Bebidas proteicas fazem bem aos “músculos” do cérebro, diz pesquisa

Bebidas proteicas fazem bem aos “músculos” do cérebro, diz pesquisa

Já é de conhecimento geral que exercícios físicos fazem um bem enorme à saúde. No entanto, existe uma combinação que faz ainda melhor: atividades físicas e inclusão de bebidas proteicas no cardápio.

Isso é o que descobriu um grupo de pesquisadores da Universidade de Illinois (EUA). No estudo realizado, eles acompanharam 148 militares da Força Aérea em uma rotina de 12 semanas de exercícios.

O estudo

Os participantes foram divididos em dois grupos: metade recebeu uma bebida duas vezes ao dia, que incluía vários nutrientes, como vitaminas, ácido graxo ômega 3, proteínas, luteína, DHA, fosfolipídios, um composto conhecido como HMB e outros micronutrientes; e a outra metade recebeu um placebo.

A escolha de quem receberia a bebida proteica foi aleatória, e nem os pesquisadores e nem os participantes sabiam quem havia recebido placebo e quem havia recebido a bebida fortificada.

No final do experimento, todos os participantes melhoraram força, resistência, mobilidade e estabilidade, além de diversas funções cognitivas.

Porém o grupo que tomou o shake nutritivo apresentou também maior capacidade de reter informações na memória de trabalho e foram mais rápidos nos testes de inteligência fluida (que exigem respostas para problemas que eles nunca haviam enfrentado antes).

Além disso, o grupo que tomou a bebida teve queda nos índices de frequência cardíaca em repouso mais acentuados do que aqueles que tomaram o placebo.

O resultado desse estudo foi publicado na revista Scientific Reports e indicam que utilizar bebidas proteicas combinadas a exercícios físicos ajuda – e muito – a melhorar não somente a força, mas também a inteligência.

Talvez te interesse ler também:

Whey protein: dando uma força para a malhação. Benefícios e como escolher

Dicas para aumentar o consumo de proteína em uma dieta vegana

Musculação: fundamental com o avanço da idade

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *