câncer células
câncer células

Os tipos de câncer mais comuns em homens e mulheres no Brasil. Suas possíveis causas

No ano passado, o GreenMe divulgou os dados do último relatório estatístico sobre o câncer no mundo, que constatara que um em cada cinco homens e uma em cada seis mulheres terão câncer em algum momento de suas vidas. Em 2018, os três tipos de câncer mais comuns foram pulmão, mama e o colorretal. E no Brasil? Quais são os tipos de câncer mais comuns, e quais são as suas possíveis causas?

Os 10 tipos de câncer mais comuns no Brasil

O Instituto Nacional do Câncer (Inca) publicou em seu site dados sobre o câncer no Brasil. O órgão analisa a incidência, a morbidade hospitalar e a mortalidade como medidas de controle que permitem analisar a ocorrência, a distribuição e a evolução das doenças cangerígenas.

O perfil dos diferentes tipos de câncer e a análise das características das mudanças de cenário ao longo do tempo são aspectos norteadores para as ações de Vigilância do Câncer, uma ação estratégica para o planejamento dos programas de prevenção e controle de câncer no Brasil.

Confira, a seguir, os cinco tipos de câncer mais comuns entre homens e mulheres em 2018:

– Em homens

Local Número de casos Porcentagem

Próstata 68.220 31,7%

Traqueia, Brônquio e Pulmão 18.740 8,7%

Cólon e Reto 17.380 8,1%

Estômago 13.540 6,3%

Cavidade Oral 11.200 5,2%

– Em mulheres

Local Número de casos Porcentagem

Mama feminina 59.700 29,5%

Cólon e reto 18.980 9,4%

Colo do útero 16.370 8,1%

Traqueia, brônquio e pulmão 12.530 6,2%

Glândula tireoide 8.040 4,0%

A mortalidade da doença acompanha o nível de incidência dela, na maioria dos casos.

Confira no site do Inca o quadro completo com todos os tipos de câncer tipificados pelo órgão que mais acontecem em homens e mulheres no Brasil.

As possíveis causas de cada tipo de câncer

Confira quais são as possíveis causas destes tipos de câncer que mais acometem os brasileiros, ou seja, os seus fatores de risco, e tente evitá-los adquirindo para si hábitos saudáveis de vida.

1. Câncer de próstata

De acordo com o Inca, esse é o tipo mais comum entre os homens e é o segundo tipo de câncer mais comum no país, ficando atrás apenas do câncer pele. Fatores genéticos, uso de anabolizantes, consumo excessivo de bebidas alcoólicas, má alimentação e obesidade são as principais causas da doença.

Muitos homens, por pudor, deixam de fazer o exame de próstata a partir dos 40 anos e desconhecem ter a doença. Por isso, é fundamental deixar o preconceito de lado e fazer, anualmente, o exame.

2. Câncer de mama

O câncer mais comum entre as mulheres tem como causas fatores genéticos, menopausa tardia, menstruação precoce, colesterol alto, sendentarismo.

Embora seja raro ocorrer antes dos 35 anos, o número de casos em mulheres jovens vem aumentando anualmente, sobretudo, em aquelas com mais de 50 anos.

O câncer de mama também pode atingir os homens, ainda que a doença acometa apenas 1% do total de casos.

3. Câncer colorretal

É um tipo de câncer que se manifesta pela presença de tumores no segmento do intestino grosso e reto. Quando diagnosticada precocemente, a doença é curável na maioria das casos. Dentre suas causas estão consumo de bebida alcoólica, alimentos processados, carne vermelha, tabagismo e sedentarismo.

Um novo estudo, de acordo com o UOL, investigou que uma mudança de hábitos alimentares em apenas duas semanas é capaz de alterar as bactérias do intestino, contribuindo para reduzir o risco deo câncer colorretal.

4. Câncer de pulmão

O tabagismo está associado a 90% dos casos de câncer de pulmão. Os sintomas mais comuns da doença são: tosse seca, falta de ar, dor no tórax, pneumonia, presença de sangue ao tossir.

Muitas vezes esse tipo de câncer está associado a tumores na traqueia e nos brônquios. A traqueia é um tubo, localizada entre a laringe e os brônquios, responsável por conduzir o ar do ambiente externo para dentro dos pulmões. Segundo o Centro de Oncologia, a maioria dos tumores malignos de pulmão, traqueia e brônquios (90% dos casos) está relacionada ao tabagismo, embora exceções existam:

5. Câncer de estômago

Suas possíveis causas estão associadas a uma dieta rica em alimentos processados, à obesidade e ao consumo de álcool. É comum acometer pessoas com idade acima de 50 anos, principalmente homens idosos na faixa etária dos 70 anos. De acordo com o Inca, cerca de 65% dos pacientes com esse tipo de câncer têm acima de 50 anos.

Os sintomas da doença são azia, náusea, indigestão, inchaço após as refeições.

6. Câncer de boca

O câncer da boca, também conhecido como câncer na cavidade oral, afeta diferentes regiões da boca, como lábios, gengivas, bochechas, céu da boca, língua (principalmente as bordas) e a região embaixo da língua, como informa o Inca.

Fazem parte da região denominada orofaringe a parte posterior da língua, as amígdalas e o palato fibroso, mas seus tumores manifestam-se de forma diferente do câncer de cavidade oral.

Dentre as causas desses tumores estão: tabagismo, consumo de bebida alcoólica, obesidade, exposição a materiais tóxicos, infecção pelo vírus HPV.

7. Colo de útero

É o segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres, principalmente aquelas com idade entre 40 e 60 anos. Trata-se de uma lesão intrauterina que tem como principal causa o vírus HPV, que pode manifestar-se por verrugas nos órgão genitais, no ânus, na laringe e no esôfago. Pode levar de 10 a 20 anos para desenvolver-se, segundo o site Gineco.

As causas que favorecem o câncer de útero são: sexo desprotegido; DSTs; tabagismo; relação sexual precoce; multiparidade (várias gestações).

8. Câncer de tireoide

A tireoide é uma glândula localizada na parte frontal do pescoço. Ela produz hormônios reguladores do metabolismo.

A maioria dos nódulos que aparecem na tireoide é benigna, cerca de 90% dos casos. De acordo com o site Endócrino, as causas desse tipo de câncer são, ainda, desconhecidas, mas existem alguns fatores de risco, como:

  • tratamentos com radiação para a cabeça, pescoço ou tórax, especialmente na infância ou adolescência;
  • história familiar de câncer de tireoide;
  • um grande nódulo ou em rápido crescimento;
  • idade superior a 40 anos.

Manter práticas saudáveis de vida não só apenas nos dá sensação de bem-estar como previne uma série de doenças, entre elas, o câncer. Consumir comidas saudáveis, fazer atividade física regularmente, não fumar, consumir bebidas alcoólicas com moderação são atitudes que contribuem para evitar a maioria dos tipos de câncer mais comuns no Brasil.

Talvez te interesse ler também:

COMO AS NOZES REDUZEM O CÂNCER DE MAMA. NOVO ESTUDO CONFIRMA

NCER COLORRETAL: ENCONTRADA A CAMPAINHA DE ALARME NAS BACTÉRIAS INTESTINAIS

A EXPOSIÇÃO AO GLIFOSATO E A ESSES DOIS INSETICIDAS AUMENTAM O RISCO DE CÂNCER. NOVO ESTUDO

Sobre Gisella Meneguelli

Gisella Meneguelli
É doutora em Estudos de Linguagem, já foi professora de português e espanhol, adora ler e escrever, interessa-se pela temática ambiental e, por isso, escreve para o GreenMe desde 2015.

Veja Também

7 ações práticas para ter melhor saúde mental

Se você está sentindo a mente pedir socorro, saiba que existem ações práticas simples que …