Tudo o que você precisa saber sobre coletor menstrual

  • atualizado: 
coletor menstrual

O coletor menstrual é uma forma revolucionária, sustentável e ecológica de substituir o absorvente menstrual. Quem usa o coletor menstrual sabe da liberdade que ele confere ao corpo feminino. É higiênico, prático, confortável e de fácil uso, só é necessário se familiarizar com esta inovação. Saiba agora tudo o que você precisa saber sobre coletor menstrual.

 

Nos últimos anos, o coletor menstrual tem contribuído para as mulheres passarem pelo período menstrual de forma mais tranquila. Essa alternativa pode ser melhor que os absorventes descartáveis, internos e externos, tanto do ponto de vista ecológico como em termos de saúde e economia. As mulheres estão, cada vez mais optando pelo coletor menstrual, devido aos seus benefícios.

As vantagens se estendem, também, ao respeito pelo meio ambiente, bem como na economia com a compra dos absorventes tradicionais.

Os coletores menstruais geralmente são produzidos com silicone médico, um material seguro, higiênico, flexível e hipoalergênico. Outro material utilizado para fazer os coletores menstruais é TPE (elastômero termoplástico), que também é hipoalérgico

O silicone médico e o TPE suportam altas temperaturas, são flexíveis e macios, o que torna o uso do coletor menstrual  bem confortável. 

Para quem tem interesse de utilizar e adquirir o coletor menstrual, e não sabe onde o encontrar, caso não tenha facilidade de achar na farmácia ou lojas físicas de produtos de higiene íntima feminina, pode encontrar esse produto em diversas lojas virtuais na Internet.

A história do coletor menstrual

Quando surgiu o primeiro coletor menstrual?

O primeiro coletor menstrual, semelhante ao que é usado na atualidade, foi inventado nos Estados Unidos em 1937 por Leona Chalmers. Esta inventora patenteou um coletor menstrual feito de látex. Durante a Segunda Guerra Mundial, a empresa que produziu a primeiro coletor menstrual não tinha suficiente matéria prima, o látex, para produzir mais coletores.

A produção foi cessada temporariamente até que, na década de 1950, Leona Chalmers melhorou o design do coletor e patenteou um novo modelo para este utensílio feminino.

O primeiro coletor menstrual recebeu o nome de Tassette. Este coletor foi produzido nos Estados Unidos até 1963, mas não foi para frente.

Na década de 1970, a Finlândia e os EUA começaram a produção, em pequena escala, de coletores menstruais descartáveis.

Na década de 1980, surgiu o coletor menstrual The Keeper, feito de látex e que é produzido e comercializado, ainda, na atualidade.

O início do século XXI foi o marco para o avanço e a transformação do coletor menstrual, que passou a ser confeccionado com silicone médico.

Dessa forma, as mulheres alérgicas ao látex passaram a poder usar o coletor menstrual. 

Atualmente, tanto nos Estados Unidos quanto na Europa, são produzidas coletores menstruais de diferentes marcas, modelos, cores, tamanhos e materiais, para atender às necessidades de cada mulher.

Dúvidas e receios com relação ao coletor menstrual

coletor.menstrual 2

Existem mulheres que têm muitas dúvidas e até receios com o coletor menstrual, pelos pela seguintes razões:

  • Acham que é anti-higiênico
  • acreditam que por seu uso ser interno é difícil utilizá-lo
  • pensam que mulheres que trabalham e ficam o dia inteiro fora de casa podem ter problemas de vazamento menstrual ou para utilizá-lo
  • não o usam por não saber como manusear o coletor menstrual e ou por acharem que sua utilização é complicada
  • deduzem que é um método caro e nada prático
  • rejeitam a ideia de reutilizá-lo

Bem, para sanar essas dúvidas e temores das mulheres que têm receio de utilizar o coletor menstrual, vamos por partes:

Para quem tem interesse de utilizar o coletor menstrual e tem alguma hesitação, por nunca ter usado este método antes e por não saber como se faz, vá com calma, respeite seu tempo e se familiarize, aos poucos, com o coletor menstrual, até aprender a lidar com sua forma de utilização, adequando à sua realidade e ao seu corpo.

Quem tem dúvidas com relação à higiene do coletor menstrual, saiba que este utensílio feminino precisa ser esterilizado tanto na primeira vez de uso, no início do ciclo, como no fim, na última utilização, antes de guardá lo para o próximo período menstrual.

A esterilização pode também ocorrer durante do período menstrual, quando houver necessidade de esvaziar o coletor.

Outra possibilidade é fazer a troca de coletor quando ele estiver cheio, deixando outros coletores esterilizados de reserva, para ir mantendo a higiene íntima e a coleta do fluxo de sangue sob controle.

Sabendo utilizar o coletor menstrual, pode-se obter uma sensação pessoal de maior frescor e limpeza, do que com absorvente.

Somente com a prática e a familiaridade do uso do coletor menstrual, é que perceberá todas as suas vantagens.

O tempo de troca do coletor geralmente é de 12 em 12 horas.

Custo do coletor menstrual

Os coletores menstruais são comercializados com diversos preços. A escolha vai de cada pessoa, de acordo com sua necessidade. 

Seja qual for o preço do coletor menstrual, o custo é menor, em comparação ao que poderia ser gasto, em cerca de um ano, com a utilização de absorventes internos e externos.

Com a manutenção normal, um coletor menstrual pode durar 10 anos, devido à sua resistência e flexibilidade.

Mesmo para as pessoas que preferem alternar o uso do coletor menstrual com tampões e absorventes, de acordo com suas necessidades, ainda farão economia, reduzindo a compra de produtos descartáveis.

Para se ter uma ideia da economia que se pode fazer utilizando o coletor menstrual, basta calcular quanto gastamos com os absorventes em um ano e multiplicamos o valor obtido por 5 ou 10 anos.

Benefícios e vantagens do coletor menstrual para a mulher

Os benefícios do coletor são realmente diversos. A mulher que já o utiliza há algum tempo pode atestar que, com a prática e o hábito, seu uso se torna simples e facilita o dia a dia da mulher durante o período menstrual.

Vantagens e benefícios pessoais:

  • O coletor menstrual confere à mulher mais liberdade e segurança
  • A mulher se sente mais livre quando está longe de casa, pratica alguma atividade física, realiza uma viagem e faz suas tarefas cotidianas
  • O coletor menstrual é discreto, pois não dá para perceber de forma externa que se está fazendo uso dele, além de do que, seu uso interno não ser incômodo
  • Basta utilizá-lo da forma correta, inserido dentro da vagina, para encaixar direito e conter o fluxo de sangue. Mais adiante será explicado como se faz uso do coletor menstrual
  • Outras vantagens do coletor menstrual é que ele evita vermelhidão, alergias e irritação, que podem ocorrer pelo contato das partes íntimas com os absorventes descartáveis
  • A higiene pessoal durante o período menstrual melhora, pois geralmente, o coletor só requer a troca de 12 em 12 horas
  • Os absorventes descartáveis externos, a pele permanece em contato com a umidade do fluxo de sangue e substâncias químicas contidas nos absorventes tradicionais, criando condições para infecções bacterianas e corrimento vaginal
 

Vantagens e benefícios ecológicos

coletor menstrual 5

  • O coletor menstrual é um produto sustentável e ecológico, porque contribui para a redução de lixo no planeta, causado pelo uso dos absorventes descartáveis, além de ser uma forma de poupar a utilização dos recursos naturais para a produção do algodão, matéria prima principal do absorvente descartável.
  • Outra economia que ocorre é dos materiais que estão presentes na fabricação dos absorventes descartáveis (algodão, plástico, papel e outros).
  • Ao deixar de utilizar absorventes descartáveis, se contribui para diminuir no ambiente os resíduos poluentes que não são recicláveis e nem reaproveitáveis e que demoram anos para se decomporem.
  • Ao contrário dos tampões internos e dos absorventes menstruais, não há registros que o coletor menstrual tenha causado a Síndrome de Choque Tóxico (TSS), uma grave infecção bacteriana.
 

Escolha do coletor menstrual

coletor.menstrual 3

A escolha do coletor menstrual é algo pessoal e idividual. Para isso é necessário levar em conta, alguns fatores:

  • idade
  • se já teve relação sexual
  • se já teve filho
  • a intensidade do fluxo menstrual (existem geralmente 3 tamanhos: grande, médio e pequeno)
  • o tamanho e anatomia da parte onde será encaixado o coletor menstrual
  • a sensibilidade individual, exigindo um material mais flexível

Os diferentes tamanhos dos coletores menstruais

  • Existem coletores menstruais de diferentes tamanhos, modelos disponíveis e fabricantes
  • Os coletores menstruais pequenos, geralmente, são recomendadas durante os dias de menos fluxo menstrual ou para mulheres mais jovens, com menos de 30 anos e que ainda não deram à luz

Os coletores menstruais maiores são mais indicados para serem usados nos seguintes casos:

  • fluxo menstrual abundante
  • nos dias mais intensos do ciclo menstrual
  • para serem usados durante a noite
  • para mulheres com mais de 30 anos ou que já deram à luz

Observação

Para quem vai utilizar o coletor menstrual pela primeira vez, é recomendável usar os tamanhos menores para ir se familiarizando e se adaptando, com o objetivo de definir qual o tamanho melhor, de acordo com a anatomia do corpo e a necessidade pessoal.

Flexibilidade do coletor menstrual

Existem coletores menstruais mais macios e flexíveis e outros mais rígidos. Para quem vai usar pela primeira vez, o mais indicado é o mais macio e flexível.

Outros fatores que determinarão a escolha do coletor, de acordo com o material que ele é feito, são:

  • a tonicidade do músculo pélvico
  • a anatomia do colo do útero
  • a sensibilidade tátil

Como usar o coletor menstrual

coletor menstrual 4

Para utilizar, adequadamente, o coletor menstrual seguem algumas orientações:

  1. Esterilize o copo menstrual por 5 minutos em uma panela com água fervente, antes de usá-lo para um novo ciclo e esterilize, novamente, ao final do período menstrual.
  2. Enxágue com cuidado o coletor menstrual toda vez que o retirá lo para esvaziá lo e antes de colocá-lo novamente.
    Sempre, lave as mãos, antes e depois, desta operação.
  3. Procure, com a prática, o jeito mais adequado, de inserir e remover o coletor menstrual, da modo que fique bem posicionado e não ocorram vazamentos.
  4. Para o manuseio do coletor menstrual é melhor estar com as unhas curtas, para não correr o risco de se ferir ao inseri-lo e removê-lo.
  5. O coletor menstrual deve ser dobrado, antes de colocá-lo por dentro da vagina. A dobra mais fácil para introduzir o coletor menstrual é fazendo a letra 'C' .
  6. Aperte e segure com firmeza a base do coletor menstrual, e o introduza na vagina com a dobra voltada para cima.
  7. Para realizar esse processo de colocação do coletor menstrual, pode ser na posição agachada ou sentada em um bidê ou até de pé, isso vai muito da preferência da pessoa e como o corpo se adequa melhor.
  8. O coletor menstrual se abre, após ser inserido dentro da vagina.
  9. Para que se abra completamente, é recomendável segurá lo pela base e dar uma ligeira giradinha no coletor, já inserido.
 

Observações e dicas complementares

Se houver vazamento, pode ser porque o coletor não tenha sido inserido corretamente, ou porque o volume do coletor é pouco para o fluxo menstrual que é muito intenso.

O coletor bem posicionado funciona como uma forma de vedação e reservatório, evitando vazamentos. Como o fluxo menstrual varia de mulher para mulher e, também durante o ciclo menstrual se altera, fica a sugestão de ter coletores de tamanhos diferentes e alterná-los de acordo com a necessidade.

Com a prática e a observação, cada mulher pode optar pelo tamanho de coletor que se adeque melhor ao seu fluxo menstrual.

Exemplo:

Para fluxo mais abundante e durante a noite, um coletor maior e para os últimos dias de menstruação, quando o fluxo é mais leve, um coletor menor.

Formas de dobrar o coletor menstrual

Existem vários jeitos de dobrar o coletor menstrual.

As formas básicas são: 'C' e 'S'. Existem vários tutoriais no Youtube, que ensinam como dobrar e inserir o coletor menstrual. Mais adiante, neste conteúdo tem um breve tutorial ensinando como proceder à colocação do coletor menstrual.

Após verem as várias maneiras, optem por aquela que acharem melhor. 

Como tirar o copo menstrual

 
  1. É necessário esvaziar o coletor menstrual de 2 a 4 vezes por dia.
  2. Para remover o coletor menstrual, lave bem as mãos, agache-se e segure, suavemente, a base, inserindo os dedos dentro da vagina.
  3. Nesta etapa é preciso estar em uma posição confortável e relaxar bem os músculos. Pressione o coletor menstrual, pela base, para a liberação do ar, de maneira que as bordas soltem a aderência das paredes vaginais.
  4. Neste momento, move-se suavemente o coletor, de um lado para o outro, puxando-o para baixo até que seja completamente retirado da vagina.
  5. Feito isso, esvazia-se o coletor, joga-se o conteúdo e procede-se à lavagem dele, para reinseri-lo. 

Assistam este vídeo do Canal Inciclo Coletor Mentrual, com um tutorial ensinando como utilizar o coletor menstrual.

Limpeza e desinfecção do coletor menstrual

 
  1. Após o último uso do coletor, proceda à lavagem dele. 
  2. Se os resíduos estiverem grudados na parede e nos orifícios do coletor menstrual, limpe-os com uma escova macia.
  3. Ferva água em uma panela.
  4. Mergulhe o coletor menstrual durante 5 minutos na água fervente.
  5. Retire-o, com cuidado, seque o e guarde-o em uma necessaire ou saquinho de algodão até o próximo uso.
 

Observações

Existem recipientes especiais para esterilização do coletor menstrual no microondas e produtos ecológicos para a limpeza dele, que podem ser úteis quando se está longe de casa.

Caso o coletor menstrual fique amarelado, mergulhe-o em uma solução de água morna com uma colher de chá de bicarbonato de sódio, que possui a propriedade de branquear, de forma ecológica, e costuma ser utilizado como substitutivo da água sanitária.

Contraindicações ou desvantagem do coletor menstrual

O coletor menstrual é higiênico e seguro, se utilizado de forma correta e adequada.

Algumas mulheres podem ter dificuldades de utilizar o coletor menstrual devido à condições específicas de saúde, problemas ginecológicos ou porque passaram por cirurgias.

Em caso de dúvidas ou receio de usarem o coletor menstrual, consultem e peçam orientação ao médico genecologista.

A médica ginecologista de Roma Itália, Doutora Marcella Saponaro, esclarece que o coletor menstrual elimina vários inconvenientes que costumam ocorrer nas mulheres, com relação ao uso de tampões menstruais e absorventes descartáveis, por causa da sua alta tolerabilidade.

Ela enfatiza que para as pacientes que não conhecem seu corpo, de início, o contato com o coletor menstrual é mais investigativo, mas depois de alguns dias, o seu uso se torna fácil, então elas ficam mais tranquilas e vão sabendo usar o coletor, manuseando-o, cada vez melhor. 

A Dr. Marcella, ainda diz: "Eu aconselho a esvaziar o coletor, com freqüência, para evitar o acúmulo prolongado do sangue menstrual. Até agora, nenhum paciente reportou desconforto inflamatório, nem alergia, na realidade o coletor prevene o surgimento destes problemas. Alguns pacientes são ainda mais motivados a usar o coletor porque são sensíveis à questão ambiental e contra o desperdício dos recursos naturais."

A limpeza - fator importante na utilização do coletor

Todas essas informações demonstram que é possível utilizar o coletor de forma segura, desde que se cuide da higiene íntima e se mantenha a limpeza no manuseio, conservação e utilização do coletor.

Como algo que pode ser novo para algumas mulheres, vai haver a necessidade de se habituarem com o sua forma de uso e o contato com a parte mais íntima de seu corpo.

Com o tempo e a prática, ele poderá fazer parte da rotina feminina, nos períodos menstruais.

Quem já faz uso do coletor? Se quiser, compartilhe conosco, nos comentários abaixo, a sua experiência com o uso deste "novo" instrumento.

Quanto mais informações, melhor!

Leia também: 10 RAZÕES PARA USAR O COLETOR MENSTRUAL

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!