Mãos suadas - 10 Remédios Caseiros Eficazes

  • atualizado: 
 Hiperidrose Palmar

Suor exagerado na palma da mão é um distúrbio chamado Hiperidrose Palmar. Os fatores que desencadeiam a hiperidrose palmar, geralmente, estão relacionados com ansiedade, tensão e nervosismo.

O suor exagerado na palma da mão dificulta tarefas como escrever, cumprimentar as outras pessoas, segurar objetos, digitar no computador, falar ao telefone, tocar instrumentos, etc. Esse problema interfere na vida pessoal, social e profissional da pessoa acometida por esse desequilíbrio orgânico.

Aqueles que têm esse problema, frequentemente sentem a necessidade de usar lenços e toalhinhas para enxugar as mãos suadas em excesso.

O que vamos saber neste conteúdo sobre a Hiperidrose Palmar:

  1. Por que as mãos suam?
  2. Nervosismo e a Hiperidrose Palmar
  3. Relação da Mediunidade com a Hiperidrose Palmar
  4. Como evitar a transpiração excessiva nas mãos
  5. Remédios caseiros
  6. A importância de observar os sinais de nosso corpo

1. POR QUE AS MÃOS SUAM?

As causas principais da Hiperidrose Palmar são:

  • estresse emocional
  • reação biológica do corpo de regulação e controle da sua temperatura (termorregulação)

Temos três tipos de glândulas sudoríparas:

  • écrina,
  • apócrina
  • exócrina

As glândulas écrinas compõem a maioria das glândulas sudoríparas que temos.

Estudos científicos realizados estimam que, aproximadamente, das quase 4 milhões de glândulas sudoríparas, 3 milhões sejam écrinas.

Função das glândulas écrinas

A principal função é regular a temperatura corporal. As glândulas écrinas estão em maior concentração, nas solas dos pés, nas palmas das mãos e na testa. Estas são as glândulas sudoríparas responsáveis por deixar as palmas das mãos suadas. Quando essas glândulas são estimuladas, liberam um líquido inodoro e claro que evapora no ar, quando a temperatura do corpo sobe muito.

Glândulas sudoríparas apócrinas

Estas glândulas se localizam, principalmente, nas axilas e nas regiões genitais e são responsáveis pela transpiração nessas áreas.

Glândulas exócrinas

Estas glândulas, também, estão situadas, principalmente, nas axilas e regiões genitais. Produzem suor, até sete vezes mais rápido do que glândulas écrinas.

As glândulas sudoríparas são ativadas por uma fibra nervosa denominada fibra simpática. A fibra simpática constitui os nervos que reagem ao sistema nervoso simpático.

Quando corremos, andamos de bicicleta, fazemos natação ou alguma atividade que agite e esquente nosso corpo, ele reage, biologicamente, se autorresfriando, através da liberação de neurotransmissores como a dopamina, epinefrina e norepinefrina, que fazem com que as glândulas sudoríparas transbordem como uma torneira de água.

A acetilcolina é o principal neurotransmissor responsável por estimular as glândulas écrinas nas palmas das mãos.

O corpo faz a regulação de temperatura causando o suor.

O hipotálamo faz com que as veias se dilatem e isso ajuda a levar o sangue próximo à superfície da pele para refrescá-la.

Mas a transpiração emocional não é afetada pelo hipotálamo, como ocorre no caso da transpiração termorreguladora.

Quando se sente uma emoção intensa, o corpo não precisa ser resfriado, neste caso as glândulas écrinas são estimuladas pelo sistema nervoso simpático, a partir de uma área do cérebro que não tem função de resfriamento.

A transpiração emocional faz com que as palmas das mãos suadas controlem a umidade da pele.

A emoção intensa ativa as defesas instintivas de nosso corpo que entende que está em situação de risco e busca, com suas reações fisiológicas a preservação de sua integridade, para não ter um colapso orgânico e em seu metabolismo.

2. NERVOSISMO E A HIPERIDROSE PALMAR

Emoções como tensão, nervosismo, medo, pânico, ansiedade, provocam a estimulação das glândulas sudoríparas ativadas pelo sistema nervoso simpático.

As palmas das mãos ficam suadas quando estamos nervosos ou tensos, pois o estresse emocional causa uma reação do sistema nervoso simpático, que afeta, principalmente, as glândulas écrinas nas palmas das mãos.

3. MEDIUNIDADE E O SUOR NAS MÃOS

O médium quando estabelece contato com energias de outras dimensões, expõe seu corpo à vários estímulos que alteram sua vibração e fisiologia, daí, então, acontecerem várias reações orgânicas e físicas distintas, uma dela é o característico suor frio nas mãos.

4. COMO EVITAR A TRANSPIRAÇÃO EXCESSIVA NAS MÃOS

Algumas dicas para diminuir a sudorese nas mãos:

  1. Lave as mãos, frequentemente,com água e sabonete.
  2. Durante o dia use lencinhos para secar as mãos.
  3. Bicarbonato de sódio pode ajudar a absorver o suor e melhorar aderência nas mãos.
  4. Evite o uso luvas, pois desencadeiam mais suor nas mãos.
  5. O estresse e a ansiedade provocam o suor nas mãos, por isso, são recomendáveis terapias alternativas para lidar melhor com as emoções.
  6. Existem, também, intervenções medicamentosas, químicas ou cirúrgicas, para o tratamento da Hiperidrose Palmar, mas, se existem muitas possibilidades de não precisar recorrer a esses meios mais complexos, e, até, agressivos, melhor, não é?

É o que veremos a seguir:

5. REMÉDIOS CASEIROS

Existem formas e cuidados naturais (remédios caseiros) que diminuem e até solucionam o problemas de suor excessivo nas mãos e em outras partes do corpo.

Vejam 10 formas caseiras de diminuição e prevenção de distúrbios no corpo:

1. Amido de milho

O amido de milho é um antiperspirante natural pois absorve a umidade da pele e neutraliza os seus odores.

2. Vinagre de maçã

Por suas propriedades naturais adstringentes, o vinagre de maçã ajuda a controlar a transpiração excessiva, ajudando a fechar os poros da pele. Use o vinagre passando-o nas palmas das mãos puro ou diluído em água, com a ajuda de uma bola de algodão.

3. Hamamélis

A planta hamamélis possui propriedades adstringentes e antiperspirantes e ajudam a controlar a transpiração excessiva, por conter ácido tânico, substância que tem propriedade de fechar mais os poros da pele, inibindo o excesso de transpiração. Use o chá de hamamélis nas áreas onde a transpiração for excessiva.

4. Tomates

Os tomates também têm propriedades adstringentes (ajuda a diminuir os poros e a controlar o suor excessivo). Por ser um adstringente natural, o tomate , bloqueando os dutos que secretam o suor. Esfregue fatias de tomate sobre as áreas do corpo que mais suam, deixe agir de 10 à 15 minutos e enxugue normalmente.

5. Óleo de melaleuca

O óleo da árvore do chá ou Tea Tree Oil, contribui para o controle da transpiração excessiva, devido à sua propriedade adstringente natural. Dilua algumas poucas gotas deste óleo em uma tigela de água morna, embeba uma bola de algodão nesta solução e passe-a sobre as áreas do corpo com problemas de transpiração excessiva.

O óleo de melaleuca é forte e poderoso. Faça o teste de sensibilidade antes de usá-lo, aplicando uma gotinha dele sobre a pele para verificar possíveis irritações.

6. Carvão ativado

O carvão ativado absorve a umidade do corpo, prevenindo a transpiração excessiva. Consulte um médico para poder consumir (uso interno) antes este remédio natural pois, ele é contraindicado para pessoas com problemas intestinais.

7. Chá de sálvia

A sálvia também ajuda a diminuir o excesso de oleosidade da pele e evita a sua transpiração, contém vitamina B e magnésio, o que contribui para reduzir a atividade das glândulas sudoríparas. Para obter seus benefícios, mergulhe as mãos neste chá e deixe agir por 20 - 30 minutos.

8. Chá Preto

Os taninos presentes na Camellia sinensis têm qualidades adstringentes, fecham mais os poros da pele, evitando o excesso de suor. Os taninos também ajudam a manter mais baixa a temperatura do corpo, diminuindo a transpiração excessiva. Mergulhe as mãos neste chá ou passe saquinhos de chá preto nas mãos.

9. Alimentação contra o suor excessivo

Uma deficiência em magnésio no corpo pode causar excesso de suor porque este mineral regula a atividade das glândulas sudoríparas. Invista em alimentos ricos em magnésio tais quais: chocolate amargo, amêndoas, abacates, as leguminosas como feijão, lentilha, grão de bico e similares,os vegetais de folhas verdes, como o espinafre, a rúcula, entre outros. Veja mais aqui:

MAGNÉSIO - QUANDO É DEFICIENTE O QUE ACONTECE AO NOSSO CORPO?

10. Álcool

Passe, cuidadosamente, um pouco de álcool na palma das suas mãos, isto reduzirá a sudorese. Mas atenção! Não saia no sol com as mãos ainda úmidas de álcool, para evitar manchas de queimadura solar na pele e não exagere neste recurso porque o alcoolismos também resseca a pele.

6. A IMPORTÂNCIA DE OBSERVAR OS SINAIS DE NOSSO CORPO

Nosso corpo é sábio e se comunica conosco, a todo momento.

Se nossas mãos suam demais, algo está demais em nós.

É bom conversar com nosso corpo e prestar mais atenção nele.

Observarmos nosso corpo e seu funcionamento, é uma maneira de saber como estamos agindo com ele.

Excessos de atividades e emoções e falta de atenção e cuidados com nosso corpo provocam desequilíbrios em seu funcionamento, desencadeando, por exemplo, o suor excessivo nas mãos.

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!