©Amanda Dalbjörn/Unsplash

Zeaxantina natural: benefícios e onde encontrar

Por causa do uso contínuo de computadores, smartphones e outros dispositivos eletrônicos, hoje em dia tornou-se comum as pessoas apresentarem problemas e deficiências na visão.

Por isso, nesse conteúdo, será apresentada a zeaxantina, um componente carotenoide encontrado em alimentos e que beneficia a visão.

A zeaxantina é a substância que dá cor aos peixes, às aves, às flores e aos alimentos vegetais verdes, amarelos, alaranjados e vermelhos.

Principais Fontes de Zeaxantina

Os principais alimentos que contêm a zeaxantina são:

  • laranja
  • pêssego
  • nectarina
  • mamão
  • manga
  • abóbora
  • espinafre
  • brócolis
  • couve-de-bruxelas
  • couve-flor
  • repolho
  • rúcula
  • ervilha
  • milho, dentre outros

Benefícios da Zeaxantina

A zeaxantina pode trazer vários benefícios para a saúde ocular, como:

  • promove a melhora da degeneração da retina e especialmente da mácula (a área central da retina e parte mais sensível aos estímulos de luz
  • protege da ação nociva de luzes artificiais, principalmente de aparelhos eletrônicos, como as das telas de computadores e smartphones
  • melhora o desempenho visual
  • previne e combate a catarata e degeneração macular
  • age como antioxidante, por isso revitaliza e regenera a visão

Zeaxantina + outros nutrientes

Para potencializar a ação da zeaxantina e promover a saúde ocular por completo, prevenindo efeitos do envelhecimento, estresse visual, desgaste dos olhos por excesso de luz e leitura, poluição e doenças oculares, segue uma lista de ingredientes que em conjunto com a zeaxantina trazem benefícios para os olhos, comprovados cientificamente:

Vitamina A

A vitamina A favorece hidratação lacrimal aos olhos, melhora a visão noturna e o foco visual.

Encontra-se em grandes quantidades na cenoura.

Vitamina C

Retarda a progressão da catarata e revigora os olhos. Além de agir como antioxidante, a vitamina C pode ajuda a retardar a catarata e combater a degeneração macular.

É encontrada em alimentos como laranjas, acerola, kiwi, morango, brócolis, folhas de mostarda e pimentas.

Além de fornecer antioxidantes, pode ajudar também a atrasar a catarata e a fornecer vitaminas para os olhos, necessárias contra a degeneração macular.

Vitamina E

Esta vitamina age como antioxidante e rejuvenescedora dos olhos.

É encontrada em amêndoas, amendoins, pinhões, damascos secos e sementes de girassol, entre outros.

Astaxantina

Elimina a fadiga ocular, melhora a microcirculação ocular, combate degeneração dos olhos e trata doenças inflamatórias oculares.

Esse antioxidantes natural é encontrado em uma microalga chamada Haematococcus pluvialis.

Como essa alga não é comum em nosso país, existe a opção de consumi-la através do suplementos. 

Zinco

Ajuda a prevenir e a combater a vista cansada e age como condutor da zeaxantina, desempenhando um papel de vital importância para a manutenção da visão.

A deficiência de zinco pode alterar ou reduzir a visão e prejudicar a saúde da retina (parte de trás dos olhos, onde a imagem é projetada).
 
 Alimentos como nozes, legumes e grãos integrais, são fontes de zinco.

Luteína

Combate problemas da visão relacionados com a idade.

É encontrada nas couves, na abóbora, no espinafre e na nabiça (nabo pouco desenvolvido). 

Magnésio

Uma alimentação rica em magnésio baixa a pressão arterial e a o nível de glicose no sangue, prevenindo desenvolvimento da retinopatia diabética, importante causa de cegueira. Além disso, auxilia no tratamento do glaucoma.

As fontes naturais de magnésio são abacate, amêndoas, banana, espinafre, nozes e sementes de abóbora.

Manganês

A função desse mineral é melhorar a fisiologia ocular e assim fortalecer a capacidade visual.   

Este mineral é encontrado no germe de trigo, nozes e sementes. 

Selênio

O selênio é um antioxidante natural que promove a restauração em casos de doenças degenerativas oculares. 

As castanhas são fontes ricas deste mineral.

Cobre

O cobre estimula a produção de enzimas antioxidantes nos olhos.

É encontrado em cereais integrais.  

Cromo

Esse micronutriente essencial para o bom funcionamento do metabolismo ajuda a amplificar a ação da insulina e estimula a captação de aminoácidos pelas células. Por isso, previne e trata problemas oculares decorrentes da diabetes.

Este mineral está presente no brócolis, na cebola, no tomate, no suco de uva e no suco de maçã.

Ômega 3

Esse ácido-graxo essencial ajuda na formação das células da nossa retina.

As gorduras benéficas do ômega-3 têm propriedades anti-inflamatórias que previnem a retinopatia diabética e as inflamações oculares. Também ajuda na produção de lágrimas, prevenindo a Síndrome do Olho Seco, que pode ocasionar coceiras.

É encontrado na sementes de linhaça, soja, nozes e azeite de oliva.

Suplementos com zeaxantina

Além de obter a zeaxantina e outros nutrientes bons para os olhos através da alimentação, é possível adquirir esse reforço nutricional para uma boa visão através de suplementos, principalmente se por algum motivo seu aporte nutricional anda defasado.

Se quiser uso de suplementos, consulte um nutricionista ou médico antes, para saber se realmente é o caso de suplementar, além verificar se não há nenhuma contra-indicação para você.

Possíveis reações

Em doses excessivas, a zeaxantina pode alterar a cor da pele de pessoas claras, deixando com tom mais amarelo-dourada.

Para evitar possíveis reações e interações medicamentosas, consulte o médico e se estiver apresentando algum problema ocular, não deixe de ir ao oftalmologista para ter o diagnóstico preciso e o tratamento necessário.

As informações fornecidas neste conteúdo não substituem a orientação do médico, mas podem ajudar concomitante ao tratamento prescrito por ele.

Outros cuidados

Além da alimentação ou suplementação contendo zeaxantina e outros nutrientes bons para os olhos, é necessário ter outros cuidados como:

  • Não fumar. O tabagismo prejudica os vasos sanguíneos dos olhos e pode provocar degeneração macular, catarata e outros problemas de visão.
  • Proteja seus olhos da exposição excessiva à luz solar ou artificial. Uma forma de proteger e descansar os olhos dessa exposição a forte iluminação são os óculos escuros.
  • Faça atividade física, mantendo o peso saudável e o corpo oxigenado, isso contribui para melhor circulação sanguínea nos olhos.
  • Se tiver com algum sintoma na vista, vá ao oculista.  Após os 60 anos, faça um controle maior, indo anualmente ao oftalmologista.
  • Prime por sua alimentação, incluindo sempre alimentos benéficos para os olhos e já citados anteriromente.
  • Lembre-se que a saúde dos olhos e uma boa visão não só depende de uma boa alimentação, como também de como andam nossas emoções, nossos hábitos de vida e os cuidados com os olhos.

Saiba mais sobre cuidados com a saúde dos olhos em:

Cuide bem de seus olhos para ter uma boa visão!

Talvez te interesse ler também:

Área entorno aos olhos sem protetor solar é chamariz para câncer de pele

Bolsas nos Olhos: Causas e Como Eliminá-las com Remédios Naturais

Iridologia: os olhos são o ESPELHO DA ALMA mas também do corpo e da mente

Sobre Deise Aur

Avatar
Professora, alfabetizadora, formada em História pela Universidade Santa Cecília, tem o blog A Vida nos fala e escreve para GreenMe desde 2017.

Veja Também

Romã: como fazer chá e suco dessa fruta medicinal maravilhosa

A romã (Punica granatum) é uma fruta conhecida milenarmente que além de sua gama de …

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *