Quanto tempo precisa pra virar melhor amigo? A resposta em um estudo

Um velho ditado diz que amigos verdadeiros se contam nos dedos, enquanto um novo estudo revoluciona o conceito de amizade, estabelecendo que pessoas podem se tornar grande amigas depois de passarem cerca de apenas 200 horas juntas.

A amizade é um dos sentimentos mais belos, porque a falta de contato humano na vida pode ser devastador no nível psicológico. É claro que ter tempo e espaço para estar sozinho faz bem, e é diferente de passarmos períodos em completa solidão, o que poderia minar a nossa fragilidade emocional.

Hoje, graças às redes sociais, é fácil encontrar velhos amigos que por uma razão ou por outra perdemos de vista, mas a recomendação é (sempre que possível) conversar, rir e sair com os amigos, na vida real.

A amizade pode se transformar ao longo do tempo, à medida que nos tornamos adultos, mas os verdadeiros amigos não mudam e tentam estar sempre presentes nas situações difíceis da nossa vida. Dizem que amigos verdadeiros, podem ficar anos sem se verem que, quando se veem, é como se não nunca tivessem se distanciado.

Quem não se lembra da bela história de amizade entre a raposa e o Pequeno Príncipe?

amizade 3

– “Quem é você? Você é tão bonita de se olhar.”

– “Eu sou uma raposa”, disse a raposa.

– “Venha brincar comigo”, propôs o Pequeno Príncipe. “Eu estou tão triste.”

– “Eu não posso brincar com você”, a raposa disse. “Eu não estou cativada.”

– “O que significa isso – cativar?”

– “É uma coisa que as pessoas frequentemente negligenciam”, disse a raposa. “Significa estabelecer laços.” “Sim”, disse a raposa. “Para mim você é apenas um menininho e eu não tenho necessidade de você. E você por sua vez, não tem nenhuma necessidade de mim. Para você eu não sou nada mais do que uma raposa, mas se você me cativar então nós precisaremos um do outro. Você será único para mim, e eu serei única para você no mundo”.

– “Estou começando entender”, disse o Pequeno Príncipe (…).

O estudo sobre amizade

amizade 2Jeffrey Hall, professor de comunicação da Universidade do Kansas, é o autor da teoria Communicate Bond Belong (CBB), que afirma que “uma interação social opera dentro de um sistema homeostático, desenvolvido por pressões internas que vão satisfazer a necessidade de pertencer e conservar a energia social”.

Sem se perder em palavras complicadas, em resumo, Hall afirma que para atender as necessidades sociais, as pessoas investem tempo e energia. E até aqui, nada de novo. A novidade, no entanto, é que os pesquisadores quantificaram quanto tempo leva para se tornar um “melhor amigo”.

Um tempo para amizade

amizade 4

No estudo, os pesquisadores entrevistaram 355 adultos que tinham se mudado para uma nova cidade nos seis meses anteriores. Os participantes eram portanto, pessoas que foram forçadas pelas circunstâncias da vida a construírem um novo círculo social. Cada participante foi convidado a identificar novas pessoas que conheceram, excluindo membros da família, pessoas conhecidas por interesses românticos ou que já conheciam anteriormente. Os participantes especificaram onde conheceram as novas pessoas e quanto tempo passaram juntos. Cada nova pessoa introduzida em um círculo social foi avaliada em uma escala: de conhecido à melhor amigo.

Um segundo estudo envolveu 112 calouros da Universidade do Kansas, ou seja jovens alunos que estavam tendo a oportunidades de conhecer novas pessoas e de fazer novos amigos. Eles foram solicitados a nomear dois novos conhecidos e depois de relatarem aos pesquisadores, três vezes durante nove semanas de universidade, como esses relacionamentos andavam.

O que os estudos revelaram?

amizade 5

Em termos de tempo, foram necessárias 50 horas de interação para passar do status de um conhecido para um amigo ocasional, 90 horas de um amigo casual para um amigo e mais de 200 horas para uma pessoa entrar no status de “melhor amigo”.

Obviamente, não é automático que passar um determinado tempo junto, transforme duas pessoas em verdadeiros amigos. Alguns participantes relataram ter passado centenas de horas com colegas que ainda eram classificados como conhecidos no final do estudo. Porém, isso geralmente acontecia quando os conhecidos não passavam algum tempo livre juntos (fora da escola ou do trabalho).

O estudo mostra que fazer novos amigos é sempre possível, e nem é tão difícil o quanto possa parecer. Apesar destes resultados serem discutíveis, o importante é se lembrar da importância da amizade.

Ter amigos é maravilhoso porque eles preenchem nossas vidas e nos enchem de felicidade. Melhor então é crer na ciência e acreditar que realmente algumas boas horas passadas ao lado de um desconhecido, pode transformá-lo em um amigo e, por que não?, em um grande amigo?

Sobre a amizade, talvez te interesse ler também:

AS MENINAS QUE SE ABRAÇAM: QUANDO A AMIZADE SUPERA A DOENÇA

UM BELÍSSIMO CURTA SOBRE A IMPORTÂNCIA DA EMOÇÃO E DA AMIZADE

30 DE JULHO – DIA INTERNACIONAL DA AMIZADE30 DE JULHO – DIA INTERNACIONAL DA AMIZADE

greenMe.com.br é uma revista brasileira online, de informação e opinião Editada também na Itália como greenMe.it