem? Como usar?

  • atualizado: 
maxixe

O maxixe, hortaliça muito popular no nordeste brasileiro, veio da África e seu nome científico é Cucumis anguria. Esta é uma planta rasteira que se dá muito bem no nosso clima - seus frutos e folhas são comestíveis e nutritivos, ricos em zinco. Maxixe se come cru, em suco ou cozido. Veja as melhores maneiras e para que serve.

Como se usa o maxixe na culinária do dia a dia

No nordeste e norte, principalmente na culinária popular, o maxixe é comum em ensopados, moquecas, refogados, saladas e até recheados. As folhas podem ser consumidas em qualquer época porém, as mais novas são, obviamente, mais tenras e saborosas.

As folhas do maxixe se parecem, em sabor, ao espinafre comum e deixam na boca ligeiro ardor que pode ser eliminado quando cozidas ao vapor ou refogadas e, em seguida usadas em saladas ou recheios diversos (tortas, quiches, pastel). Também podem ser adicionadas a sopas ou caldos. Substituem muito bem as folhas de couve nos sucos verdes que, aliás, é a melhor maneira de consumi-las se você busca melhorar seu sistema imunológico.

As riquezas do maxixe

O maxixe é uma hortaliça campeã de zinco - mineral super importante para o bom funcionamento dos tecidos e do metabolismo, principalmente no que se refere ao açúcar e às proteínas.

O zinco também é muito valioso na prevenção dos problemas de próstata, colesterol e na melhoria da capacidade de cicatrização da pele. Para aproveitar o zinco do maxixe prefira ingerí-lo cru, em saladas ou suco. O maxixe cortadinho em rodelas, com tomate, cebola e um fio de azeite é uma salada refrescante e saborosa e, para os sucos, experimente juntar maçã, cenoura e maxixe ou salsão, laranja e maxixe, umas folhinhas de hortelã - bata tudo no liquidificador ou passe na centrífuga e tome de imediato.

Maxixe é fonte de cálcio e magnésio - esses dois minerais são fundamentais para a manutenção da saúde dos ossos e não só. Na verdade, o magnésio, em equilíbrio com o cálcio, é fundamental para a preservação da saúde cardiovascular e venosa, também.

O cálcio do maxixe

O cálcio do maxixe também é essencial para quem faz exercícios pois, sem uma quantidade de cálcio adequadas os músculos não conseguem se contrair - são os íons cálcio que regulam o relaxamento e a contração muscular: quando há íons disponíveis o músculo se contrai e quando há ausência deles o músculo relaxa.

O ferro no maxixe

O ferro no maxixe - maxixe é tão rico em ferro quanto outras verduras folhosas famosas, espinafre e couve. Use-o temperado com limão, ou tome-o junto um copo de laranjada pois, o ácido cítrico é fundamental para a boa absorção do ferro dos alimentos. Coma maxixe especialmente se você sofre de anemia.

O fósforo no maxixe

Maxixe é rico em fósforo - este mineral é fundamental para diversas funções orgânicas relacionadas com a nossa energia, o metabolismo dos carboidratos, a formação de ossos, dentes e a saúde das membranas celulares.

Betacaroteno (pró-vitamina A) - E mais sódio, magnésio, vitamina C, vitaminas do complexo B.

O maxixe e o controle da diabetes

O maxixe é um dos vegetais mais indicados, na medicina popular, para controle de diabetes Especificamente, recomenda-se a ingestão do seu suco cru, em jejum, misturado ou não com outros vegetais que lhe complementam a ação.

O suco puro de maxixe - maxixe e água - tem sido comprovado com efetivo para ação antiglicemiante pelo menos por um estudo científico.

No entanto, poucos estudos específicos existem até o momento. Porém, é certo de que o maxixe confere saciedade e ajuda a emagrecer quando incluído em dietas para redução de peso ação que já complementa muito adequadamente qualquer dieta hipoglicemiante.

Maxixe e sua saúde

O consumo regular de maxixe pode te ajudar em casos de

● diabetes

● colesterol

● próstata

● cicatrização

● problemas renais

● problemas intestinais

● hemorróidas

● verminoses

Receitas com maxixe

Suco de maxixe

* Raspe o maxixe para tirar a pele superficial e corte-o ao meio. Junte um copo de água e bata no liquidificador até conseguir dissolver todos os pedaços. Coe e tome em seguida.

* Se preferir, não coe o suco e aproveite também das fibras e nutrientes que estão na massa, aumentando sua saciedade.

* Tome o suco de maxixe até duas vezes ao dia - em jejum e antes de dormir.

Refogado de maxixe

O refogado de maxixe é um clássico que serve de acompanhamento a qualquer refeição quente.

Ingredientes:

* 12 maxixes

* 1 cebola roxa pequena e bem picadinha

* Sal a gosto

* Pimenta malagueta a gosto

* 2 dentes de alho pisados

* Tempero verde a gosto

* Azeite para refogar

Modo de preparo

Lave bem o maxixe, raspe a casca retirando as pontinhas, corte em pedacinhos e reserve. Refogue cebola e alho, junte a pimenta cortadinha e o maxixe, continue refogando em fogo médio por mais 15 minutos.

Não deixe secar o refogado e, se for preciso, acrescente um pouco de água quente. No final, junte o sal e o tempero verde, a gosto.

Portanto, consuma maxixe pois esta é uma hortaliça que vai te fazer bem.

Especialmente indicado para você:

setaDIABETES: 10 SINTOMAS INICIAIS BASTANTE COMUNS

setaDIABETES: QUAL É A MELHOR MANEIRA DE COZINHAR ALIMENTOS?

setaCOUVE: O VEGETAL MAIS NUTRITIVO DO MUNDO. VEJA PORQUE!