→ Hepatite A - Tratamento, Transmissão e Prevenção

  • atualizado: 
hepatite a

Embora tenha evoluído muito a prevenção e tratamento das variadas formas de hepatite, ela ainda é bastante presente no Brasil. Entre 1999 e 2015, por exemplo, o Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) registrou quase 515 mil casos de hepatites virais em território brasileiro, sendo que a incidência de hepatite A responde a 31,4% desse total.

Por esse motivo, é importante estar alerta a respeito da doença, bem como das formas de prevenção. Para começar, saiba exatamente o que é a hepatite A.

O que é hepatite A

A hepatite A é uma doença contagiosa transmitida pelo vírus VHA. Este vírus é extrememante resistente as variações de temperatura, e pode permanecer na pele por quatro horas.

Essa enfermidade causa inflamação do fígado, mas, geralmente, não apresenta complicações.

Somente em 1% dos casos a doença pode evoluir para hepatite fulminante, um quadro grave que faz o fígado parar de funcionar.

No entanto, a hepatite A costuma ser fácil de tratar. Uma vez infectada, a pessoa fica imune ao vírus.

Entre os sintomas estão: náuseas, vômitos, icterícia, fezes claras e urina escura, dor muscular, febre e perda de apetite. Porém a hepatite A pode não apresentar sintomas, ou ter sinais muito semelhantes a um virose.

Tratamento e transmissão da Hepatite A

O vírus da hepatite A é transmitido de pessoa doente para pessoa saudável, ou através de alimentos ou água contaminada.

Por essa razão é mais comum em lugares com saneamento básico insuficiente.

Com relação aos alimentos, os frutos do mar são especialmente propícios a transmitir a hepatte A, principalmente os moluscos que retém muita água e podem hospedar o vírus.

Não existe um tratamento específico para a hepatite A, mas o repouso, uma boa alimentação e a administração de medicamentos para minimizar os sintomas da doença, estão entre as recomendações.

No entanto, apenas o médico poderá saber qual a melhor forma de tratar a hepatite A.

Normalmente, a enfermidade desaparece em cerca de 2 meses, mas pode levar até seis meses para o vírus ser eliminado pelo organismo.

É importante também eliminar o álcool pelo menos por três meses, após o corpo voltar ao normal.

Como prevenir a hepatite A

Existe vacinação contra a hepatite A, mas uma série de medidas, principalmente, de higiene são importantes formas de prevenção da doença. Entre elas, estão:

  1. Lavar bem as mãos antes e depois de usar o banheiro e ao cozinhar
  2. Lavar os alimentos, antes do consumo
  3. Cozinhar bem os frutos do mar e evitar comê-los crus ou mal cozidos;
  4. As medidas de higiene devem ser redobradas, caso existam infectados morando na mesma residência e também em ambientes como creches, escolas, restaurantes, etc;
  5. Só consumir água filtrada, fervida ou mineral (em garrafa);
  6. Evitar exposição à águas potencialmente contaminadas, como riachos, valões, ou lugares com esgoto à ceu aberto;
  7. Evitar comer em ambientes nos quais não se sabe a procedência e modo de preparo dos alimentos;
  8. Conferir se os salões de beleza estão esterilizando os kits de manicure, antes de fazer qualquer procedimento ou leve os próprios instrumentais.

Especialmente indicado para você:

HEPATITES A, B E C: SINTOMAS E TRATAMENTOS

DIA MUNDIAL CONTRA A HEPATITE

MINISTÉRIO DA SAÚDE LANÇA CAMPANHA DE VACINAÇÃO ESPECÍFICA PARA INDÍGENAS

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!