Quinoa: todas as propriedades cientificamente comprovadas

quinoa

A quinoa é um pseudo cereal que não contém glúten e possui algumas características nutricionais muito interessantes.

É uma valiosa fonte de proteínas e fibras e também de minerais como cálcio e ferro.

Além disso, a quinoa contém todos os 9 aminoácidos essenciais necessários para o funcionamento do nosso corpo (histidina, isoleucina, leucina, lisina, metionina, fenilalanina e triptofano), apresentando um bom equilíbrio global entre proteínas e carboidratos.

A investigação científica nos últimos anos está cada vez mais interessada ​​em se aprofundar nos benefícios que a quinoa pode proporcionar à saúde.

Vamos descobrir quais são os benefícios da quinoa, confirmados pela ciência até então.

 

quinoa

1. A quinoa é rica em antioxidantes

Os pesquisadores sugerem que a adição da quinoa ou do trigo-sarraceno aos produtos sem glúten, aumenta significativamente o seu conteúdo de polifenóis em comparação à composição de produtos glúten-free mais comuns como o arroz, o milho e a fécula de batata. Os produtos feitos com quinoa contêm mais antioxidantes do que produtos feitos com trigo ou com produtos sem glúten. Aqui o estudo sobre a quinoa publicado pela Food Chemistry.

2. A quinoa tem excelentes propriedades nutricionais

Lillian Abugoch James, uma especialista da Universidade do Chile, estudou a composição química e nutricional da quinoa e evidenciou propriedades nutricionais importantes: da riqueza de aminoácidos à presença de vitamina E. Aqui o estudo publicado na revista Advances in Food and Nutrition Research.

3. A quinoa é fonte de cálcio

Anne Lee, uma especialista da Columbia University Celiac Disease Center, constatou que o perfil nutricional de dietas sem glúten provou ser melhor com a adição de quinoa nas principais refeições e lanches. As maiores vantagens são o aumento de sais minerais como o cálcio, de proteínas e fibras. Aqui o estudo publicado no Journal of Human Nutrition e Dietetics.

4. A quinoa ajuda no combate à diabetes

De acordo com especialistas, a quinoa é um alimento útil para a gestão dos estágios iniciais da diabetes tipo 2. Os cientistas da Universidade de São Paulo descobriram que a quinoa é rica em um antioxidante chamado quercetina, que dá o potencial para se tornar um alimento útil nas dietas alimentares para controlar a diabetes tipo 2 e a hipertensão. Aqui o estudo publicado no Journal of Medicinal Food.

5. A quinoa é útil para controlar o apetite

A quinoa dá muita sensação de saciedade, o que pode ser útil para controlar o apetite. Um estudo realizado pela Universidade de Milão comparou o trigo, a aveia e a quinoa para avaliar o alimento mais promissor sob o ponto de vista do controle do apetite. A quinoa, assim como a aveia e o trigo mourisco revelaram um índice para saciar mais alto em comparação ao arroz e ao trigo. Aqui o estudo publicado no British Journal of Nutrition.

6. Quinoa é fácil de digerir

Os pesquisadores italianos também se empenharam em avaliar a digestibilidade da quinoa e de outros alimentos sem glúten. O objetivo do estudo era avaliar o efeito de diferentes alimentos sobre a glicemia pós-prandial e a resposta à insulina, bem como medir o nível de triglicéridos após uma refeição. A quinoa se destacou no estudo por sua baixa produção de triglicerídeos em comparação aos outros produtos como massas e pão sem glúten, também levados em consideração. Aqui o estudo publicado no European Journal of Nutrition.

7. A quinoa é uma fonte importante de fibras

A quinoa é muito rica em fibras. Um estudo levou em consideração quatro diferentes variedades de quinoa e detectou uma presença de fibras de entre 10 e 16 gramas por 100 gramas de quinoa crua. Especificamente, o teor de fibras solúveis é de 1,5 gramas por 100 gramas de produto. Consulte aqui o estudo publicado pela Food Science and Technology.

8. A quinoa contém todos os aminoácidos essenciais

As proteínas são compostas por aminoácidos. Alguns aminoácidos são chamados essenciais porque nosso corpo não pode fabricá-los e portanto temos de adquiri-los através dos alimentos. A quinoa é um alimento excepcional do ponto de vista proteico, uma vez que contém todos os aminoácidos essenciais que nosso corpo necessita. 100 gramas de quinoa cozida contém cerca de 4,5 gramas de proteína. Consulte aqui o valor nutricional da quinoa publicada pela FAO.

quinoa tabela

Foto Fonte: FAO

9. A quinoa tem um baixo índice glicêmico

A quinoa tem um índice glicêmico 53 de acordo com dados publicados on-line pela Universidade de Sydney. É um índice glicêmico considerado baixo. 150 gramas de quinoa cozida contém 25 gramas de carboidratos e 13 de carga glicêmica.

10. A quinoa pode melhorar o metabolismo

De acordo com alguns estudos preliminares, a quinoa poderia ajudar o nosso corpo a melhorar suas funções metabólicas. É um tema que ainda tem que ser melhor explorado para poder entender se a quinoa pode ajudar a reduzir os níveis de triglicéridos, de insulina e de açúcar no sangue e se seria capaz de aliviar os efeitos negativos da frutose em uma dieta que preveja um alto teor deste tipo de açúcar. Aqui e aqui dois estudos sobre este tema.

Leia também:

setaRECEITAS COM QUINOA: SAUDÁVEIS, RÁPIDAS E FÁCEIS

seta3 RECEITAS DE SALADAS DIFERENTES

seta5 RECEITAS SALGADAS SEM GLÚTEN