Você tem rugas ao redor dos olhos? Para os outros você é mais sincero

  • atualizado: 
rugas ao redor dos olhos

As rugas não são apenas sinais ligados ao passar dos anos, mas podem transmitir mensagens diferentes ao cérebro. Por exemplo, aquelas ao redor dos olhos podem ser percebidas como sinais de sinceridade, e também de tristeza.

Isto é o que fora revelado por um novo estudo realizado por psicólogos da Universidade de Miami, juntamente com colegas da Western University do Canadá. Os pesquisadores conseguiram demonstrar que nosso cérebro está "pronto" para perceber as rugas ao redor dos olhos como sinais de emoções mais intensas e sinceras.

Também conhecidas como rugas de Duchenne, elas se manifestam através de múltiplas expressões faciais, incluindo sorrisos, expressões associadas à dor e - como os pesquisadores descobriram - também às expressões de tristeza.

Essas rugas devem seu nome ao chamado sorriso de Duchenne. É uma expressão em que os cantos da boca se dobram para cima e ao redor dos olhos formam pequenas rugas ao sorrir.

"Desde Darwin, os cientistas se perguntam se existe uma linguagem da expressão facial, um conjunto-chave do que chamamos de ações faciais que têm significados simples e básicos. Esta pesquisa sugere que uma chave para essa linguagem é a constrição dos olhos, que parece intensificar expressões positivas e negativas", disse Daniel Messinger, professor de psicologia da Universidade de Miami.

Os pesquisadores mostraram aos participantes avatares computadorizados, uns com e outros sem as rugas de Duchenne, para estudar as expressões que nosso cérebro percebe como mais importantes.

Imagens diferentes foram mostradas para cada olho e, a esse ponto, o cérebro se alternava entre as duas, focando mais frequentemente na imagem percebida como mais relevante.

espressoes rosto

Os cientistas então pediram aos participantes que avaliassem as expressões em uma escala que levasse em conta a intensidade e a sinceridade. Eles descobriram que as pessoas consideravam os sorrisos e as expressões tristes de Duchenne como mais sinceras e intensas do que as expressões de não-Duchenne. 

"Este é o primeiro estudo a abordar esse problema em adultos", explica Messinger, apontando que até agora estudos como estes se concentravam nas crianças.

Segundo os autores da pesquisa, os resultados ajudarão a entender como as expressões faciais contribuem para o entendimento das emoções.

Muito interessante!

Talvez te interesse ler também:

MAIS ESPINHAS HOJE, MENOS RUGAS AMANHÃ

10 MAUS HÁBITOS QUE AUMENTAM AS RUGASFAÇA VOCÊ MESMO CREMES ANTIRRUGAS

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!