Tomate: uma pílula a base de licopeno para prevenir ataques cardíacos e derrames

Tomate

Vários estudos científicos têm destacado as propriedades benéficas do licopeno, uma substância antioxidante presente principalmente no tomate. A novidade sobre este princípio ativo vem agora da Universidade de Cambridge, onde foi fabricada (e ainda está em fase de testes), uma pílula de licopeno que poderia eventualmente ser usada para prevenir ataques cardíacos e derrames.

Mais uma vez uma substância natural mostrou-se capaz de intervir, principalmente na fase inicial, na ocorrência de doenças perigosas, como aquelas que afetam o sistema cardiovascular. O comprimido, pelo menos inicialmente, não vai substituir os fármacos mais tradicionais, mas será utilizado como terapia de apoio para aumentar seus efeitos.

Os pesquisadores britânicos, que viram os resultados de seu estudo publicado na Plos One, avaliaram os efeitos da pílula de licopeno em um grupo de 72 adultos, metade dos quais sofriam de doença cardíaca. Antes de iniciar a pesquisa foram coletados em cada participante, os parâmetros mais importantes relacionados com a saúde do coração tais como, os níveis de gordura no sangue, o fluxo do sangue, a pressão, a eventual presença de rigidez arterial, etc.

Em seguida, começou-se o tratamento com 1 pílula de licopeno ao dia (com 7 miligramas do princípio ativo) durante dois meses. Metade dos voluntários tomaram a pílula verdadeira enquanto a outra tomou um placebo.

Assim, os pesquisadores puderam evidenciar como a nova pílula é capaz de melhorar alguns parâmetros indicativos do bom funcionamento dos vasos sanguíneos, diminuindo assim a possibilidade de desenvolver problemas.

O grupo de participantes que tinham tomado a pílula, ao contrário dos que não tomaram, tinha melhorado em 53% dos casos o fluxo do sangue para o antebraço. Já os outros parâmetros porém, não mudaram.

Resultados promissores, mas, como apontado pelos mesmos pesquisadores, novos estudos serão necessários para entender se esta pílula, pode mesmo ser útil para tratar de problemas cardiovasculares em pessoas que correm maior risco.

Enquanto isso, quem adora tomate, vai aproveitando todo o licopeno à sua disposição.

Leia também: Tomates orgânicos são mais ricos em licopeno e vitamina C