Colite: o que comer? A lista de alimentos recomendados e não

Colite

A colite, reação inflamatória no intestino grosso, pode ter várias causas, mas já é sabido que muitos alimentos desencadeiam sua presença. Por isso, quem sofre com colite deve estar sempre atento à sua alimentação, a fim de evitar os alimentos comumente conhecidos por desencadearem o processo inflamatório.

O que comer? Montando um plano de dieta para colite

Quem sofre de colite deve beneficiar-se da criação de um plano de dieta. Isso significa estar ciente dos alimentos que podem ou não ser ingeridos. Mesmo que não haja uma dieta específica para pessoas com colite (até mesmo porque a dieta ideal depende de cada organismo), há alguns alimentos que podem desencadear ou eliminar os sintomas da colite.

O principal foco de um plano de dieta em caso de colite é montar uma dieta com baixos resíduos ou quantidades de fibras, pois alimentos com baixas quantidades deste elemento são de fácil digestão em nosso organismo, evitando inflamações locais.

A orientação geral é que se consuma no máximo 15g de fibras por dia. Desta maneira, uma dieta de baixos resíduos para colite será baseada em alimentos que não proporcionem fibras (ou proporcione em baixa quantidade), tendo como objetivo evitar o desgaste excessivo da região do intestino devido ao esforço que precisará fazer para digerir as fibras.

Alimentos recomendados em caso de colite

Já entendemos então que o plano de dieta deve ser essencialmente construído com alimentos que possuam baixas quantidades de fibras, a fim de favorecer o funcionamento do organismo. Dentre eles, podemos citar os seguintes alimentos permitidos:

círculo verde Legumes: pepino, espinafre cozido, abóbora, cenoura, berinjela, batata, alface e cebola

círculo verde Grãos: massas com baixa contagem de fibra, cereais secos com menos de ½ g de fibra por porção

círculo verde Molhos e acompanhamentos: margarina, manteiga, azeite de oliva. Molho de tomate não deve ser consumido

É importante notar que, a dieta só será saudável se incluir todas as propriedades que o organismo necessita, como a proteína.

Além disso, a The American Dietetic Association recomenda a ingestão de pelo menos 8 copos de água por dia para evitar desidratação. Orienta-se também que as refeições sejam feitas a cada 3 ou 4 horas, em pequenas porções, facilitando o processo de digestão.

Alimentos que devem ser evitados em caso de colite

Enquanto estiver praticando o plano de dieta com baixa quantidade de fibras, recomenda-se que os seguintes alimentos sejam evitados:

círculo verde Nozes, pipocas e outras sementes

círculo verde Frutos secos como ameixas

círculo verde Molhos picantes como o de tomate ou mesmo de pimenta

círculo verde Alimentos de fiambre como presunto, peito de peru processado etc

círculo verde Bebidas alcoólicas, café, chocolate ou cacau

círculo verde Açúcar refinado

círculo verde Carnes em geral

Caso seu organismo seja intolerante à lactose então é necessário evitar produtos que tenham origem no leite.

Orientações gerais em caso de colite

A colite é um quadro de grande inflamação do cólon (ou intestino grosso) que necessita de bastante atenção do paciente. É importante, primeiramente, buscar a orientação de um médico ou profissional de saúde para saber a respeito da dieta ideal para seu organismo.

Cada organismo funciona de uma forma e precisa de uma dieta específica para poder funcionar adequadamente. Assim sendo, deve-se buscar orientação de um profissional de saúde alimentar antes de se iniciar qualquer dieta ou tratamento caseiro para o quadro de colite.

Em alguns casos, com o objetivo de auxiliar o paciente na dieta, o médico pode orientar o complemento da alimentação através da ingestão de suplementos de ácido fólico, cálcio e vitaminas essenciais, como a B12.

Especialmente indicado para você:

setaO QUE AS FEZES DIZEM SOBRE O NOSSO ESTADO DE SAÚDE

setaPLANTAS QUE PODEM SUBSTITUIR O PARACETAMOL E O IBUPROFENO

setaPRISÃO DE VENTRE: ATÉ QUANTOS DIAS É NORMAL NÃO IR AO BANHEIRO?